Arquivo do blog

Crise deve fortalecer mercado de genéricos

crise aquece mercado genericosO desaquecimento econômico pelo qual passa o País não impedirá o mercado de medicamentos de crescer 5,6% em 2015, mas deve contribuir para a elevação da participação dos genéricos. Mais baratos do que os medicamentos inovadores, ou “de marca”, o segmento tende a ser o que mais terá alta no ano devido à crise e ao aumento do número de lançamentos. A movimentação financeira total do setor deve subir dos R$ 125,070 bilhões do ano passado para R$ 132,150 bilhões em 2015, conforme expectativa de estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT).

A fatia de mercado dos genéricos pulou de 17% para 25% nos últimos quatro anos, tanto pelo preço mais em conta quanto pela redução do preconceito por parte do consumidor. Liberado em 1999 no Brasil, o comércio do produto ainda engatinha no País, principalmente se comparado ao dos Estados Unidos (80% do total de unidades), Alemanha (66%) e Reino Unido (60%), conforme dados da Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos (Progenéricos).

Leia mais ›


Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica



Vendas de medicamentos sobem 19,35% no 1º trimestre, aponta IMS Health/Abradilan

crescimento mercado farmacêutico ims abradilanAs vendas dos distribuidores de medicamentos no Brasil subiram 19,35% no primeiro trimestre de 2015 ante o mesmo período do ano anterior, segundo dados do IMS Health divulgados nesta segunda-feira, 18, pela Associação Brasileira dos Distribuidores de Laboratórios Nacionais (Abradilan). De janeiro a março, o faturamento do setor alcançou R$ 3,12 bilhões.

Leia mais ›


Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico



Farmácias driblam dificuldades e crescem em ritmo acelerado

farmácias driblam dificuldades crise crescem aceleradoCom faturamento de R$ 1,48 bilhão em 2014 no Litoral de São Paulo, setor se beneficia da crise econômica

Enquanto o comércio varejista vê suas vendas despencarem em quase todos os segmentos, o setor de farmácia e perfumaria consegue crescimento expressivo, movido por diversos fatores, que vão da necessidade por produtos básicos até o desenvolvimento do setor de cosméticos.

O faturamento do setor cresceu cerca de 8% em um ano. Em 2014, o varejo farmacêutico faturou R$ 1,48 bilhão no Litoral de São Paulo, que agrupa 23 municípios da Baixada Santista, Litoral Norte e Vale do Ribeira. Em 2013, esse montante chegou a R$ 1,37 bilhão.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico, Marketing Farmacêutico



Crescimento de 16% nas vendas de medicamentos no primeiro trimestre de 2014

As vendas das farmacêuticas no Brasil cresceram 15,8% no primeiro trimestre, alcançando R$ 14,8 bilhões. No período foram vendidos 724,3 milhões de medicamentos, o que representou uma alta de 9,6% ante o mesmo período do ano passado.

Segundo dados da consultoria IMS Health antecipados com exclusividade ao Valor PRO, o serviço em tempo real do Valor, o mês de março foi o de melhor resultado no trimestre, quando a indústria vendeu R$ 5,2 bilhões. “O nível de emprego e renda da população brasileira não caiu e isso ajuda muito o setor. Ainda temos classes sociais que não compravam remédios e agora começam a comprar”, diz Nelson Mussolini, presidente-executivo do Sindusfarma, o Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo.

Leia mais ›


Palavras-chave , ,
Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica



📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: