Arquivo do blog

Blau registra receita liquida acima de R$1 Bilhão

Blau registra receita liquida acima de R$1 Bilhão

Com margens saudáveis e sólido balanço patrimonial, a Companhia atingiu pela primeira vez receita líquida em 12 meses acima de R$1 bilhão

O ano de 2020 começou com grandes perspectivas de crescimento econômico para o país. Porém o mundo foi surpreendido pela pandemia do COVID-19, e de um momento para ao outro, o cenário passou a ser desafiador para todos. A Blau Farmacêutica é uma das companhias que tem conseguido manter seu plano de crescimento e ainda contratar novos colaboradores.

“Apesar do cenário atual, seguindo as orientações da OMS e das autoridades sanitárias do País, mantivemos a execução de nosso planejamento anual, e estamos em pleno funcionamento de nossa produção, comercialização, logística, cadeia de suprimentos. Somente neste período contratamos mais de 40 colaboradores para início imediato e ainda temos mais vagas abertas. Assim, demostrando a capacidade, em um momento de crise, de manter o foco na nossa missão de disponibilizar, da forma mais ampla possível, medicamentos que propiciem melhor qualidade de vida e maior longevidade”, afirma o CEO da Blau Farmacêutica, Marcelo Hahn. Leia mais ›


Palavras-chave , , , , ,
Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica, ANVISA





Varejo farmacêutico registra R$ 1,09 bilhão de lucro líquido em 2019

(Texto atualizado em 26/08/2020 às 04:37 pm)

mercado farmaceutico

Margem de 2019 tem ligeira queda em relação ao ano anterior, mas Ebitda cresce e confirma eficiência operacional do setor.

As 26 maiores redes do varejo farmacêutico nacional, filiadas à Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), registraram um lucro líquido de R$ 1,09 bilhão, já descontada a provisão do Imposto de Renda. O valor correspondeu a uma margem de 2,04% sobre as vendas brutas, percentual ligeiramente inferior aos 2,34% de 2018. No entanto, o Ebitda passou de 5,70% para 6,46%.

Ainda de acordo com o levantamento, compilado pela Fundação Instituto de Administração da Universidade de São Paulo (FIA-USP), as vendas brutas aumentaram 8,9% e contabilizaram R$ 53,70 bilhões.

O custo de mercadoria, que antes equivalia a 67,56% desse montante, caiu para 67,16%. Em contrapartida, os impostos e contribuições diretas saltaram de R$ 1,7 bilhão para R$ 1,9 bilhão, enquanto as despesas operacionais chegaram a R$ 14 bilhões, contra R$ 12,9 bilhões de 2018.

“Por estar vinculada ao controle de preços de medicamentos pelo governo, a indústria farmacêutica pode ter diminuído a margem de negociações de custos com o varejo. Os números das grandes farmácias e drogarias, porém, vêm demonstrando uma sólida eficiência operacional e continua focado em novos investimentos”, argumenta Sergio Mena Barreto, CEO da Abrafarma. “O setor conseguiu adequar seus valores e estruturas e, com essa decisão, garantiu a retenção dos consumidores e a manutenção dos indicadores positivos de vendas”, acrescenta.

CATEGORIA

RESULTADO 2019

Vendas brutas

R$ 53.701.157.192,52

Custo de mercadoria

R$ 36.068.193.899,70

Despesas operacionais

R$ 14.016.219.272,61

Impostos e contribuições

R$ 1.960.335.413,43

Resultado Operacional

R$ 2.264.614.146,46

Lucro antes da provisão do IR

R$ 1.227.184.972,77

Lucro após a provisão do IR

R$ 1.094.662.159,97

Margem de lucro

2,04%

* Fonte: FIA-USP


Palavras-chave , , , , , , ,
Indústria farmacêutica, Marketing Farmacêutico





Merck reverte prejuízo e lucra US$ 1,95 bilhão no terceiro trimestre

A farmacêutica Merck registrou um lucro líquido de US$ 1,950 bilhão (US$ 0,73 por ação) no terceiro trimestre deste ano, revertendo o resultado negativo de US$ 56 milhões obtidos no mesmo período de 2017. Na mesma base de comparação, a receita da companhia cresceu 5%, passando de US$ 10,3 bilhões para US$ 10,8 bilhões.

Apesar da alta, os resultados ficaram abaixo das expectativas dos analistas ouvidos pela Refinitiv, que esperavam lucros por ação de US$ 0,86. A receita estimada estava perto de US$ 10,9 bilhões. O faturamento com produtos farmacêuticos somou US$ 9,6 bilhões, aumento também de 5%. O desempenho foi guiado, principalmente, pelos setores de oncologia e cuidados intensivos hospitalares.

Fonte: Valor Econômico


Palavras-chave , , , , , , ,
Mercado farmacêutico





Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





Do NOT follow this link or you will be banned from the site!

📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: