Arquivo do blog

Novo medicamente genérico aprovado pela Anvisa

(Texto atualizado em 03/09/2019 às 11:57 am)

A Anvisa concedeu registro ao primeiro medicamento genérico de cloridrato de oxicodona, que será comercializado na forma de comprimido revestido de liberação prolongada no organismo. O produto é indicado para o tratamento de dores moderadas a severas, quando for necessária a administração contínua de um analgésico, 24 horas por dia, por um período de tempo prolongado. A detentora do registro do medicamento genérico é a Zodiac Produtos Farmacêuticos S/A.

A disponibilização de um medicamento genérico no mercado significa uma nova opção de tratamento a um custo mais acessível, uma vez que esses produtos chegam ao consumidor com um preço menor, sendo, no mínimo, 35% mais baratos do que os de referência.

A Anvisa reforça que a concessão do registro a um medicamento genérico significa que o produto possui qualidade, eficácia e segurança comprovadas, sendo que o genérico é o equivalente terapêutico ao medicamento de referência.

Confira a aprovação do registro do cloridrato de oxicodona, publicada no Diário Oficial da União (DOU) da última segunda-feira (15/10).

Fonte: Anvisa


Palavras-chave , , , , ,
Mercado farmacêutico, ANVISA





Os desafios da implantação dos testes laboratoriais em farmácias

Sérgio Mena, CEO da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma)

Sérgio Mena – Nós temos uma discussão no Brasil, não será tão futuro, talvez seja no próximo um ou (nos próximos) dois anos, em um curto prazo, a introdução dos testes laboratoriais rápidos em farmácias.

Hoje já existe tecnologia que você pode fazer até 25 exames usando o point of care, o tipo de teste “ponta de dedo”. Ou seja, é possível fazer check-ups na população, e 70% da população nunca faz nenhum.

É possível fazer um pequeno check-up nas pessoas, uma coisa que pouco se faz no Brasil e a farmácia vai se qualificar para isso a partir da revisão da RDC 44/2009 da Anvisa, que hoje é muito limitada. Esse é um exemplo do uso da tecnologia a favor da população.

Leia mais ›

Mercado farmacêutico





O que esperar do futuro das farmácias em termos de serviços

O cenário para o setor de farmácias pode surpreender até mesmo roteiristas audiovisuais que tentaram imaginar o porvir. A telemedicina é um dos principais degraus a serem alcançados, um horizonte em que, no interior de farmácias, será possível realizar consultas com médicos renomados a quilômetros de distância, pela internet.

“São consultórios médicos dentro das farmácias movidos a telemedicina. É um serviço que ainda não temos no Brasil”, elucida Cassyano Correr, coordenador de Assistência Farmacêutica Avançada da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma). Ele explica que, em países como Estados Unidos, o serviço já é uma realidade. Há também casos em que o próprio cliente realiza autoexames supervisionados a distância por esses médicos.

Leia mais ›

Mercado farmacêutico





Receitas médicas e odontológicas

(Texto atualizado em 26/08/2019 às 05:27 pm)

   A Diretoria Colegiada da Anvisa (Dicol) aprovou uma proposta de iniciativa regulatória para avaliar e determinar uma forma de controle que permita a validade nacional dos receituários de produtos controlados.

A proposta de revisão da Portaria SVS/MS 344/98, que aprovou o regulamento técnico sobre substâncias e medicamentos sujeitos a controle especial, foi apresentada pelo diretor-presidente da Agência, William Dib.

A aprovação da revisão ocorreu na terça-feira (23/10), durante a reunião pública da Dicol. A proposta de iniciativa visa adequar a portaria à norma nacional do Projeto de Lei (PL) 5.254, de 2013, recentemente aprovado no Congresso, que permite que qualquer receita de medicamento controlado, independentemente do local da prescrição, seja aceita em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal.

A Diretoria Colegiada da Anvisa foi favorável ao substitutivo ao projeto de lei em questão, apresentado pela Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) da Câmara dos Deputados.

O que diz o PL 5.254

Este projeto de lei visa dar validade nacional a todas as receitas médicas e odontológicas, independentemente do local da sua emissão. Isso permitirá que os medicamentos sejam comprados ou preparados em um estado diferente daquele em que foram prescritos.

A legislação atual restringe a validade da receita de alguns medicamentos controlados ao estado em que é emitida, o que impede a sua utilização por pessoas que se deslocam para outros estados, impedindo-as de adquirir medicamentos muitas vezes essenciais à sua saúde.

Fonte: Anvisa

 


Palavras-chave , , , ,
Mercado farmacêutico





A guerra entre farmácias e supermercados

(Texto atualizado em 26/08/2019 às 12:17 pm)

A anunciada liberação para a venda de produtos farmacêuticos sem receita pelos supermercados, está provocando uma guerra de classes.

Os donos de farmácias – são mais de 80 mil no país- reclamam da medida, enquanto os supermercadistas regem, informando que a farmácias vendem muitos artigos como refrigerantes, bolachas, doces, artigos de escritório.

Nos Estados Unidos e Europa a prática é comum e produtos farmacêuticos podem ser encontrados em todo os supermercados.

Fonte: Panorama Farmacêutico

Mercado farmacêutico





Grandes redes de farmácias associam modernização de serviços e atendimento personalizado

(Texto atualizado em 03/09/2019 às 11:58 am)

Comprar remédios, reservar mercadorias, consultar orientações de tratamento e agendar horários para tomar medicamentos. Tudo isso já não é mais novidade. O varejo de farmácias se ressignifica ao ofertar mais tecnologias online e presencialmente, dando autonomia ao consumidor. Um plus alinhado a duas demandas da modernidade: economia de tempo e aumento da rede de serviços.

Mas nem por isso a interação física entre pacientes, farmacêuticos e outros profissionais desse modelo de negócios é desmerecida. Ao contrário. As grandes redes investem pesado para garantir que o contato olho no olho permaneça como uma das principais características desse setor que não é alicerçado somente em vendas, mas também se enraíza no cotidiano dos consumidores por meio de práticas que acentuam o cuidado e a humanização do atendimento.

Leia mais ›

Mercado farmacêutico





Prati-Donaduzzi é autorizada a exportar nutracêuticos

Prati-Donaduzzi é autorizada a exportar nutracêuticos

(Texto atualizado em 26/08/2019 às 12:13 pm)

Farmacêutica paranaense expande os negócios para os Estados Unidos. A Prati-Donaduzzi, maior produtora de medicamentos genéricos do Brasil*, recebeu a autorização para exportação de produtos nutracêuticos para os Estados Unidos. Os primeiros lotes devem chegar ao estado do Texas ainda em novembro.
“Quando recebemos a informação de que a Prati-Donaduzzi agora é uma indústria certificada para exportar produtos nutracêuticos para os Estados Unidos, sentimos um orgulho imenso de ter nosso trabalho e dedicação reconhecidos por um órgão internacional”, declara o diretor-presidente da farmacêutica, Eder Fernando Maffissoni.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , ,
Mercado farmacêutico





Abrafarma repudia projeto que libera medicamentos fora de farmácias

Projeto é de autoria do senador Flávio Bolsonaro

O projeto de lei 3589/2019, apresentado no último dia 18 de junho à Comissão de Assuntos Sociais do Senado e de autoria de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), coloca em xeque a segurança na venda de medicamentos ao transformá-los em mercadorias comuns, o que gerou repúdio de entidades do setor, como a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma).

O texto propõe a venda indiscriminada de medicamentos isentos de prescrição (MIPs) em outros estabelecimentos comerciais, fora de farmácias.

Leia mais ›

Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica, Marketing Farmacêutico





Sandoz Hack busca ideias para elevar acesso à saúde

Sandoz HACk busca ideias para elevar acesso à saúde -Guia da Farmácia

(Texto atualizado em 26/08/2019 às 12:05 pm)

No mundo, estima-se que mais de 2 bilhões de pessoas não conseguem os medicamentos de que necessitam e 400 milhões não têm acesso aos serviços básicos de saúde.

Nesse sentido, a Sandoz, divisão de genéricos e biossimilares do Grupo Novartis, quer inspirar empreendedores a pensar em soluções que transformem essa realidade com a segunda edição do desafio Healthcare Access Challenge (HACk).

Até o dia 30 de novembro, inovadores na área da tecnologia digital podem inscrever projetos que ajudem a resolver problemas locais de acesso a medicamentos e a cuidados de saúde. Com a iniciativa, a companhia busca fomentar ideias criativas que mudem positivamente as comunidades.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico





Lei geral de proteção de dados obriga farmácias a se adequarem

A implementação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) deve ocorrer com urgência nas empresas da área da saúde devido ao caráter de suas informações

Entrará em vigor em agosto de 2020 a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) e sua adequação no ambiente corporativo deve ser implementada com urgência.

A implementação da lei deve ocorrer com urgência principalmente nas empresas da área da saúde, em função do caráter sensível de suas informações. A LGPD prevê que o tratamento de dados pessoais como nome, Cadastro de Pessoa Física (CPF), telefone, e-mail ou quaisquer outros dados que tornem a pessoa identificável, poderá somente ser realizado mediante o consentimento do titular.

Leia mais ›

Mercado farmacêutico, Legislação e regulamentações





46º Lupa de Ouro premia indústria farmacêutica

46º Lupa de Ouro premia indústria farmacêutica

(Texto atualizado em 26/08/2019 às 12:09 pm)

Aconteceu na noite de ontem (25), a 46ª edição do Prêmio Lupa de Ouro, realizado pelo Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos (Sindusfarma). O evento celebra as melhores campanhas e os melhores profissionais de marketing da indústria farmacêutica em 22 categorias. O evento aconteceu em São Paulo capital, no Tom Brasil.

Mais de 800 pessoas estiveram presentes no jantar, apresentado pela jornalista Jacqueline Brazil, da TV Globo. Após a premiação, os convidados puderam aproveitar o show da cantora Iza.

Pela primeira  vez, o Lupa introduziu as categorias especiais “Melhor Força de Vendas”, vencida pelo Aché, e “Performance Empresarial Genéricos”, vencida pelo Grupo NC Farma.

Confira todos os vencedores:

 


Palavras-chave , , , , , ,
Mercado farmacêutico





Lista de sindicatos do setor farmacêutico

Cada ramo profissional possui seu representante legal, mais conhecidos como sindicato. Estes grupos lutam pelos direitos dos trabalhadores de cada profissão, buscando melhoria nas condições de trabalho e formas de assegurar a manutenção dos benefícios estabelecidos na Convenção Coletiva da Categoria. 

Muitas das conquistas trabalhistas só foram efetivadas por pessoas que compunham sindicatos que lutaram por mudanças no segmento. Em síntese, o sindicato nada mais é do que um instrumento de organização e luta dos trabalhadores em defesa dos interesses da sua classe. Como consequência sua força está diretamente relacionada à consciência, adesão e união dos seus trabalhadores. No ramo farmacêutico, não é diferente. Conheça os principais sindicatos de farmacêuticos do Brasil:

Leia mais ›

Mercado farmacêutico





População busca atendimento com farmacêuticos

Segundo as respostas, 83,05% dos entrevistados afirmaram que foram atendidos por balconista ou por atendente. Apenas 16,95% utilizaram o autosserviço.

As áreas de autosserviço vêm crescendo, mas grande parte da população ainda busca informações e atendimento farmacêutico, aponta a Pesquisa de Comportamento do Cliente na Farmácia 2019.

Segundo as respostas, 83,05% dos entrevistados afirmaram que foram atendidos por balconista ou por atendente. Apenas 16,95% utilizaram o autosserviço.

Leia mais ›

Mercado farmacêutico





EMS analisa compra do grupo uruguaio Biotoscana

(Texto atualizado em 14/08/2019 às 12:41 pm)

Maior investidor individual da empresa de Montevidéu, o fundo de investimentos Advent International possui 27,7% da companhia e levou a Biotoscana para a B3 em 2017, em uma operação de R$ 1,34 bilhão

O laboratório brasileiro EMS analisa compra do grupo biofarmacêutico uruguaio Biotoscana (GBT). Maior investidor individual da empresa de Montevidéu, o fundo de investimentos Advent International possui 27,7% da companhia e levou a Biotoscana para a B3 em 2017, em uma operação de R$ 1,34 bilhão. A maior parte dessa oferta foi secundária, ou seja, com a venda de ações do fundo.

Leia mais ›

Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica





Tecnologia de análise de dados confirma predominância do diabetes no Brasil

(Texto atualizado em 26/08/2019 às 12:19 pm)

Lançado em 2006, o projeto ELSA-Brasil (Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto) tem como objetivo investigar o desenvolvimento e os fatores de risco para quatro das principais doenças crônicas não-transmissíveis e presentes na vida da população entre 35 e 74 anos de idade.

Em particular as enfermidades cardiovasculares e o diabetes. Outra meta do projeto é contribuir para a qualificação dos especialistas em epidemiologia de doenças crônicas e melhora da pesquisa científica nessa área do conhecimento.

Para aprimorar esse trabalho, os pesquisadores do ELSA-Brasil decidiram fazer uso da tecnologia do SAS, líder global em softwares e serviços de análise de dados, resultando em estudos cada vez mais relevantes para o entendimento do perfil das principais doenças que afetam o país.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , , ,
Mercado farmacêutico





Sanfarma investe R$ 13 milhões em estratégia de expansão da marca no País

(Texto atualizado em 14/08/2019 às 12:41 pm)

As estratégias de crescimento da Sanfarma estão focadas em infraestrutura, maquinário e desenvolvimento de produtos

A indústria farmacêutica Sanfarma se destacou no relatório Close-Up Internacional. A pesquisa revelou que a empresa cresceu 30% no último ano e a destacou como uma das 15 maiores corporações do segmento não medicamentos. Com mais de 4,5 milhões de produtos vendidos, a corporação conquistou a 3ª posição no ranking das marcas mais vendidas do Brasil.

Crescimento e estratégias da Sanfarma

Com perspectiva de superar o faturamento de 2018 e chegar aos R$ 45 milhões em 2019, a Sanfarma estabeleceu estratégias. O foco dessas estratégias é a infraestrutura, o maquinário e o desenvolvimento de produtos para a conquista de suas metas e o crescimento no território nacional. Aliás, nos últimos meses, a empresa investiu mais de R$ 13 milhões com esse intuito.

Além disso, uma das estratégias do CEO da Sanfarma, Luciano Biagi é a construção de um novo centro de distribuição da empresa. O centro será implantado no Nordeste do Brasil. O objetivo é facilitar o escoamento da linha de produção para aquela região. Enquanto isso, é finalizada a nova unidade fabril na cidade de Americana, em São Paulo. A região já contempla o parque industrial. Sendo assim, esta segunda fábrica funcionará exclusivamente para a elaboração de novos produtos.

Fonte: Guia da Farmácia

Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica, Carreiras e oportunidades, Marketing Farmacêutico





Takeda está concluindo venda de ativos e EMS é favorita

A empresa brasileira, EMS é uma forte candidata para levar os ativos, que incluem no Brasil marcas como Neosaldina, Dramin, Eparema e Nebacetin

O grupo farmacêutico japonês Takeda está na fase final do processo de venda de seus ativos latino-americanos, avaliados em cerca de 1 bilhão de dólares, afirmaram fontes próximas ao assunto.

A brasileira EMS é favorita para levar os ativos. Eles incluem no Brasil marcas como Neosaldina, Dramin, Eparema e Nebacetin, disseram as fontes.

A Reckitt Benckiser e a uruguaia Megalabs foram selecionadas, juntamente com a EMS, para apresentarem ofertas vinculantes pelo portfólio, mas são menos propensas a vencer, disseram as fontes.

Além disso, a EMS projeta um volume de negócios de R$ 15 bilhões em 2019, com foco nos genéricos de alta complexidade – que representam 33% da operação. Sustentada especialmente por essa categoria, a farmacêutica tem como meta ampliar em 10% o faturamento e chegar à casa dos R$ 5 bilhões.

Além dos ativos, outra meta da EMS para o ano é o lançamento de 11 medicamentos entre anti-inflamatórios, contraceptivos, anti-hipertensivos, além de três genéricos.

Fonte: Guia da Farmácia

Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica





Janssen Brasil tem novo presidente

(Texto atualizado em 14/08/2019 às 12:44 pm)

Roy Benchimol é o novo presidente da Janssen Brasil. A posição era ocupada anteriormente por Bruno Costa Gabriel, que assume a liderança comercial global da linha cardiovascular e metabolismo da Janssen

Roy Benchimol é o novo presidente da empresa farmacêutica da Johnson & Johnson, Janssen Brasil. A posição era ocupada anteriormente por Bruno Costa Gabriel. Costa assumiu a liderança comercial global da linha cardiovascular e metabolismo da Janssen, nos Estados Unidos. Primordialmente, o executivo chega com o desafio de maximizar o acesso dos pacientes às terapias e dar continuidade ao crescimento da operação brasileira.

Leia mais ›

Mercado farmacêutico, Carreiras e oportunidades, Farmácia Popular





Venda de medicamentos da Abradilan cresce 9% nos cinco primeiros meses do ano

(Texto atualizado em 14/08/2019 às 12:44 pm)

Nos primeiros cinco meses de 2019, os associados totalizaram vendas de R$ 2,4 bilhões; só em maio atingiram R$ 520 milhões em vendas de medicamentos da Abradilan

Nos cinco primeiros meses de 2019, os associados da Associação Brasileira de Distribuição e Logística de Produtos Farmacêuticos (Abradilan), totalizaram R$ 2,5 bilhões em vendas de medicamentos e não medicamentos (HPC).

Leia mais ›

Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica





Profarma apresenta receita bruta de R$ 1,3 bilhão, com aumento de 13%

(Texto atualizado em 14/08/2019 às 12:45 pm)

A Profarma divulgou os resultados do segundo trimestre de 2019 e a receita bruta consolidada do grupo atingiu R$ 1,3 bilhão, representando crescimento de 13% na comparação com igual trimestre do ano anterior

A Profarma divulgou os resultados do segundo trimestre de 2019 (2T19). Neste período, a receita bruta consolidada do Grupo Profarma atingiu R$ 1,3 bilhão. Isso representa crescimento de 13,0% na comparação com igual trimestre do ano anterior.

Leia mais ›

Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica, Carreiras e oportunidades





Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: