Arquivo do blog

Plataforma viabiliza Telemedicina para todas as regiões do Brasil

Plataforma viabiliza Telemedicina para todas as regiões do Brasil

A Telemedicina é uma realidade em diversos países mundo afora. Nos EUA, por exemplo, onde existem muitas companhias no setor, é possível não só realizar o atendimento médico online, como também identificar diagnósticos e fazer prescrições a partir da eficiência de um ambiente tecnológico. Neste segmento atua a Teldoctor, empresa brasileira que nasce com capacidade para realizar 150 mil atendimentos mensais em todo o país.

Fundado pelo médico Luis Henrique Leonardo Pereira, o empreendimento utilizará um modelo de plataforma tecnológica no ar há oito anos no Brasil, e que já atendeu mais de 375 mil pacientes nas áreas de cardiologia, medicina preventiva e saúde sexual. Recentemente, a plataforma foi aprimorada com uma Inteligência Artificial vinda dos EUA, o que permite a ampliação do corpo clínico e o atendimento a diversas especialidades médicas.

Para alçar este patamar, em 2018, a Teldoctor firmou parceria com a empresa americana M.A.I.A.S. Partners, responsável por investimentos em plataformas de tecnologia de diferentes países, com sedes em Miami e Dubai, e que agora amplia o seu know-how, dando início às operações da Teldoctor no Brasil.

Com investimento estimado, até agora, em mais de R$13 milhões, o sistema utiliza o fundamento da inteligência artificial para filtrar as informações, e direcionar o paciente ao médico que fará o teleatendimento humanizado e personalizado. Os dados dos pacientes são armazenados sempre de forma sigilosa, e disponibilizados no prontuário eletrônico para que a equipe médica tenha acesso independentemente da localidade de ambos.

Segundo o CEO do projeto, Marcelo Callegari Co-Funder da empresa americana M.A.I.A.S. Partners, o setor tem grande potencial de crescimento e a empresa está preparada para contribuir com este cenário. “Estamos com um novo investimento previsto de mais US$ 1,5 milhão para aprimorar as funcionalidades da plataforma, e garantir um atendimento ainda mais rápido e preciso”, afirma Callegari.

Inicialmente, o programa terá a função de organizar as informações e facilitar o atendimento diário de 3 a 4 mil pacientes. Segundo Marcelo, o objetivo é que, em até um ano, a plataforma amplie esta capacidade e passe a atender mais de 1 milhão de pessoas por mês. Para isso, a empresa planeja instalar totens em diversos estabelecimentos, o que facilitaria atender, além de pacientes diretos, planos corporativos para empresas e cooperativas.

A Teldoctor segue o padrão estabelecido pelo modelo de Telemedicina americano, com a finalidade de estimular a medicina preventiva e agilizar as consultas e prescrições médicas, além de viabilizar o acesso ao atendimento médico rápido e confortável àqueles que vivem a rotina insana das grandes metrópoles e, até mesmo, às pessoas que estão nas regiões mais remotas do país.

Para utilizar o serviço, o paciente entra em contato com a equipe médica por meio da plataforma e preenche uma ficha clínica. Esta ficha chega ao médico, que analisa o caso, e, por meio da Telemedicina, pode solicitar uma videoconferência, exames, além de indicar tratamentos e emitir laudos.

O programa, que tem como base tecnologia americana, recebeu adaptações às Normas Legais brasileiras, e conta com todas autenticações legais e digitais necessárias para exercer a Telemedicina no país, além de seguir as regras estabelecidas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SIBS).

Fonte: Saude Business


Palavras-chave , , , , , ,
Mercado farmacêutico





CRF-SP atualiza sua plataforma de capacitações online

CRF-SP atualiza sua plataforma de capacitações online - CRF-SP

(Texto atualizado em 14/01/2020 às 10:09 am)

 

O CRF-SP lança hoje a nova plataforma da Academia Virtual de Farmácia. A ferramenta traz um visual mais moderno e utiliza tecnologia responsiva, ou seja, se adapta a qualquer tipo de dispositivo eletrônico como celulares ou tablets, o que contribui para facilitar o seu acesso e utilização.  Além disso, a nova plataforma da Academia Virtual possibilita a emissão de certificados após a conclusão do curso e a realização da avaliação do aprendizado.

A Academia também ganhou uma nova categoria, que são os cursos (possuem avalizações e certificados para os participantes), e uma grade de atualização mais completa, com a inclusão de quatro novos temas:  Boas práticas na dispensação de medicamentos com ênfase em POP; Boas práticas na farmácia magistral com ênfase em POP; Como montar uma farmácia – passo a passo; e Gestão em farmácia hospitalar. Para facilitar o acesso, os cursos foram divididos em quatro eixos que contemplam as áreas de Cuidado farmacêutico, Gestão, Legislação e Prescrição Farmacêutica.

A plataforma pode ser utilizada gratuitamente por farmacêuticos inscritos e regulares no CRF-SP e contribui para estimular e possibilitar o aperfeiçoamento profissional continuo àqueles que estão em locais distantes, que não têm disponibilidade de horário para participar de cursos presenciais, ou ainda que prefiram essa forma de estudo.

Ao todo são disponibilizados 14 cursos, cinco capacitações e três campanhas de saúde. Outra novidade é a inclusão da área “Fiscalização Orientativa”, que disponibiliza textos sobre o tema.

O login e o usuário para quem já possui cadastro na antiga plataforma serão mantidos. Para quem deseja se inscrever pela primeira vez, basta acessar http://ensino.crfsp.org.br/moodle e acompanhar o passo a passo.

Fonte: CRF-SP


Palavras-chave , , , , , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico





Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





Do NOT follow this link or you will be banned from the site!

📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: