Arquivo do blog

Venda de medicamentos sobe 6,38%, diz associação

Schlecker To Shut Fewer Stores Than Previously AnnouncedA venda de medicamentos em unidades no Brasil cresceu 6,38% no mês de julho na comparação com igual período do ano passado, segundo dados do IMS Health divulgados pela Associação Brasileira de Distribuição e Logística de Produtos Farmacêuticos (Abradilan). No mês, foram comercializadas 274.898.803 unidades. Na comparação com junho deste ano, a alta foi de 9,2%.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , ,
Mercado farmacêutico





Drogaria Araujo espera crescimento de 18% neste ano

crescimento-vendas-drogaria-araujoEnquanto a redução do consumo por parte das famílias preocupa representantes de diversos setores em função dos impactos que já têm causado na indústria e no comércio nacional, o diretor-presidente da Drogaria Araujo, maior rede varejista de Minas Gerais e a quarta maior rede de drogarias do Brasil, Modesto Araujo, segue otimista quanto ao desempenho dos negócios em 2014.

A meta é de aumentar em 18% o faturamento da rede no decorrer deste exercício frente ao ano anterior, quando os negócios atingiram R$ 1,25 bilhão. Com isso, o resultado da empresa deverá chegar, ao fim de 2014, a R$ 1,5 bilhão.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , ,
Mercado farmacêutico





Faturamento de farmácias avança 13,7% no primeiro semestre de 2014

Farmácias-avançam-no-faturamento-primeiro-semestre-2014Apesar do efeito negativo da Copa do Mundo, as grandes redes de farmácias do país cresceram mais no primeiro semestre deste ano do que no mesmo período de 2013, de acordo com dados da Abrafarma (associação brasileira do segmento).Com um faturamento de R$ 15,6 bilhões, o setor avançou 13,69%. Nos seis primeiros meses de 2013, a elevação havia atingido 12,04%.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , ,
Mercado farmacêutico





Anvisa oficializa redução de imposto nos medicamentos

(Texto atualizado em 05/05/2017 às 06:26 am)

redução-de-impostos-medicamentosA Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou, nesta segunda-feira (21), uma atualização da lista com os preços máximos de venda dos medicamentos no país.

Segundo o Ministério da Saúde, a nova lista já inclui uma redução aproximada de 12% nos preços limites pela liberação da cobrança de dois tributos. A lista completa com o teto para todos os medicamentos vendidos no país está no site da Anvisa.

A lista completa com teto pode ser vista clicando neste link: Lista

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , ,
Mercado farmacêutico





14% de crescimento nas vendas em Farmácias de Janeiro a Maio de 2014

crescimento-vendas-em-farmacia-janeiro-a-maio-2014As vendas do varejo farmacêutico cresceram 14,22% de janeiro a maio de 2014 na comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma). A entidade reportou que o faturamento das grandes redes brasileiras somou R$ 12,7 bilhões nos primeiros cinco meses de 2014.

O indicador revela que as vendas em maio mantiveram o ritmo que vinha sendo registrado até abril, quando o crescimento ante o ano anterior era de 14,74%. Até então, o faturamento havia somado R$ 10 bilhões em quatro meses.

Em nota, o presidente da Abrafarma, Sergio Mena Barreto, afirmou que a expansão nestes cinco primeiros meses superou as expectativas da entidade. “Ficaremos satisfeitos caso consigamos manter o mesmo desempenho e tivermos, no final de 2014, o mesmo crescimento porcentual de 13% obtido no ano passado”, comentou.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , ,
Mercado farmacêutico





Vendas em farmácia crescem 14,9% em janeiro 2014 e somam R$ 4,9 bi

O mercado farmacêutico brasileiro comercializou cerca de R$ 4,9 bilhões em medicamentos no primeiro mês deste ano.

Na comparação com janeiro de 2013, a alta é de 14,9%, segundo dados da consultoria IMS Health, que audita o setor em todo o mundo.”É um número bom, dentro do que o setor esperava. A projeção para 2014 é de um crescimento nas vendas entre 12% e 15%”, diz o presidente do Sindusfarma (sindicato da indústria de São Paulo), Nelson Mussolini.

Em janeiro do ano passado, no entanto, a expansão havia chegado a 21,6%
“Se você comparar com o Brasil, que está crescendo 2%, continua sendo um resultado excelente”, afirma.O executivo prevê que o preço dos medicamentos suba, em média, de 2,5% a 3% neste ano.

O valor dos remédios de segmentos em que ainda não há participação de genéricos, como os anticoncepcionais, porém, não deve avançar mais de 1%.Os de mercados em que há concorrência com genéricos –anti-inflamatórios, por exemplo– devem registrar uma alta similar à do IPCA.

“A lógica do governo é que, onde tem genérico, tem disputa de preço. Então, pode permitir um crescimento maior dos preços, porque não será colocado em prática.”A expansão dos valores, porém, não acompanha o aumento dos custos das empresas, que variou entre 13% e 15% em 2013, segundo Mussolini. A alta do dólar prejudicou o setor, que importa grande parte dos insumos.

 

Veículo: Folha de S. Paulo


Palavras-chave , ,
Mercado farmacêutico





Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





Do NOT follow this link or you will be banned from the site!

📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: