Missão técnica da Abrafarma analisa varejo de Israel e Itália

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Cerca de 40 executivos do varejo farmacêutico nacional, conduzidos pela Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), protagonizaram uma imersão pelos mercados de Israel e Itália entre os dias 1º e 10 de novembro. A Missão Técnica Internacional promovida pela entidade teve a proposta de assimilar transformações do setor na era digital, de modo a ampliar a interação entre lojas físicas e o consumidor.

A primeira parada foi na capital israelense Tel-Aviv, que concentra o terceiro maior número de startups do mundo – 8 mil a todo – e representa um berço de inovações em tecnologias para o ponto de venda. O grupo visitou não apenas estabelecimentos farmacêuticos, como também aceleradoras voltadas à saúde e ao bem-estar. A programação terminou em Milão, mercado aberto para as redes desde o ano passado e que passa por profundas mudanças como a entrada da inglesa Boots, que pretende abrir 70 unidades na cidade até o fim de 2019.

“A experiência que mais nos impressionou mesmo foi em Israel. Não esperávamos encontrar uma rede como a Super Pharm, com alto faturamento por loja, bons layouts e soluções como as de deliverye-commerce, programa de fidelidade com alta penetração e aplicativos com recomendações de saúde”, destacou Sergio Mena Barreto, CEO da Abrafarma.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Qual sua opinião? Deixe seu comentário:



Palavras-chave , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico

Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





Do NOT follow this link or you will be banned from the site!

📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: