Notícias do varejo farmacêutico brasileiro

Farmácias somam mais de R$ 15 bilhões em vendas no primeiro semestre de 2014

Os não-medicamentos vêm mantendo vendas crescentes.

No primeiro semestre deste ano, as farmácias registraram um faturamento 13,69% superior ao apresentado no mesmo período de 2013. Em valores absolutos, esse índice corresponde a quase R$ 15,37 bilhões, de acordo com levantamento da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma).

“Esse resultado reforça nossa estimativa de expansão para 2014, que deve girar em torno de 13% em relação ao ano passado”, afirma o presidente da Abrafarma, Sérgio Mena Barreto. O levantamento é realizado periodicamente pela entidade e vem apontando o crescimento estável do setor. Os seis primeiros meses de 2013, por exemplo, tiveram desempenho 12,04% superior ao mesmo período de 2012 – índice ligeiramente menor do que o apurado neste ano.

Os não-medicamentos vêm mantendo vendas crescentes, acumulando R$ 5,02 bilhões nos primeiros seis meses deste ano e representando 32,69% da comercialização total do período. Esse resultado corresponde a um aumento de 16,58% no primeiro semestre de 2014, quando comparado ao mesmo período de 2013, e praticamente repete o índice do ano passado (16,82%).

Outro indicador que se destaca é o aumento na contratação de colaboradores, que subiu 6,57%, passando dos 107.942 no primeiro semestre de 2012 para 115.034 neste ano. Deste total, 14.609 são farmacêuticos. “Contamos com um contingente de 14,4 mil desses profissionais qualificados, ou seja, 2,72 por loja”, comenta Barreto.

Fonte: Snif Brasil

Postado em: Varejo farmacêutico

Deixe um comentário (0) ↓

Deixe um Comentário

mautic is open source marketing automation

Prezados clientes,

 

Devido às graves condições climáticas e inundações que atingiram a cidade de Florianópolis, infelizmente estamos impossibilitados de cumprir com nosso horário de atendimento no dia de hoje 12/01.

 

Em caso de urgência, por favor entre em contato através do e-mail alex@m2farma.com.

 

A expectativa é de que à partir de segunda-feira, 15/01, estaremos de volta com nosso horário de atendimento normalmente.