Farmácia Popular poderá ser alterado visando economia

Governo sugere reformular Farmácia Popular e economizar até R$ 1 bilhão.

O Ministério da Saúde está sugerindo ao governo de transição uma reformulação do Programa Farmácia Popular. A ideia é que o governo federal centralize as compras de medicamentos, que depois seriam distribuídos pela indústria farmacêutica aos estabelecimentos participantes.

Atualmente, as próprias farmácias adquirem os remédios e são ressarcidas posteriormente. O Ministério da Saúde gasta cerca de R$ 2 bilhões por ano com o Farmácia Popular e espera reduzir essa despesa pela metade, o que viabilizaria o reajuste dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias para 2019, previsto na Lei 13.708/18. Leia mais ›


Palavras-chave , ,
Mercado farmacêutico



Anvisa suspende 10 produtos cosméticos

Anvisa suspende 10 produtos cosmticos

(Texto atualizado em 10/12/2018 às 08:42 am)

O creme de tratamento capilar Biohair Detox est na lista dos 10 produtos da Biotec que foram suspensos pela Anvisa (foto: Biotec/Divulgao)

Em resolução (RE 2.856/18), publicada no Diário Oficial da União (DOU) na última sexta, dia 19 de outubro, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a distribuição, divulgação, comercialização e o uso de 10 produtos cosméticos fabricados pela empresa Biotec Cosméticos Indústria e Comércio Ltda. “A medida de interesse sanitário determina, ainda, que a empresa promova o recolhimento do estoque existente no mercado, referente aos produtos notificados”, informa a Anvisa em comunicado publicado em seu site oficial. Conforme a resolução, ficam suspensas a fabricação e a comercialização dos seguintes cosméticos da Biotec: Leia mais ›

Mercado farmacêutico, ANVISA



Receita de medicamento controlado passa a valer em todo país

Após passar pela Comissão de Assuntos Sociais, finalmente o Plenário aprova a validade nacional para receitas e prescrições medicas de medicamentos e remédios controlados. Passa a ser possível comprar um produto tarja preta em qualquer estado do pais, não apenas o estado de onde foi emitida a receita.

O Plenário do Senado aprovou em 16/10/2018 a validade nacional das receitas de produtos controlados e manipulados. Conforme o texto do substitutivo da Câmara dos Deputados (SCD 4/2018) ao Projeto de Lei do Senado 325/2012, a receita médica ou odontológica valerá em todo o país, independentemente do estado em que tenha sido emitida. A matéria vai à sanção presidencial.

A relatora da proposta na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), senadora Ana Amélia (PP-RS), argumentou que as farmácias já contam com um rigoroso controle, exigem a receita médica e os documentos do paciente que vai usar o remédio. Em seu parecer, a ela lembrou que a iniciativa vai beneficiar os pacientes que estão em tratamento e precisam viajar ou se consultar em outro estado. Leia mais ›


Palavras-chave ,
Mercado farmacêutico



A Merck anuncia venda das plataformas Amnis® e Guava® para a Luminex Corporation

Todos os reagentes associados a essas marcas foram incluídos na negociação. O acordo estratégico permite à Luminex aumentar sua presença no mercado de citometria de fluxo multibilionário. Espera-se fechar o negócio no final de 2018.

Darmstadt, Alemanha — A Merck, a vibrante empresa de ciência e tecnologia, anunciou no dia 18 de outubro(quinta-feira), a assinatura de um acordo definitivo para vender sua unidade de citometria de fluxo para a Luminex Corporation por € 62,5 milhões.1 O fechamento da transação, previsto para o final de 2018, está sujeito às condições habituais de negociação. Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico



Campanha organiza rotina de medicação de idosos

(Texto atualizado em 04/12/2018 às 12:49 pm)

Farmacêuticos orientarão e farão check-up dos medicamentos dos pacientes

Os público idoso terá uma oportunidade de organizar a rotina de medicação nas farmácias. Até o dia 26 de outubro, a população com mais de 60 anos receberá, gratuitamente, a revisão medicamentosa em mais de mil farmácias e drogarias de todo o País. A ação será alusiva ao Dia Nacional do Idoso, celebrado em 1º de outubro, e marca a oitava edição das Campanhas de Saúde 2018 da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma).

“Esse serviço evita problemas de saúde relacionados à automedicação e gastos desnecessários para o paciente, ao avaliar como ele organiza seu tratamento no dia a dia e qual o grau de cumprimento do regime posológico prescrito pelo médico, apontando dificuldades e oportunidades de melhoria”, ressalta o presidente executivo da Abrafarma, Sergio Mena Barreto. Leia mais ›


Palavras-chave , , , , ,
Mercado farmacêutico



P&G importa 90 cientistas para acelerar pesquisas

(Texto atualizado em 04/12/2018 às 12:46 pm)

Neste ano, a Procter & Gamble importou 90 cientistas venezuelanos, e suas famílias, para trabalharem ao lado de 30 pesquisadores brasileiros. Com isso, a maior fabricante de produtos de consumo do mundo transferiu de Caracas para Louveira, no interior de São Paulo, o laboratório de desenvolvimento de produtos para a América Latina. A dificuldade de operar um laboratório de pesquisa no país comandado por Nicolás Maduro, embora ainda mantenha produção local, motivou a decisão. O Brasil é hoje o terceiro maior mercado da P&G, que vai fazer pesquisas em parceria com a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). O centro de inovação será oficialmente inaugurado no início de 2019, mas os cientistas venezuelanos e brasileiros já estão trabalhando. Juntos, nos últimos seis meses, ajudaram a desenvolver um novo protetor diário feminino da marca Always e uma nova versão da fralda Pampers. O próximo alvo é a Gillette. “A intenção é acelerar os lançamentos”, diz Juliana Azevedo, presidente da P&G no Brasil desde janeiro. A multinacional demorava até dois anos para lançar produtos. O prazo agora é de até nove meses.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , ,
Mercado farmacêutico



Segmento farmacêutico para pet cresce e mira canal online

medicamento veterinario pet

Delegar ou “Delargar”? - ASCOFERJDentro do faturamento total de R$ 20,3 bilhões do mercado pet no ano passado, um dos segmentos que mais cresceu foi o de medicamentos para animais de estimação – registrando alta de 7% ante 2016. Com isso, farmácias de manipulação para este nicho elaboram estratégias para alavancar vendas físicas e online.

Segundo os dados publicados pela Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o gasto com remédios para os pets representou 7,7% da receita bruta desse mercado no ano passado – o equivalente a R$ 1,5 bilhão.

Quem tenta aproveitar este mercado em alto é a rede de farmácias DrogaVet. Com pretensão de chegar a 50 contratos de franquias fechados até o final do ano – hoje são 28 unidades abertas –, a sócia-fundadora do negócio, Sandra Schuster, conta que o movimento de expansão das operações se dará pelos canais físicos e online. “Há um e meio em desenvolvimento, nosso e-commerce está entrando em vigor agora com produtos oftalmológicos”, afirmou a executiva.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico



Rede CVS é autorizada a fundir operação de farmácias com plano de saúde

(Texto atualizado em 04/12/2018 às 12:52 pm)

A CVS Health, uma das maiores redes de farmácias do mundo, consolidou sua fusão com a empresa de planos de saúde Aetna, nos Estados Unidos. A fusão movimenta 69 bilhões de dólares e foi aprovada pela justiça americana com algumas condições.

Para que se una à rede de farmácias, a Aetna será obrigada a abrir mão da parceria que tem com o governo americano para fornecer medicamentos ao Medicare, gerido pelo estado.

A CVS é a última grande varejista de medicamentos dos Estados Unidos a firmar acordo com planos de saúde. Em setembro, o Departamento de Justiça americano aprovou a fusão entre a seguradora Cigna e uma das maiores concorrentes da CVS, a Express Scripts.

O The New York Times destacou que a onda de fusões entre seguradoras e varejistas de medicamentos pode significar uma melhora no atendimento e reduzir o custo para as empresas. Por outro lado, há críticas relacionadas a um possível aumento no preço dos remédios com a concentração do mercado (e dos dados captados pelas empresas) na mão de poucos players. Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico



Nova sistemática da Anvisa para importadores

(Texto atualizado em 28/11/2018 às 02:33 pm)

suspenso interditado anvisaImportadores que utilizam o Porto do Rio e representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitátia (Anvisa) participam de seminário na próxima segunda-feira (29) sobre a aplicação das gestões de risco nos processos de importação. O evento é promovido pela Associação dos Usuários dos Portos do Rio de Janeiro (Usuport-RJ). De acordo com a organização, o seminário será uma oportunidade para importadores entenderem melhor a nova sistemática de anuência da agência, além de tirar dúvidas sobre o tema.

A apresentação será realizada pelo gerente-geral de portos, aeroportos, fronteiras e recintos alfandegados da Anvisa, Marcus Aurélio Miranda de Araújo. Para Usuport-RJ, a análise de risco beneficia os bons importadores, assim como a possibilidade de registro da licença de importação quando a carga está sendo carregada no exterior.

A associação destaca que esses dois mecanismos ajudam a diminuir o tempo de tramitação de processos enquanto o navio está a caminho do Brasil. Numa rota entre Europa e Rio, por exemplo, o importador tem em torno de 16 dias para resolver eventuais pendências, como retenção da carga no canal amarelo por exigência documental, o que evita o pagamento de armazenagem.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , , , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico



Inteligência Artificial na gestão dos planos de saúde é lançada

(Texto atualizado em 28/11/2018 às 02:34 pm)

Black Friday tem promoções em farmácias, autoescolas e até funerárias no Sul de MG | Sul de MinasAs inovações tecnológicas vêm revolucionando o setor de saúde. De acordo com a previsão da Accenture Analysis, o mercado de inteligência artificial na saúde deve ultrapassar os 6,6 bilhões de dólares de investimentos em 2020, contra 600 milhões em 2014. As soluções tecnológicas que usam IA podem melhorar não apenas o atendimento aos pacientes, como também os processos de gestão. Pensando nisso, a Softplan, referência no país no desenvolvimento de softwares, vem investindo em aplicações para a saúde. A empresa criou o software Dictas, que utiliza inteligência artificial para otimizar os custos das operadoras de saúde e aumentar a eficácia dos serviços, ampliando os benefícios aos seus assistidos. O Dictas será lançado nacionalmente durante a Convenção Nacional da Unimed, evento que ocorre nesta semana, com a proposta de debater os desafios do setor de saúde. Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico



Varejo farmacêutico aumenta 12,4% em 2018 no acumulado do ano

mercado farmaceutico

(Texto atualizado em 04/12/2018 às 12:54 pm)

Vendas de medicamentos crescem na AbradilanAs vendas em farmácias registraram aumento de 12,4% em setembro, considerando o acumulado do ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. Assim, o faturamento de R$ 33 bilhões em 2015 passou para R$ 37 bilhões neste ano. Já o número de doses comercializadas saiu de 104 bilhões para 109 bilhões; crescimento de 4,9%.

Os dados acabam de ser divulgados pela IMS Health e foram compilados pela INTERFARMA (Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa). “Em comparação com os demais setores, o farmacêutico consegue ser mais resistente às crises porque medicamentos são produtos de primeira necessidade”, afirma Antônio Britto, presidente-executivo da INTERFARMA. Leia mais ›


Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico



Neoway lança solução de Big Data Analytics para o mercado de saúde, que deve movimentar cerca de R$ 2 tri até 2035

Neoway lança solução de Big Data Analytics para o mercado de saúde, que deve movimentar cerca de R$ 2 tri até 2035


A Neoway, maior empresa brasileira de Big Data Analytics e tecnologia aplicada a negócios, anuncia o Neoway Health, plataforma que possibilita análises rápidas e intuitivas para o mercado de saúde. O lançamento monitora 320 mil estabelecimentos e três milhões de profissionais da área de saúde. O objetivo é disponibilizar informações atuais e estratégicas que auxiliem os gestores em suas decisões.

“O mercado de saúde é muito desafiador principalmente pelo aumento da expectativa de vida das pessoas e a necessidade de utilização de novas tecnologias. O Neoway Health aumenta a competitividade das empresas, pois permite que sejam feitos estudos mercadológicos mais completos e profundos, combinando as informações de saúde com outros três mil bancos de dados de profissionais da área médica e pessoas jurídicas que estão disponíveis na plataforma”, comenta Jaime de Paula, CEO da Neoway.

Os pilares do Neoway Health são: identificação e análise da rede e dos profissionais; controle de procedimentos e indicadores de performance; e gestão integrada das informações clínicas e assistenciais. A plataforma permite, por exemplo, conhecer melhor a carteira de clientes e parceiros, adequar-se rapidamente às novas regulações, redefinir a distribuição de produtos, analisar a comercialização de serviços e verificar a participação no varejo especializado.

“O Neoway Health utiliza dados de Data Science modelados para elaborar um score altamente customizável de profissionais e estabelecimentos de saúde. Esse é um diferencial de extrema importância para as empresas que desejam se posicionar em um mercado que deve movimentar aproximadamente R$ 2 tri até 2035”, ressalta de Paula.

 
 
 
 

Mercado farmacêutico



Inteligência Artificial na Saúde é tema de Design Sprint em São Paulo

Inteligência Artificial na Saúde é tema de Design Sprint em São Paulo


A Portal Telemedicina, empresa de tecnologia na área da Saúde que utiliza integrações e inteligência artificial para acelerar o processo de diagnóstico, em parceria com o Google e o Hospital Israelita Albert Einstein, realiza em São Paulo, desde o dia 24 de setembro, o evento Machine Learning Design Sprint. O encerramento será na sexta-feira (28), quando os resultados das prototipagens serão apresentados e validados, assim como o plano para a implementação das soluções encontradas.

 O Machine Learning Design Sprint tem como objetivo trabalhar cinco grandes desafios e aplicação de Inteligência Artificial em Telemedicina envolvendo renomados especialistas em Machine Learning do Google e da Portal, além de dezenas de médicos, equipe de enfermagem e gestores do Hospital Israelita Albert Einstein. Um time está aplicando a metodologia de Design Sprint, método “express” para testar ideias com os usuários finais, criando protótipos e sugerindo melhorias em telemedicina.

 “Nesse evento queremos proporcionar aos participantes uma experiência única envolvendo as técnicas mais modernas de prototipagem e experiência de usuário (UX) proporcionadas pelo modelo Design Sprint em conjunto com a aplicação prática dos mais atuais e renomados modelos de Aprendizado de Máquina (Machine Learning)”, afirma Rafael Figueroa, CEO e Cofundador da Portal Telemedicina.

 O evento, exclusivo para convidados, reúne ao longo da semana alguns dos mais importantes nomes do mundo em Inteligência Artificial na Saúde em uma programação intensa de palestras, além de práticas e mentorias com experts no assunto vindos de vários países como Estados Unidos, Israel e Rússia. Médicos e profissionais de tecnologia, estão reunidos durante os cinco dias do evento, o que possibilita um debate intenso e troca enriquecedora de opiniões.

 “Esse evento é uma oportunidade sem precedentes de inovação conjunta e evolução da medicina ao lado de grandes parceiros como o Google e o Einstein. Queremos aplicar a Inteligência Artificial na Saúde de forma humanizada, com atenção especial aos nossos usuários, o paciente e o médico. Vamos entregar uma metodologia de Design Sprint focada em Inteligência Artificial, que será liberada em open-source mundialmente”, conclui Figueroa, que também é Google Developer Expert em Machine Learning.

Na programação do evento, além dos porta-vozes da Portal Telemedicina e Hospital Albert Einstein, destaca-se a participação de profissionais como Arie Meir, líder global do Google Healthcare, Eran Paz, pesquisador em Inteligência Artificial na SAP Innovation Center Israel, Malika Cantor, líder global do Launchpad Accelerator e Artificial Intelligence Studio Google, Fabio Andreotti, líder do Google Cloud no Brasil, Daniel Ferraz, da Deep Mind, empresa britânica com  foco em P&D em inteligência artificial, entre outros.

 Sobre a Portal Telemedicina

A Portal Telemedicina é uma empresa brasileira de tecnologia voltada à saúde que desenvolveu uma plataforma visando solucionar o acesso restrito a médicos especialistas em algumas regiões. Por meio de uma inovadora plataforma, os médicos emitem laudos virtualmente para clínicas e hospitais em todo o Brasil em tempo real, por meio de uma central médica digital baseada em Inteligência Artificial e Machine Learning. A Portal atende 24 horas, todos os dias da semana e conta com uma equipe de especialistas renomados, como neurologistas, cardiologistas, radiologistas peritos em Medicina do Trabalho e OIT, pneumologistas, tomografia e RM, oftalmologistas, neuropediatras e neurocirurgiões.

 
 
 
 

Mercado farmacêutico



Roche Farma Brasil anuncia novo presidente

Roche Farma Brasil anuncia novo presidente


A farmacêutica Roche, líder global em biotecnologia, apresenta o novo presidente da companhia no Brasil, Patrick Eckert. O executivo suíço assume o cargo no lugar de Rolf Hoenger, que esteve à frente da unidade nos últimos cinco anos e comandará a Roche na América Latina. O anúncio é feito no mesmo período em que a afiliada passa a se reportar diretamente para a matriz da companhia na Basiléia, Suíça – ação que ilustra a expressividade do país para a estratégia global da farmacêutica.

Patrick, ex-diretor de Oncologia e Hematologia da Roche Farma Brasil está na companhia desde fevereiro de 2017, e é formado em Administração pela suíça Business School, em Lausanne, e Commercial Degree, Business Administration and Management, pela ECPL. O executivo, que conta com 20 anos de experiência nas indústrias farmacêutica e de bens de consumo, atuou em países da Europa, América Latina, África e Oriente Médio.

“Quero dar continuidade ao propósito que nos move: fazer agora no país o que os pacientes precisam hoje e amanhã”, diz o novo presidente. A companhia fez a diferença na vida de cerca de 190 mil pacientes tratados com seus medicamentos inovadores no Brasil em 2017 e espera números positivos para 2018 novamente. “Continuaremos comprometidos com a estratégia de longo prazo para o Brasil, avançando com o nosso portfólio de inovação e forte trabalho para ampliar o acesso à saúde aos brasileiros”, afirma Patrick.

 
 
 
 

Mercado farmacêutico



Abbott lança plataforma colaborativa de saúde

Abbott lança plataforma colaborativa de saúde


Abbott, empresa global de cuidados para a saúde, está lançando um mapa colaborativo para o compartilhamento de experiências relacionadas ao cuidado com a saúde sob os aspectos da atividade física, alimentação, autoconhecimento, lazer e bem-estar, além de locais para doação de sangue na cidade de São Paulo. Intitulado Saúde no Mapa, o espaço permite que as pessoas indiquem seus locais preferidos na cidade para cuidar melhor da saúde, e encontrem dicas para viver com mais qualidade.

A criação da plataforma é fruto dos resultados da pesquisa idealizada pela Abbott “Empoderamento do Paciente – importância e desafios”, feita com 960 pessoas, de todas as regiões do Brasil, diagnosticadas com diabetes e hipertensão, duas doenças crônicas de grande incidência no país. O intuito foi estimular a reflexão dos brasileiros sobre a importância da conquista e manutenção da própria saúde e, consequentemente, contribuir para que as pessoas se sintam mais proativas e responsáveis pelo cuidado de sua saúde.

“A pesquisa trouxe importantes direcionamentos que nos motivaram a criar o Saúde no Mapa. Notamos que boa parte dos entrevistados (59%) tem na melhoria dos hábitos de saúde a principal chave para se sentir empoderado. A partir daí, desenvolvemos esta plataforma colaborativa, com o intuito de inspirar o compartilhamento de experiências de boas práticas relacionadas à saúde, como atividade física, alimentação, autoconhecimento, lazer, bem-estar e doação de sangue”, explica Juan Carlos Gaona, Gerente Geral da Abbott no Brasil. “Esse projeto vai ao encontro do  nosso compromisso de entender as necessidades e desafios diários dos brasileiros e fazer com que vivam mais e melhor” , ressalta.

O levantamento também mostrou que quase metade dos brasileiros entrevistados praticam atividades físicas (46%), especialmente na cidade de São Paulo, onde 61% das pessoas com diabetes realizam exercícios físicos. “Acreditamos que a cidade abriga diversos locais para que as pessoas possam melhorar a saúde por meio da prática de exercícios físicos e alimentação saudável, principalmente as que convivem com doenças crônicas. Por isso, decidimos iniciar nosso projeto por aqui”, diz Gaona.

 
 
 
 

Mercado farmacêutico



Diabetes: há falta de clareza no controle da doença

Diabetes: há falta de clareza no controle da doença


Educação do profissional de saúde é essencial para conter complicações

Apesar de ser uma das doenças crônicas que mais acomete os brasileiros, existe uma certa discrepância com relação à prevenção e controle adequado do diabetes. A demora para que o paciente atinja o controle adequado, mesmo após iniciar o tratamento, pode causar complicações que podem levar à morte. Atualmente, o Brasil possui cerca de 14 milhões de portadores de diabetes¹, sendo que a doença hoje é a terceira maior causa de mortes no País, e nos últimos seis anos, cresceu por volta de 12%².

A inércia terapêutica consiste na demora na intensificação do tratamento, como explica o endocrinologista e vice-presidente Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), Dr. Alexandre Hohl. “A inércia pode ser causada tanto pelo paciente quanto pelo profissional de saúde que, por desconhecimento ou não cumprimento de protocolos que buscam o controle do diabetes, demora em intensificar o tratamento com outros medicamentos, o que é essencial para a prevenção de uma série de complicações associadas”, destaca.

Ainda de acordo com o Dr. Alexandre Hohl, a baixa preocupação com complicações da doença a longo prazo é uma realidade entre os brasileiros. “Estima-se que metade da população com diabetes não sabe que tem a doença. A ausência de sintomas nas fases iniciais torna o cenário ainda mais alarmante, ao levarmos em conta que, apesar de sete em cada 10 portadores de diabetes afirmarem que seguem corretamente o tratamento, grande parte não possui a clareza de que o controle da doença inclui uma série de fatores que vão além da administração dos medicamentos”, explica o especialista.

Educação em saúde é fundamental

O Dr. Hohl também explica que o conhecimento e a educação do profissional de saúde são essenciais para conter o avanço das complicações relacionadas ao diabetes, que vão desde problemas cardiovasculares, como infarto e Acidente Vascular Cerebral (AVC), até insuficiência renal e risco de amputação, principalmente de membros inferiores. “A constante atualização do profissional de saúde é essencial para combater a inércia terapêutica. Temos observado que o tratamento do diabetes mudou consideravelmente na última década, com a chegada de terapias inovadoras e que possibilitam o controle da doença desde o momento do diagnóstico” explica o especialista.

O gargalo na detecção de novos casos também é uma das explicações para a demora na intensificação do tratamento, e o consequente controle da doença. Segundo um levantamento realizado pela Abril Inteligência com apoio da AstraZeneca e do endoDEBATE, menos da metade das pessoas com diabetes relatou ter passado por exames cardiológicos e/ou renais no último ano, e apenas 16% tiveram os pés examinados, dado que vai ao encontro dos impactos socioeconômicos da doença aos sistemas de saúde no Brasil².

Para a diretora médica da AstraZeneca Brasil, Maria Augusta Bernardini, o investimento em prevenção e em conscientização é essencial para combater esse cenário. “A qualidade de vida do paciente com diabetes está diretamente relacionada com os hábitos cultivados no dia a dia. O controle do peso, prática de atividade física, escolha por alimentos saudáveis e controle glicêmico são os grandes pilares no tratamento da doença. Negligenciar um desses tópicos é determinante para a má evolução do diabetes”, alerta.

Para o Dr. Alexandre Hohl, o cenário do diabetes no país necessita de uma resolução urgente, que vai além da educação médica. “O investimento em um sistema que englobe assistência continuada em todas as fases da doença, e em profissionais de saúde que tratem o diabetes em toda a sua complexidade, conscientizando e empoderando os pacientes e médicos sobre a importância do tratamento individualizado é primordial para frearmos a epidemia do diabetes e suas complicações”, finaliza .

Referências

    1. Diabetes Atlas – International Diabetes Federation(IDF) <acesso em 28.08.2018>
    2. Pesquisa: “O que os brasileiros sabem (e não sabem) sobre o diabetes” <Acesso em 28.08.2018>

Fonte: AstraZeneca

Foto: Shutterstock



Mercado farmacêutico



Laboratório Boiron inaugura sua primeira farmácia de manipulação em São Paulo Brasil

O segmento de homeopatia tem crescido sistematicamente. De acordo com o Transparency Market Research, até 2024, a estimativa é que gere anualmente US$17.4 bilhões. Para efeito de comparação, em 2015, esse número foi de US$ 3.8 bilhões. A Boiron, laboratório francês líder mundial em homeopatia, acredita no potencial de crescimento e desenvolvimento deste segmento no Brasil, já que a busca pela qualidade de vida, bem-estar e saúde por parte da população é crescente. Atenta a esse mercado promissor, a companhia escolheu São Paulo para inaugurar sua primeira farmácia de manipulação homeopática no mundo. O espaço, recém inaugurado, tem 450m², ficará no coração da cidade, na avenida 9 de Julho.

Leia mais ›


Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico, Marketing Farmacêutico



Marketing da Fini vem aumentando as vendas nas farmácias

Ação "Se liga que é Fini" amplia vendas nas farmáciasVeja esta ideia de marketing da marca Fini, realizando a ação direto na farmácia:

Compras a partir de R$ 10 em produtos trarão benefícios ao consumidor. Traçar parcerias com a indústria é a melhor maneira de um varejista obter acesso a ações de marketing diferenciadas, capazes de atrair o consumidor para dentro de loja e, o mais importante, fazê-lo efetuar compras além das planejadas e aumentar o tíquete médio. Oportunidades não faltam. Basta buscar estreitar o relacionamento com os fornecedores em prol de um crescimento conjunto.

Durante o mês de outubro, o consumidor que comprar R$ 10,00 em produtos Fini Brasil – balas de gelatina, marshmallows, tubes, regaliz e chicles – poderá transformar este valor em crédito no celular ou em um mês de assinatura de uma plataforma de séries e filmes.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , ,
Mercado farmacêutico, Marketing Farmacêutico



Drogarias Araujo expande presença em MG

(Texto atualizado em 12/11/2018 às 09:43 am)

Conforme revelado pela Drogaria Araujo com suposta exclusividade ao conhecido Jornal Giro News, será inaugurada a segunda filial da rede na cidade de Juiz de Fora (MG), na sexta-feira dia 19. A loja possui 530 m² de área de vendas e mix composto por cerca de 20 mil produtos entre medicamentos e não medicamentos. Mais uma boa farmácia para servir à população.

A unidade irá comercializar itens de higiene pessoal e dermocosméticos, além dos serviços Clique e Retire, Box Araujo, Araujo Manipulação, recarga de celular, pagamento de contas, programas e testes de saúde. Com mais de 209 operações em funcionamento, a rede prevê encerrar 2018 com 32 inaugurações. Até o momento, 17 unidades foram abertas. Que o mercado continue favorável ao bom trabalho!


Palavras-chave , , , , ,
Mercado farmacêutico, Marketing Farmacêutico



Laboratório EMS solicita registro no FDA de seu primeiro produto nos EUA

(Texto atualizado em 12/11/2018 às 09:43 am)

A EMS, maior laboratório farmacêutico no Brasil, por meio da Brace Pharma – braço de inovação disruptiva (radical) da empresa nos Estados Unidos -, submeteu, no final de julho, seu primeiro produto para a aprovação do FDA (Food and Drug Administration), agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos. Trata-se do GeNOsyl® Advanced Delivery System (ADS), device portátil de uma nova geração de óxido nítrico inalatório voltado ao tratamento da hipertensão pulmonarresistente em recém-nascidos, síndrome com taxa de mortalidade chegando a 33% dos pacientes afetados. O dossiê foi submetido em parceria com a biofarmacêutica americana Vero Biotech, na categoria New Drug Application (NDA).

Leia mais ›


Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico, Legislação e regulamentações, Marketing Farmacêutico



Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: