Dia 29 de outubro é o dia Mundial do AVC

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

(Texto atualizado em 21/01/2020 às 11:55 am)

Em 29 de outubro, conscientizamos a população sobre os sintomas, formas de prevenção e tratamentos do AVC (Acidente Vascular Cerebral). O Dia Mundial do Combate ao AVC existe desde 2006, por determinação da Organização Mundial da Saúde.

O AVC é compreendido pelo impedimento do fluxo sanguíneo para o cérebro, deixando parte dele sem oxigenação e, assim causando a morte de algumas células. Seu dano pode ser fatal. Por essa razão, é fundamental que pacientes com estes sintomas procurem auxílio médico rapidamente. Quanto mais rápido o tratamento, melhor é o prognóstico.

Há dois tipos de AVC:

  • Acidente Vascular isquêmico: resultante do bloqueio dos vasos sanguíneos;
  • Acidente Vascular hemorrágico: resultante da ruptura dos vasos sanguíneos.

O tratamento deste caso varia de acordo com o tipo de AVC. No primeiro tipo citado, é utilizado um medicamento anticoagulante para dissolver o coágulo. Nos casos mais graves, é necessário intervenção cirúrgica para restaurar o fluxo sanguíneo. Já no segundo caso, é utilizado um medicamento para diminuir a pressão no cérebro resultante do sangramento. Os casos mais graves também necessitam de cirurgia para controlar o sangramento e reparar o vaso sanguíneo.

Leia também: 9 passos para a investigação e análise de incidentes/eventos adversos

Conheça os sintomas da doença:

  • Dificuldade para caminhar;
  • Tontura;
  • Perda do equilíbrio e coordenação;
  • Dificuldade para falar ou entender o que os outros falam;
  • Dormência ou paralisia na face, perna, braço, mais propensa a acontecer de apenas um lado do corpo;
  • Visão embaçada ou escurecida;
  • Dor de cabeça repentina (principalmente acompanhada de náusea, vômito ou tontura).

Essa doença é evitável! Conheça suas formas de prevenção:

  • Conter a pressão sanguínea normal;
  • Limitar a quantidade de gordura saturada e colesterol;
  • Parar de fumar e ingerir bebidas alcóolicas com moderação;
  • Manter um peso saudável;
  • Fazer exercícios regularmente;
  • Consumir uma dieta rica em vegetais e frutas.

Junte-se a nós nessa missão de reduzir a incidência desta doença! Informe-se! Previna-se!

Referência:

Ellen Ellis. Cerebrovascular Accident. Healthline Media. 2005.

London Health Sciences Centre. STROKE. 2014.

World Health Organization. Stroke, Cerebrovascular accident. 2018.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário:



Palavras-chave , , ,
Legislação e regulamentações

Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: