Arquivo do blog

Drogasil lança museu virtual da farmácia

Drogasil lança museu virtual da farmácia - ASCOFERJ

A Drogasil acaba de lançar o MUFA (Museu do Universo da Farmácia), o primeiro da América Latina totalmente virtual. Com investimento inicial de R$ 1,8 milhões, o MUFA reúne conteúdos históricos voltado para estudantes, historiadores, curiosos e profissionais do mercado.

O museu está dividido em 5 espaços virtuais de visitação, sendo: “Linha do Tempo“, que dá um amplo panorama da história da Farmácia no mundo a partir de marcos cronológicos apresentados num túnel do tempo; “Vídeos”, com vídeos sobre dor, pílula anticoncepcional e insulina; “Coleções“, área que disponibiliza documentos relacionados à história da Saúde, como fotografias inéditas, publicações educativas e coleções de Almanaques; “Moléculas da Natureza“, que traz as principais moléculas utilizadas em medicamentos ao longo da história; e por fim “Exposição“, que mostra interativamente uma farmácia em 1820, outra em 1910 e uma terceira nos anos de 1950.

“A criação do MUFA é mais uma entrega que fazemos a nossos clientes e à toda a sociedade. Com ele reunimos de maneira inédita toda a história do nosso segmento, além ampliar o acesso à cultura. Estamos muito felizes com o resultado e temos certeza que em breve ele se tornará referência no assunto, contribuindo para a educação dos jovens e também como uma fonte de compartilhamento para os profissionais da área, no Brasil e na América Latina”, ressalta Maria Susana de Souza, vice-presidente de Gente e Cultura da RD.

Visite o MUFA.

Fonte: RD


Palavras-chave , , , , , ,
Mercado farmacêutico, Laboratórios Farmacêuticos, Marketing Farmacêutico





GSK lança plataforma de capacitação sobre vacinas

GSK lança plataforma de capacitação sobre vacinas

A plataforma oferece informações sobre vacinas através de textos, vídeos e infográficos. Com 25 horas de conteúdo, cursos se estendem aos profissionais de saúde

A GSK lançou uma plataforma de capacitação online e gratuita para profissionais de saúde, com treinamento 100% focado em vacinas. O conteúdo é dividido em três módulos, entre eles, Imunologia e Vacinologia, e Doenças Imunopreveníveis.

A capacitação oferece, assim, uma imersão no tema através de textos, vídeos e infográficos que trazem assuntos como erros e mitos, calendário vacinal, especial gestante e doenças imunopreveníveis causadas por bactérias e vírus.

Ao todo, são 25 horas de conteúdo sobre a importância da vacinação para o controle da disseminação de doenças como a Covid-19.

O treinamento, inicialmente projetado para enfermeiros e farmacêuticos dos mais de 30 mil clientes da GSK, também é aberto aos demais profissionais de saúde interessados.

No entanto, é preciso acessar a plataforma através do www.escoladevacinasgsk.com.br e fazer o cadastro e colocar o número do conselho correspondente. O participante receberá certificado ao final do curso.

“Queremos colaborar cada vez mais com os profissionais que lidam diretamente com a vacinação, oferecendo conhecimento e qualificação. Criamos a plataforma com conteúdo de qualidade para os nossos clientes, mas sem excluir os demais profissionais interessados no tema, desse modo, entendemos ser um avanço na busca da ampliação do conhecimento sobre a importância da vacinação e da cobertura vacinal no país“, explica o gerente de marketing de vacinas da GSK, Vitor Araújo.

Fonte: GSK  Foto: Shutterstock


Palavras-chave , , , , ,
ANVISA, Laboratórios Farmacêuticos, Marketing Farmacêutico





Cityfarma chega a 100 PDVs e tem faturamento recorde

Cityfarma chega a 100 PDVs e tem faturamento recorde

A companhia iniciou o ano com 87 lojas e encerrará 2020 com 100 unidades, tendo fechado 16 novos contratos de conversão de bandeira. A projeção é que em 2021 a expansão fique na casa de duas a três novas lojas por mês. “Nosso processo de expansão não está baseado na venda de bandeira e sim na oferta de um modelo de negócio baseado em precificação, layout, gestão do mix de produtos e treinamento”, ressalta a executiva.

Para os novos lojistas, a Cityfarma oferece um suporte completo de geolocalização para avaliação do ponto, layoutização interna e externa, e categorização das áreas da farmácia. Também fornece ao lojista apoio na seleção de pessoal, currículos e entrevistas para cargos de confiança como farmacêuticos e gerentes. “No dia da inauguração a unidade já dispõe de todas as ferramentas de um ponto de venda com dois anos de mercado”, destaca.

A Cityfarma aposta ainda em novos projetos como o SOS Lojas, implementado neste segundo semestre. Por meio dessa iniciativa, a rede disponibiliza ao gestor da farmácia em dificuldades um estudo específico sobre a unidade e a concorrência na região. “Um grupo de profissionais das áreas comercial, de marketing e de layout analisa os números e o perfil da loja, criando um plano de ação que é acompanhado semanalmente a fim de verificar os resultados”, comenta Marise.

Desde 2019, a Cityfarma também participa do projeto-piloto da Febrafar de desconfinamento de MIPs. Hoje, a rede já está na segunda etapa, que é o projeto de trade com indústrias parceiras para a exposição especial dos produtos nas gôndolas. “Todas as lojas que participam do projeto apresentaram um aumento do giro em categorias como antialérgicos, antigripais e vitaminas, com um crescimento de até 20%”, finaliza.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Palavras-chave , , , , , ,
Mercado farmacêutico, Marketing Farmacêutico





Falhas no atendimento de idosos nas farmácias

Guia da Farmácia

Para valorizar o público idoso na hora das compras é preciso que não haja falhas no atendimento. A CEO da Connect Shopper, Fátima Merlin explica como

Os idosos são um público assíduo das farmácias e exigem um bom atendimento do farmacêutico, sendo necessário atenção para evitar falhas.

Isso porque algumas atitudes podem fazer com que o público idoso se irrite e tenha sua experiência de compras dificultada.

É importante estar atento para alguns pontos, que devem ser eliminados, como os orientados pela CEO da Connect Shopper e idealizadora do grupo Mulheres do Varejo, Fátima Merlin:

  • Ter pressa durante o atendimento
  • Não ter paciência para esclarecer dúvidas;
  • Utilizar termos técnicos para explicar questões que são de conhecimento essencial para o paciente;
  • Não ter acessibilidade para uso de cadeiras de rodas ou estacionamento;
  • Desorganização;
  • Dificuldade para encontrar o que foi buscar;
  • Falta de atendimento personalizado;
  • Etiquetas de preços pequenas e/ou mal escritas;
  • Produtos expostos em prateleiras baixas.

Fonte: Guia da Farmácia Foto: Shutterstock


Palavras-chave , , , ,
ANVISA, Marketing Farmacêutico





Farmácias batem recorde de testes rápidos positivos para Coronavirus

Guia da Farmácia
No acumulado desde abril, quando ocorreu a implantação do serviço, as farmácias computaram 1.226.732 atendimentos, sendo que o diagnóstico foi positivo em 176.914 (14,42%)Os testes positivos para a Covid-19 nas farmácias cresceu. Uma pesquisa da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) mostrou recorde de 12.790 casos de Covid-19 apontados em testes rápidos no varejo farmacêutico entre os dias 16 e 22 de novembro.

O número representou, dessa maneira, 16,6% do total de testagens. Nas duas semanas anteriores, foram detectados, então, 8.775 (14,14%) e 6.912 (14,3%).

O levantamento também aponta que houve novo recorde de 77.031 testes positivos de Covid-19 realizados em farmácias na semana.

Até então, o pico havia sido registrado no fim de julho, com 66.685 testagens.

No acumulado desde abril, quando ocorreu a implantação do serviço, as farmácias computaram 1.226.732 atendimentos, sendo que o diagnóstico foi positivo em 176.914 (14,42%).

Aumento no número de testes positivos de Covid-19 nas farmácias

Cerca de catorze Estados apresentaram porcentuais de casos confirmados acima da média nacional, como Acre (com 27,28% dos testes positivos), Amazonas (26,68%) e Amapá (25,81%).

Também registraram médias maiores Ceará, Paraíba, Rio de Janeiro, Pará, Pernambuco, Bahia, Rondônia, Maranhão, Rio Grande do Norte, Paraná e Minas Gerais.

A Abrafarma reúne as 26 maiores redes de farmácias do País, que contam com mais de 8,3 mil farmácias em todos os Estados e no Distrito Federal.

Fonte: IstoÉ Dinheiro / Estadão Foto: Shuttesrtock


Palavras-chave , , , , , , ,
Mercado farmacêutico, Carreiras e oportunidades, Covid-19, Marketing Farmacêutico





GSK/ViiV Healthcare lança doc-reality sobre HIV na MTV

PFARMA

Em projeto inédito, pessoas que vivem com HIV vão compartilhar suas histórias de superação do estigma e discriminação

Rio de Janeiro, novembro de 2020 – Na próxima terça-feira, dia 1 de dezembro, é celebrado o Dia Mundial do HIV/AIDS. No Brasil, a pandemia da COVID-19 trouxe um desafio adicional no enfrentamento da doença, com a diminuição da testagem para o HIV. Segundo dados do Ministério da Saúde, até julho, houve um decréscimo de 17% no número de pessoas que iniciaram o tratamento na rede pública em comparação ao mesmo período do ano passado1.

Como uma das ações para aumentar a conscientização sobre o HIV, diagnóstico e combater o estigma e a discriminação, a GSK/ViiV Healthcare, ao lado dos coprodutores Vbrand e CineGroup, estreia na  MTV o doc-reality “Deu Positivo”, protagonizado por pessoas que vivem com HIV. Em três episódios, os participantes vão contar suas histórias reais permeando os temas indetectável = intransmissível, sorofobia e rede de afeto para levar informação à população.

“Ao longo dos anos, a GSK/ViiV Healthcare tem desenvolvido diversas ações para desmistificar questões em torno do tema HIV, especialmente para jovens, entre os quais há um aumento do número de infecções. Com a série “Deu Positivo”, mostramos através de histórias reais que é possível viver com HIV com qualidade de vida e não transmitir o vírus, desde que esteja em tratamento e com carga viral indetectável. Projetos como esse trazem à tona a importância do tema para o enfrentamento do HIV/AIDS no país”, comenta Gunnar Riediger, Diretor da Unidade de Negócios BioTech da GSK Brasil.

“Quando idealizamos o projeto sabíamos a relevância do entretenimento audiovisual para se conectar, de forma autêntica, com a geração Z, na sensibilização da causa do HIV. O resultado dessa jornada de cocriação, de brand entertainment na essência, é essa série emocionante” , explica Fernanda Menegotto, sócia-diretora da Vbrand.

Na estreia, o doc-reality conta a história de Victor Bebiano, um multiartista de 23 anos que, recentemente, tornou público que vive com HIV. Victor namora há dois anos com o cenógrafo e aderecista Guilherme Custódio, formando um casal sorodiscordante. Além do projeto visual encabeçado pelos dois, Victor decidiu gravar uma música e produzir um clipe que apresenta, em formato artístico, a pluralidade de corpos e rostos de pessoas que vivem com HIV. “Enquanto a gente não botar nossa cara e mostrar quem a gente é, mostrar os nossos corpos, nossos rostos, mostrar como a gente vive, as pessoas vão continuar mantendo aquele estereótipo do passado”, afirma ele.

“Nos enche de orgulho contar essas histórias, de estar ao lado dessas pessoas que, acima de tudo, são corajosas, são inspiradoras. E que certamente têm um papel fundamental na conscientização sobre o HIV/AIDS, não apenas no que diz respeito à transmissão do vírus, mas também por contribuírem na destruição da sorofobia a cada dia que passa” comenta Luciana Pires, produtora executiva da Cinegroup.

“A MTV sempre destacou a importância e se manteve envolvida em ações de prevenção ao HIV e, mais do que isso, com foco no combate ao preconceito que existe ao redor dessa questão ainda hoje. Entrar como parceiro desse projeto, reforça nosso compromisso em trazer esclarecimento e informação”, afirma Tiago Worcman, vice-presidente sênior de Marcas de Música e Entretenimento da ViacomCBS América Latina.

Além do doc-reality, a GSK/ViiV Healthcare promove ainda outras ações abordando a importância da testagem e o diagnóstico precoce, como a Campanha “Abrace a Positividade” com a participação de influenciadores para discutir sobre o tema. Outra iniciativa inédita será a Jornada Participathivos, um evento virtual no dia 03 de dezembro, que contará com a presença de profissionais de saúde e um participante do doc-reality “Deu Positivo”. A GSK/ViiV Healthcare também atua com apoiadora de projetos de terceiros para público leigo e profissionais de saúde sobre a conscientização do HIV e para a melhoria do cuidado às pessoas vivendo com HIV.

Sobre o HIV no Brasil

Um dos objetivos da GSK/ViiV Healthcare também é suportar a progressão dos indicadores em relação à meta 90-90-90 da UNAIDS no mundo todo, inclusive no Brasil. Dados do Relatório do Monitoramento Clínico do HIV publicado pelo Ministério da Saúde em 2019 mostram que, em 2018, das pessoas que vivem com HIV no Brasil, 85% já fizeram teste; destas, 78% estão em tratamento e, desse percentual, 93% apresentam supressão viral2.

  • 900 mil pessoas vivem com o vírus no Brasil2 e 87% das pessoas que iniciaram o tratamento em 2018 estão em uso do antirretroviral dolutegravir3;
  • O SUS oferece gratuitamente testes para diagnóstico de HIV. Existem, no Brasil, dois tipos de testes: os exames laboratoriais e os testes rápidos. Os testes rápidos são práticos e de fácil execução; podem ser realizados com a coleta de uma gota de sangue ou com fluido oral, e fornecem o resultado em até 30 minutos4;
  • O Brasil garante acesso universal ao tratamento para HIV e foi reconhecido pela ONU como referência mundial no controle da AIDS5;
  • Cerca de 731 mil pessoas que vivem com o HIV no país fazem uso da terapia antirretroviral em unidades da rede pública de saúde1;
  • Ainda há mais de 134 mil pessoas que ainda não sabem que estão infectadas pelo vírus2.

Doc-reality ‘Deu Positivo’

Estreia: 1º, 2 e 3 de dezembro, às 20h, só na MTV.

Nota de esclarecimento:  As gravações da série Deu Positivo respeitaram os protocolos de segurança de produções audiovisuais, as recomendações das autoridades de saúde e as normas vigentes do poder público para conter a pandemia do Covid-19 em 2020. Toda a equipe e os personagens participantes da série fizeram testes clínicos e todos os exames apresentaram resultado negativo.

Sobre a GSK ViiV Healthcare

A GSK é uma empresa global de saúde com foco em ciência e com um propósito especial de ajudar as pessoas a fazer mais, sentir-se melhor e viver mais. Temos três negócios globais que pesquisam, desenvolvem e fabricam medicamentos inovadores, vacinas e produtos de saúde. Somos uma das empresas de saúde mais inovadoras, confiáveis e com o melhor desempenho do mundo. Para mais informações, acesse www.gsk.com.br

A ViiV Healthcare foi criada em 2009, a partir de uma joint venture entre a GSK e a Pfizer, formando uma companhia global dedicada exclusivamente a tratamentos para o HIV. Em 2012, a japonesa Shionogi completou a sociedade. Atualmente, a GSK detém 76,5% de participação na empresa. Como líder em pesquisa e desenvolvimento de tratamentos para o HIV, a ViiV Healthcare possui operações em mais de 50 países. A GSK é o distribuidor da ViiV Healthcare no Brasil.

Referências:

  1. BRASIL. Ministério da saúde. Departamento de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis. OFÍCIO CIRCULAR Nº 16/2020/.DCCI/SVS/MS. Disponível em: <http://www.aids.gov.br/system/tdf/legislacao/2020/portarias_e_oficios_ministeriais/oficio_circular_n_16.2020.dcci_.svs_.ms_.pdf?file=1&type=node&id=67264&force=1>. Acesso em: 01 out. 2020.
  2. BRASIL. Ministério da Saúde. Departamento de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis. Relatório de Monitoramento Clínico do HIV 2019. Disponível em: <http://www.aids.gov.br/system/tdf/pub/2016/67063/relatorio_de_monitoramento_clinico2.pdf?file=1&type=node&id=67063&force=1> Acessado em: 01 out. 2020
  3. PASCOM AR. Ministério da Saúde. Experience with dolutegravir in first line. 1-18;2019.
  4. BRASIL. Ministério da saúde. Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis. Testagem. Disponível em: <http://www.aids.gov.br/pt-br/publico-geral/prevencao-combinada/testagem>. Acesso em: 28 ago. 2020.
  5. BRASIL. Ministério da Saúde. Ministério da Saúde. Departamento de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis. Boletim Epidemiológico de HIV/Aids 2019. Disponível em: <http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2019/boletim-epidemiologico-de-hivaids-2019>. Acesso em: 28 ago. 2020.

Palavras-chave , , , , , , , , , , , , , , ,
Laboratórios Farmacêuticos, Marketing Farmacêutico





Melhor empresa para trabalhar no setor Distribuição e Farmácias

Guia da Farmácia

A Farmacas recebeu o prêmio GPTW Saúde 2020, atingindo 92% de avaliação positiva entre seus colaboradores

A Farmacas foi premiada na 7ª edição do prêmio GPTW Saúde que a consagrou como sendo a melhor empresa para trabalhar no setor Distribuição e Farmácias, a premiação foi realizada no último 19 de novembro.

A primeira colocação na Great Place To Work (GPTW) é a consagração do trabalho da Farmarcas, ponto relevante é que o reconhecimento já acontece no primeiro ano em que a empresa buscou a certificação, comprovando a importância de se preocupar com os colaboradores.

“Ser a melhor empresa para trabalhar na categoria é fruto principalmente do reconhecimento dos colaboradores, que percebem os valores das ações da empresa, que na pesquisa da certificadora atingiu 92% de avaliação positiva. Isso comprova que estamos no caminho certo na forma de tratar as pessoas, com ações e políticas assertivas de recursos humanos. Na Farmarcas não tratamos os colaboradores como números, mas como pessoas, e isso surte resultado“, avalia o diretor administrativo e de recurso humanos da Farmarcas, André Costa.

O resultado também comprova que a empresa está alinhada com seu propósito, que é: Cuidar de pessoas para inspirá-las a escreverem sua melhor história.

“A Farmarcas nasceu acreditando na importância fundamental das pessoas, essa é a chave para sermos reconhecidos como a melhor e mais eficiente empresa de gestão de agrupamentos de drogarias do Brasil. A energia das nossas relações pessoais, aliada ao conhecimento e experiência de mercado, criam a oportunidade de gerar prosperidade”, analisa o presidente da Farmarcas, Edison Tamascia.

Farmarcas: prêmio GPTW Saúde

A obtenção desse reconhecimento levou em conta uma análise bastante profunda com uma pesquisa quantitativa e análise das práticas culturais da empresa.

“O objetivo dos recursos humanos da Farmarcas é buscar diariamente o melhor para nossa equipe, um ponto muito importante é o diálogo constante com os diretores e colaboradores, o que permite sempre o ajuste de rotas. Hoje podemos comemorar esse alto grau de excelência alcançado”, comemora a gerente de recursos humanos da Farmarcas, Viviane Alvarenga.

Contudo, segundo André Costa, apesar de comemorar o resultado, reforça que a obtenção de mais essa premiação colocação é tratada com naturalidade, não alterando o desafio diário de fazer da Farmarcas o melhor lugar para se trabalhar permanentemente.

Fonte: Farmarcas Foto: Febrafar


Palavras-chave , , , , , ,
Mercado farmacêutico, Marketing Farmacêutico





Quais os suplementos ideais para ganho de massa muscular em academia

Existem vários suplementos no mercado, e saber diferenciar suas aplicações pode se tornar um problema.

Um objetivo bastante comum é o ganho de massa muscular. Para que isso ocorra, os melhores produtos são os que contém proteínas ou que ajudam em sua produção.

Aproveite e veja uma lista completa desses produtos!

Leia mais ›
Mercado farmacêutico, Marketing Farmacêutico





Aplicativo de celular vai revolucionar a farmacinha caseira

Em um mundo cada vez mais conectado, os telefones celulares ganham cada vez mais funcionalidades. A é o primeiro aplicativo para Android no Brasil, que ajuda a gerenciar o consumo e o estoque de medicamentos em casa. Leva para o mundo virtual a popular “farmacinha doméstica”, trazendo benefícios para a vida real e ajudando as pessoas a terem mais controle sobre assuntos relacionados à própria saúde. Além de controlar o que tem em casa, para só comprar o que realmente precisa, o usuário também poderá associar este estoque a alarmes que avisam a hora de tomar os medicamentos.

A ideia surgiu do hábito de cuidar. Primogênita de quatro irmãos e hoje mãe e esposa, Laurelena Palhano, idealizadora do projeto, sempre foi muito zelosa por sua família e um dia, enquanto procurava por um analgésico deu de cara uma caixa cheia de medicamentos vencidos e duplicados – “trabalho há 20 anos na área de sustentabilidade e quando me deparei com essa situação, logo pensei no impacto econômico, ambiental e social que isso gerava..”, conta.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , ,
Mercado farmacêutico, Marketing Farmacêutico





Varejo farmacêutico registra R$ 1,09 bilhão de lucro líquido em 2019

(Texto atualizado em 26/08/2020 às 04:37 pm)

mercado farmaceutico

Margem de 2019 tem ligeira queda em relação ao ano anterior, mas Ebitda cresce e confirma eficiência operacional do setor.

As 26 maiores redes do varejo farmacêutico nacional, filiadas à Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), registraram um lucro líquido de R$ 1,09 bilhão, já descontada a provisão do Imposto de Renda. O valor correspondeu a uma margem de 2,04% sobre as vendas brutas, percentual ligeiramente inferior aos 2,34% de 2018. No entanto, o Ebitda passou de 5,70% para 6,46%.

Ainda de acordo com o levantamento, compilado pela Fundação Instituto de Administração da Universidade de São Paulo (FIA-USP), as vendas brutas aumentaram 8,9% e contabilizaram R$ 53,70 bilhões.

O custo de mercadoria, que antes equivalia a 67,56% desse montante, caiu para 67,16%. Em contrapartida, os impostos e contribuições diretas saltaram de R$ 1,7 bilhão para R$ 1,9 bilhão, enquanto as despesas operacionais chegaram a R$ 14 bilhões, contra R$ 12,9 bilhões de 2018.

“Por estar vinculada ao controle de preços de medicamentos pelo governo, a indústria farmacêutica pode ter diminuído a margem de negociações de custos com o varejo. Os números das grandes farmácias e drogarias, porém, vêm demonstrando uma sólida eficiência operacional e continua focado em novos investimentos”, argumenta Sergio Mena Barreto, CEO da Abrafarma. “O setor conseguiu adequar seus valores e estruturas e, com essa decisão, garantiu a retenção dos consumidores e a manutenção dos indicadores positivos de vendas”, acrescenta.

CATEGORIA

RESULTADO 2019

Vendas brutas

R$ 53.701.157.192,52

Custo de mercadoria

R$ 36.068.193.899,70

Despesas operacionais

R$ 14.016.219.272,61

Impostos e contribuições

R$ 1.960.335.413,43

Resultado Operacional

R$ 2.264.614.146,46

Lucro antes da provisão do IR

R$ 1.227.184.972,77

Lucro após a provisão do IR

R$ 1.094.662.159,97

Margem de lucro

2,04%

* Fonte: FIA-USP


Palavras-chave , , , , , , ,
Indústria farmacêutica, Marketing Farmacêutico





Cimed fabricará álcool gel 70% para doação

Cimed fabricará álcool gel 70% para doação

(Texto atualizado em 03/08/2020 às 11:23 am)

Primeiro lote do antisséptico terá 250 mil unidades. Linha de produção de higiene e beleza foi deslocada para essa funçãoA Cimed, quarta maior farmacêutica do país, direcionará uma de suas linhas de manufatura para a produção de álcool gel 70%. O lote inicial, com 250 mil unidades, será doado a seus quase cinco mil colaboradores e respectivas famílias, à população da região de Pouso Alegre – MG (cidade que abriga a fábrica da empresa) e às Unidades Básicas de Saúde (UBS) do estado de Minas Gerais.

Em medida anunciada pelo governo federal ontem, 19 de março, as UBSs passarão a receber a maior parte das pessoas com sintomas leves do novo Coronavírus (Covid-19). A medida foi tomada para desafogar os hospitais que precisam focar o atendimento nos casos graves da doença. Além disso, Minas Gerais antecipou a campanha de vacinação contra a influenza. O objetivo é ajudar profissionais de saúde na triagem de casos para o novo coronavírus. Assim, com o aumento do fluxo nas UBS do estado, a Cimed entende que o álcool gel poderá contribuir na proteção e segurança das pessoas nesses locais.

Cimed doa álcool em gel

A farmacêutica, consciente da importância de ações preventivas e da atual necessidade do sistema de saúde, vai continuar produzindo os medicamentos tão necessários nessa época de pandemia. Por isso, uma das linhas de produção da divisão de higiene e beleza será liberada para a fabricação do álcool gel. Assim, a companhia se compromete com a população, e garante que a sua produção não será prejudicada.

A entrega do antisséptico será de inteira responsabilidade da empresa. Com isso, a Cimed vem reforçar que, como uma das principais representantes do setor, tem papel essencial e fundamental para a saúde pública. Atualmente, a companhia fabrica 650 produtos. O álcool gel será integrado a esse portfólio.

Sabendo também da sua responsabilidade em relação a seus colaboradores, a empresa comunica, ainda, que tem um sólido plano de contingência para os trabalhadores da fábrica, bem como das áreas de logística e de atendimento às farmácias. Medidas essas que visam a segurança ao obedecer as recomendações dos órgãos de saúde competentes.

Foto: Shutterstock Fonte: Cimed


Palavras-chave , , , , ,
Mercado farmacêutico, ANVISA, Marketing Farmacêutico





Uma farmácia em Santa Maria Novella

Segredos de Florença: a farmácia da Santa Maria Novella

(Texto atualizado em 27/05/2020 às 03:09 pm)

A história do estabelecimento começa em 1221, quando frades dominicanos começaram a preparar remédios, bálsamos e pomadas com as ervas que eram cultivadas em seus jardins – uma atividade bastante comum naquela época. Pouco a pouco, os produtos medicinais se tornaram famosos fora dos muros do monastério e em 1612 a farmácia da Basilica di Santa Maria Novella abriu suas portas para o público.

 (Officina Profumo-Farmaceutica Santa Maria Novella/Divulgação)

 (Officina Profumo-Farmaceutica Santa Maria Novella/Divulgação)

Querida pela família Medici, a marca não demorou a se tornar famosa em outros países. Um de seus produtos mais emblemáticos, o perfume L’Acqua della Regina, foi criado especialmente para Catarina di Medici usar no dia de seu casamento com Henrique II, o então rei da França. A farmácia passou a ser uma propriedade privada em 1817, mas esse e outros itens ainda são fabricados seguindo a mesma fórmula de centenas de anos atrás.

Reserve seu hotel em Florença 

Como já era de se esperar, usar os produtos da antiga realeza italiana, que vêm em embalagens vintage, não é barato. As pastilhas saem por € 5, os sabonetes por € 10, os pot-pourri (misturas de pétalas secas que perfumam o ambiente) por € 15 e as eau de toilette por € 80. E a lista continua com incensos, velas, espumas de barbear, pomadas…

 (Officina Profumo-Farmaceutica Santa Maria Novella/Divulgação)

 (Officina Profumo-Farmaceutica Santa Maria Novella/Divulgação)

Mesmo que você saia de mãos vazias, vale a pena visitar a loja antes ou depois de conhecer a Basilica di Santa Maria Novella. O belíssimo salão principal costumava ser uma capela, com afrescos representando os continentes, e todo o mobiliário de madeira é o mesmo do século 17. Além disso, há ali uma biblioteca com afrescos da Paixão de Cristo e um museu com os utensílios e maquinários que eram usados na fabricação dos produtos.

A Officina Profumo-Farmaceutica di Santa Maria Novella fica no número 16 da Via della Scala, a três minutinhos a pé da igreja. Aberta diariamente das 09h00 às 20h00.

Mais dicas e fotos no Instagram: @barbara.ligero


Palavras-chave , , , ,
Marketing Farmacêutico





AbbVie conclui processo de aquisição da Allergan

AbbVie conclui processo de aquisição da Allergan

Portfólio robusto de produtos já consolidados no mercado e moléculas em pesquisa bem posicionadas para crescimento sustentado por longo prazo

A AbbVie (NYSE: ABBV), companhia biofarmacêutica global baseada em pesquisa, anunciou que concluiu processo de aquisição da Allergan PLC após a aprovação regulatória de todas as autoridades governamentais para o acordo de compra, incluindo a Suprema Corte da Irlanda, país de origem da Allergan.

“Estamos bastante satisfeitos com esta importante conquista para a companhia, para seus colaboradores, acionistas e pacientes aos quais servimos”, afirmou Richard A. Gonzalez, CEO da AbbVie. “Cumprimentamos nossos novos colegas da Allergan, assim como nossos colaboradores, por este momento transformador para nossa companhia.  A nova AbbVie será uma empresa líder, diversificada em várias categorias terapêuticas importantes, tanto pelos medicamentos já consolidados quanto pelas moléculas em pesquisa; nosso fortalecimento financeiro permitirá o investimento contínuo em ciência inovadora e a busca por suprir necessidades médicas não atendidas de pacientes que confiam em nós.  Tenho orgulho de ambas as organizações e estou ansioso pelas oportunidades futuras.”

“Esta aquisição nos consolida como uma das principais companhias biofarmacêuticas no Brasil e reforça nossa liderança local em áreas terapêuticas-chave. A empresa combinada amplia nosso compromisso com os pacientes e a saúde dos brasileiros, por meio do desenvolvimento de novas opções de tratamento, investimento contínuo em educação médica e soluções para a sustentabilidade de nossos sistemas de saúde”, afirma Camilo Gomez, Vice-Presidente e Gerente Geral da AbbVie no Brasil.

Bem posicionada para crescimento de longo prazo em áreas terapêuticas-chave

A transação expande e diversifica de forma significativa a base de receita da AbbVie e complementa posições de liderança globais existentes em Imunologia, com Humira®, com os recém lançados Skyrizi TM e RinvoqTM; em Onco-Hematologia, com Venclexta®. A Allergan traz novas oportunidades de crescimento em Neurociência com Botox® Terapêutico, e também com a unidade global de Estética Médica, com marcas líderes, incluindo Botox®, CoolSculpting® e Juvederm®.

Este portfólio diversificado direciona o crescimento da AbbVie para atingir aproximadamente  US$30 bilhões em faturamento para o ano de 2020, com a receita combinada de cerca de US$50 bilhões. Esta operação também posiciona a companhia para um maior crescimento a longo prazo, com investimento crescente em pesquisa em cada uma de suas categorias terapêuticas.

A AbbVie espera fornecer uma previsão atualizada de expectativa financeira para a nova companhia no informe do balanço do segundo trimestre. As ações ordinárias da Allergan não mais serão comercializadas na Bolsa de Nova York a partir do encerramento do pregão de hoje.

AbbVie doa US$35 milhões em apoio às ações para minimizar o impacto da Covid-19

Foto e fonte: AbbVie


Palavras-chave , , , ,
Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica, Marketing Farmacêutico





Vendas on-line do setor farmacêutico devem crescer 36,3% em abril com pandemia e quarentena do coronavirus

Vendas on-line do setor farmacêutico devem crescer 36,3% em abril

Empresa especializada em integrar sistemas na América Latina observa crescimento em transações neste segmento após o início da quarentena

A preocupação com a pandemia de coronavírus e a necessidade de isolamento social fizeram um setor específico registrar aumento de vendas: o farmacêutico. As vendas on-line dessas empresas dispararam após a quarentena, de acordo com dados da empresa de tecnologia Wevo. 

Projetando as vendas dos primeiros dias de abril ao longo do mês, a empresa espera um crescimento de 36,3% nas vendas de seus clientes do setor farmacêutico na comparação com os meses de janeiro e fevereiro de 2020, antes da pandemia do coronavírus.  

Na comparação com março, que já havia crescido 13,5%, marcou o início da quarentena na grande maioria dos estados e municípios do país e remodelou o varejo como um todo, as vendas on-line do setor farmacêutico cresceram 20,3%.  

Entre os fatores que explicam esse crescimento contínuo no canal digital estão o isolamento social, a preocupação dos brasileiros durante a pandemia bem como a recomendação de higienização constante e de prevenção em relação à saúde, com aumento na busca por medicamentos e itens de higiene.  

“Com a vigência da quarentena, o nosso radar segue funcionando para identificar mudanças e tendências nas áreas de atuação dos nossos clientes no comércio eletrônico. Com o fluxo de dados proporcionado por esta situação atípica, podemos entregar inteligência para a tomada de decisão”, explica Diogo Lupinari, CEO e cofundador da Wevo.

Fonte: WEvo


Palavras-chave , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico, Marketing Farmacêutico





Material obrigatório do Farmácia Popular 2021

(Texto atualizado em 08/03/2021 às 04:26 pm)

Detalhes  sobre o material obrigatório que deve ser utilizado por cada farmácia credenciada ao Farmácia Popular para o ano de 2021.

A participação das farmácias e drogarias privadas na parceria/convênio com o governo, através do programa Aqui Tem Farmácia Popular, é regida por uma série de exigências e regras. Entre os requisitos está a exibição do material de comunicação oficial confeccionado pelo Governo Federal.

É de uso obrigatório: cartaz com preços atualizados e banner oficial.

Cartaz com preços obrigatório

Clique para abrir ver os cartazes de preço do Farmácia Popular por estado

Exemplo de cartaz

Essa é a peça obrigatória que deve ser mantida dentro da farmácia afixada em um local que seja visível para o paciente ou cliente, é o cartaz oficial do Farmácia Popular, que reúne os preços e todos os itens participantes.

O Ministério da Saúde fornece o arquivo do cartaz, que deverá ser confeccionado no tamanho correto, que é o de 46cm por 64cm.

Com a recente mudança de preços do Farmácia Popular, o cartaz de preços agora foi dividido conforme o estado. Para acessar o cartaz obrigatório atualizado de 2021, com os preços para seu estado, acesse aqui.

Leia mais ›


Palavras-chave , , ,
Farmácia Popular, Marketing Farmacêutico





Fleury Medicina e Saúde implanta Centro de Infusão

Fleury Medicina e Saúde implanta Centro de Infusão

O conforto e praticidade que as unidades do Fleury Medicina e Saúde proporcionam na hora de realizar exames estenderam-se também para quem necessita de tratamentos por meio de medicações intravenosas ou subcutâneas. As unidades Fleury Morumbi e Itaim passam a contar com Centro de Infusões para a aplicação de medicamentos destinados a pacientes com doenças inflamatórias autoimunes em várias áreas da Medicina.

Com equipe multidisciplinar e especializada nas terapias disponíveis, o Centro de Infusões oferece o suporte e segurança necessários ao paciente durante as aplicações. “Além da infusão tradicional, entregamos a supervisão médica e o laudo completo para que o médico do paciente possa consultar e saber, com detalhes, como transcorreu a infusão”, afirma o Dr. Luis Eduardo Coelho Andrade, assessor médico em Imunologia e Reumatologia do Fleury Medicina e Saúde. “É como se o médico tivesse participado à distância de todo o procedimento”, ressalta. Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , ,
Indústria farmacêutica, Marketing Farmacêutico





Hora de climatizar a farmácia pois o verão bate à sua porta

(Texto atualizado em 02/09/2019 às 11:07 am)

Com verões cada vez mais quentes, o varejista deve estar o tempo todo atento à climatização da drogaria. Lojas quentes e abafadas afastam o consumidor; lojas climatizadas, ao contrário, são convidativas, levando o cliente a permanecer por mais alguns minutos. Durante esse tempo, as chances de ele comprar mais algum item são grandes, o que, no fim das contas, vai elevar o tíquete médio do ponto de venda.

“A climatização gera conforto para usuários e funcionários dos ambientes de varejo, além de melhor preservar as mercadorias do ambiente da farmácia”, diz o presidente do Departamento Nacional de Empresas Projetistas e Consultores, da Associação Brasileira de Refrigeração, Ar-condicionado, Ventilação e Aquecimento (ABRAVA), o engenheiro Mário Sérgio de Almeida.

Segundo o especialista, as farmácias devem atender às recomendações da ABNT NBR 16401, principalmente no que se refere à qualidade do ar interior. A norma traz recomendações sobre parâmetros de temperatura, umidade relativa do ar, renovação de ar interior, velocidade do ar, filtragem do ar ambiente, além de outros importantes itens.
Leia mais ›


Palavras-chave , , ,
Marketing Farmacêutico





Abrafarma repudia projeto que libera medicamentos fora de farmácias

Projeto é de autoria do senador Flávio Bolsonaro

O projeto de lei 3589/2019, apresentado no último dia 18 de junho à Comissão de Assuntos Sociais do Senado e de autoria de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), coloca em xeque a segurança na venda de medicamentos ao transformá-los em mercadorias comuns, o que gerou repúdio de entidades do setor, como a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma).

O texto propõe a venda indiscriminada de medicamentos isentos de prescrição (MIPs) em outros estabelecimentos comerciais, fora de farmácias.

Leia mais ›

Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica, Marketing Farmacêutico





Sanfarma investe R$ 13 milhões em estratégia de expansão da marca no País

(Texto atualizado em 14/08/2019 às 12:41 pm)

As estratégias de crescimento da Sanfarma estão focadas em infraestrutura, maquinário e desenvolvimento de produtos

A indústria farmacêutica Sanfarma se destacou no relatório Close-Up Internacional. A pesquisa revelou que a empresa cresceu 30% no último ano e a destacou como uma das 15 maiores corporações do segmento não medicamentos. Com mais de 4,5 milhões de produtos vendidos, a corporação conquistou a 3ª posição no ranking das marcas mais vendidas do Brasil.

Crescimento e estratégias da Sanfarma

Com perspectiva de superar o faturamento de 2018 e chegar aos R$ 45 milhões em 2019, a Sanfarma estabeleceu estratégias. O foco dessas estratégias é a infraestrutura, o maquinário e o desenvolvimento de produtos para a conquista de suas metas e o crescimento no território nacional. Aliás, nos últimos meses, a empresa investiu mais de R$ 13 milhões com esse intuito.

Além disso, uma das estratégias do CEO da Sanfarma, Luciano Biagi é a construção de um novo centro de distribuição da empresa. O centro será implantado no Nordeste do Brasil. O objetivo é facilitar o escoamento da linha de produção para aquela região. Enquanto isso, é finalizada a nova unidade fabril na cidade de Americana, em São Paulo. A região já contempla o parque industrial. Sendo assim, esta segunda fábrica funcionará exclusivamente para a elaboração de novos produtos.

Fonte: Guia da Farmácia

Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica, Carreiras e oportunidades, Marketing Farmacêutico





Lupa de Ouro reconhece os talentos da indústria farmacêutica

Lupa de Ouro reconhece os talentos da indústria farmacêutica

(Texto atualizado em 16/08/2019 às 12:27 pm)

Na última quinta-feira, 25 de outubro, ocorreu a entrega do Prêmio Lupa de Ouro, que reconhece os profissionais do marketing farmacêutico que desenvolveram os melhores projetos e campanhas em 2018.

Em sua 42ª edição, o evento foi promovido pelo Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos (Sindusfarma) e contou com a presença de mais de 800 participantes, em cerimônia realizada no Tom Brasil, em São Paulo.

 

Na edição deste ano, o Lupa introduziu a categoria especial Performance Empresarial Genéricos, vencida pelo Grupo NC Farma. Já a de Melhor Performance de Vendas e o prêmio Excelência em Marketing Adalmiro Baptista ficaram para o Aché. O Lupa de Ouro também contou com show da cantora Iza e patrocínio da Pharmexx, entre outros. Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , , , ,
Marketing Farmacêutico





Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





Do NOT follow this link or you will be banned from the site!

📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: