Arquivo do blog

Anvisa atualiza Lista de Substâncias sob Controle Especial da Portaria nº 344

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou, no último dia 22.08, Resolução de Diretoria Colegiada que atualiza o Anexo I (Listas de Substâncias Entorpecentes, Psicotrópicas, Precursoras e Outras sob Controle Especial) da Portaria SVS/MS nº 344, de 12 de maio de 1998.

Para acessar a RDC na íntegra, clique aqui.


Palavras-chave , , , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico





Farmácias tem Whatsapp bloqueado, Justiça exige reativação

Juiz estipulou um prazo de 15 dias para o Facebook cumprir a decisão. Em caso de descumprimento, a empresa terá de pagar R$ 100 por dia a cada número de celular

Após quase 600 farmácias terem suas contas no WhatsApp suspensas, a Justiça determinou ao Facebook a restituição dos estabelecimentos no aplicativo de mensagens. Recentemente, a gigante de tecnologia suspendeu contas de tatuadores e, posteriormente, de farmácias. Os afetados alegaram que não receberam aviso prévio nem uma justificativa do motivo da decisão.

Segundo a Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (Anfarmag), o movimento de suspensão foi intensificado a partir de 7 outubro. Com o objetivo de conversar com os clientes e trocar informações entre os funcionários, as farmácias utilizavam a versão corporativa do aplicativo: o WhatsApp Business. Leia mais ›


Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico





Palestras sobre cuidado farmacêutico do CRF-SP

Público no plenário do CRF-SP durante o ciclo de palestras Farmacêutico Especialista

O Ciclo de Palestras “Farmacêutico Especialista” voltou a ser realizado na última quarta-feira, 17, com o tema Cuidados Farmacêuticos em Pacientes Hepatopatas. A apresentação ficou a cargo do Dr. Michel Silva Dantas, farmacêutico clínico da unidade de terapia intensiva e membro da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital Estadual de Francisco Morato, na Grande São Paulo.
Leia mais ›


Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico





Substâncias tóxicas do plástico e silicone da mamadeira contaminam o leite

Substâncias tóxicas do plástico e silicone da mamadeira contaminam o leite

Um estudo feito pela Unicamp, a Universidade de Campinas, mostra que o uso de mamadeiras pode prejudicar a saúde das crianças. Pesquisadores avaliaram 200 mamadeiras de seis marcas e descobriram que há contaminação das substâncias tóxicas do silicone e do plástico na bebida armazenada.

O autor da pesquisa é doutor em ciência de alimentos, Wellington da Silva Oliveira que durante quatro anos avaliou as mamadeiras. A ideia era checar- desde que o material Bisfenol A foi proibido de ser utilizado na fabricação de mamadeiras- se as substituições eram seguras. A proibição do BPA foi determinada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) há sete anos, e a atual pesquisa comprovou que as substituição não são seguras.

“Eliminou o Bisfenol A, mas nós temos outros contaminantes que podem ser tão problemáticos quanto o bisfenol A”, comenta o pesquisador. Os componentes tóxicos presentes na mamadeira aumentam as chances das crianças desenvolverem doenças como câncer e disfunções no sistema reprodutor. Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , , ,
Mercado farmacêutico





Encontro reúne jovens para debater legados farmacêuticos

5º Encontro de Jovens Farmacêuticos ocorreu no auditório da Faculdade Ibeco, na capital

(Texto atualizado em 25/10/2019 às 10:15 am)

O Comitê Jovem do CRF-SP realizou no sábado (20), no auditório da Faculdade Ibeco, na capital, o 5º Encontro de Jovens Farmacêuticos. Nesta edição, o evento destacou o tema “Legados Farmacêuticos – Como Construir sua Carreira Profissional”, com a participação de farmacêuticos experientes contando suas trajetórias de sucesso em áreas distintas da profissão como farmácia magistral, indústria, cuidados em diabetes e análises clinicas, além de assuntos ligados ao desenvolvimento pessoal como liderança e competências que o mercado busca para contratar farmacêuticos.

O Dr. Thomas Waeny Correa, coordenador do Comitê Jovem, foi o mestre de cerimônias, apresentou as atividades do Comitê para o público e sua importância para os jovens farmacêuticos, além de destacar os ensinamentos oferecidos no evento. “Os palestrantes são profissionais bem-sucedidos, mas nem sempre foi assim, conquistaram muitas coisas, mas também tiveram muitas perdas. São pessoas que têm personalidades e características muito diferentes entre si, mas têm uma coisa em comum, que é a forma de pensar, pois nunca desistiram e sempre acreditaram que conseguiriam o que buscavam”, ressaltou.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico





Atenção, farmacêuticos: Anvisa revisa regras para troca de medicamentos biológicos na dispensação

Atenção, farmacêuticos: Anvisa revisa regras para troca de medicamentos biológicos na dispensação

Nesta quinta-feira, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou uma nova nota! Embora a Agência não tenha alterado sua posição sobre o uso de medicamentos biossimilares, ela esclareceu alguns pontos importantes sobre o tema.

Para tal, a Anvisa revisou a Nota de Esclarecimento 003/2017/GPBIO/GGMED/ANVISA, divulgada em 2017. A nota revisada traz de forma mais clara o emprego de alguns conceitos referentes à intercambialidade e à substituição entre medicamentos biossimilares e produtos comparadores, além de explicar melhor quais outros aspectos adicionais precisam ser considerados em um cenário em que a troca ou substituição de um produto por outro é vislumbrada. Descubra o que se manteve:

  • Visão de que a avaliação médica e a adequada atenção farmacêutica são imprescindíveis no caso de trocas de produtos biossimilares e comparadores;
  • Necessidade do monitoramento adequado pós-mercado dos pacientes que utilizaram esses produtos.

O que mudou?

  • Esclarece alguns conceitos relativos à intercambialidade e substituição entre medicamentos biossimilares e produtos comparadores;
  • Explica aspectos adicionais que devem ser levados em consideração na troca ou substituição de um produto por outro.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico





MPF-GO consegue condenação de envolvido em fraude contra o programa Farmácia Popular

Em sentença do último dia 8 de agosto, a Justiça Federal em Goiás, na capital, julgou procedente denúncia do Ministério Público Federal (MPF) para condenar Márcio Francisco Alves pelo crime de estelionato praticado contra o Fundo Nacional de Saúde (FNS), do Ministério da Saúde. Márcio fraudou o sistema do programa Farmácia Popular para obter vantagens indevidas para si.

De acordo com as investigações, no período de março a outubro de 2015, no município de Senador Canedo/GO, Márcio Alves simulou a distribuição de medicamentos pelo programa Farmácia Popular, utilizando a farmácia da qual era o único proprietário e administrador de fato. Com isso, obteve para si, indevidamente, mais de R$ 192 mil, em valores atualizados, em prejuízo do FNS.

Leia mais ›

Mercado farmacêutico





CFF abre Consulta Pública sobre Cuidado Farmacêutico nos Suplementos Alimentares

(Texto atualizado em 22/10/2019 às 06:33 pm)

O Plenário do Conselho Federal de Farmácia (CFF), reunido em Brasília/DF, durante a 474ª Sessão Plenária realizada nos dias 27 e 28 de setembro de 2018, no primeiro dia deliberou, por unanimidade, submeter à Consulta Pública (nº 05/2018), a proposta de elaboração de uma Proposta de Resolução que dispõe sobre o cuidado farmacêutico relacionado a suplementos alimentares e demais categorias de alimentos na farmácia comunitária, consultório farmacêutico e estabelecimentos comerciais de alimentos.

As opiniões e sugestões devem ser encaminhadas em formulário próprio até o dia 12 de outubro de 2018


Palavras-chave , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico





Serviços clínicos nas farmácias crescem 62%

Desde o lançamento do programa de Assistência Farmacêutica Avançada pela Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), em 2014, as salas clínicas vêm registrando um crescimento exponencial.

Só no primeiro semestre deste ano, o número de consultas para serviços farmacêuticos aumentou 62% em relação ao mesmo período de 2018. Foram realizados 862.623 atendimentos. As grandes redes que integram o projeto já contabilizam 2.964 espaços do gênero, um incremento de 9,4%.

As maiores concentrações de salas estão no Sul e Sudeste do país, sendo 1.029 salas em São Paulo, 418 em Minas Gerais, 273 no Rio Grande do Sul e 259 no Paraná. Mais de 7.800 farmacêuticos atuam no atendimento dos serviços farmacêuticos, média de 2,6 por farmácia. “As salas clínicas começaram a mudar a realidade do acesso à saúde, ao estimularem a adesão aos tratamentos e colocarem os farmacêuticos na linha de frente nesse processo”, ressalta Cassyano Correr, coordenador do programa.

Entre os serviços mais demandados, destaque para o testes de colesterol e  de perfil lipídico, que são realizados por mais de 300 farmácias em todo o Brasil. “Apesar de ainda não contar com uma regulamentação específica por parte da Anvisa, mas respaldados pela Lei 13.021/2014, os testes laboratoriais remotos (TLR) também são serviços que registram elevada procura por parte da população”, finaliza Correr.

Debate na Câmara

A situação da assistência farmacêutica no país, inclusive, será tema de um debate na Subcomissão Permanente da Saúde da Comissão de Seguridade Social e Família, na próxima quinta-feira, dia 29. O evento foi proposto pelos deputados Dr. Frederico, que também é relator do colegiado, e Pastor Gildenemyr. Representantes do Ministério da Saúde, da Anvisa e dos conselhos de Medicina e Farmácia foram convidados para participar da audiência, que acontecerá a partir das 9h30.

Fonte: Panorama Farmacêutico

Mercado farmacêutico





Variação de preço supera 2.200%

A diferença de preços entre os medicamentos genéricos pode chegar a 2.258,82% nas farmácias de Campinas. Já entre os medicamentos de referência, a maior variação pode atingir 79,23%.

Estas foram as maiores diferenças entre medicamentos da mesma formulação e mesmo fabricante encontradas na pesquisa do Procon de Campinas em nove farmácias de grande movimento, nos dias 22 e 23 do mês passado.
Vale destacar que a pesquisa não considerou o desconto vinculado ao Programa Farmácia Popular. Outro critério adotado na pesquisa foi utilizar como preço o valor com desconto máximo para o cliente, independentemente da exigência de cadastro do consumidor. O Procon considerou como cliente comum aquele que não possui nenhuma condição especial (aposentado, empresas, planos conveniados, etc.).

Leia mais ›

Mercado farmacêutico





Piracicaba realiza Fórum Regional de Saúde Pública – CRF-SP

Pedro Kawai, Dra. Claudia Carias, Dra. Luciana Canetto e Gilmar Rotta

Pedro Kawai, Dra. Claudia Carias, Dra. Luciana Canetto e Gilmar RottaA Comissão de Saúde Pública da seccional de Piracicaba do CRF-SP realizou na terça-feira (23) o III Fórum Regional de Saúde Pública de Piracicaba – “O farmacêutico além da Dispensação”, evento que reuniu representantes do poder público e profissionais da saúde pública para debater o atual contexto da assistência farmacêutica e encontrar soluções para a gestão da saúde pública municipal. O encontro foi aconteceu no auditório da Associação Paulista de Medicina, em Piracicaba.

A diretoria do Conselho foi representada pela Dra. Luciana Canetto, secretaria geral do CRF-SP e profissional atuante na saúde pública de Piracicaba há 21 anos. Ela participou da mesa de abertura do evento ao lado da delegada regional de Piracicaba, Dra. Claudia Carias, e dos vereadores Pedro Kawai e Gilmar Rotta, representantes do poder legislativo piracicabano.

Canetto apresentou as ações que o CRF-SP tem realizado para promover e valorizar o profissional farmacêutico do setor público. Ela entende que, com as novas legislações, os rumos da assistência farmacêutica também mudaram. “A gente colocou a casa em ordem, mas é preciso ir além. O paciente e a população esperam mais e a gente precisa se preparar para este novo tempo. O CRF-SP tem investindo muito na capacitação do profissional do setor público, reafirmado sua importância na judicialização e com seu conhecimento da política de assistência farmacêutica”, comentou.

A Dra. Claudia Carias, delegada regional do CRF-SP em Piracicaba, agradeceu a presença do público composto por farmacêuticos de cidades da região e, em especial, aos membros da comissão de saúde pública, que organizaram o evento. “Na rotina do nosso trabalho a gente sente a necessidade de promover discussões para que a gente leve alguma forma de fazer melhor o serviço que prestamos a nossos pacientes”, afirmou. Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico





Planejamento é segredo para o sucesso da farmácia

O sucesso da farmácia está inteiramente ligado ao planejamento e a excelência nas atividades realizadas. Quando falamos de excelência, isso deve englobar todos os aspectos da drogaria. O departamento de compras, a negociação, a reposição de produtos, a organização da loja, o atendimento e os processos da loja.

Além disso, é preciso levar em conta a análise dos indicadores. Com eles é possível alinhar os resultados e atuar no que pode ser melhorado.

Uma drogaria não pode ser conduzida apenas pelo faro do gestor. É preciso ter planejamento, estratégia, e os dois juntos nortearão um caminho sustentável para o sucesso da farmácia.

Leia mais ›

Mercado farmacêutico





Estratégias para aumentar o número de clientes da drogaria

Desde a inauguração da loja, o empresário busca sempre aumentar o número de clientes da drogaria. Para isso é preciso ter uma loja bem organizada. Um bom atendimento, variedade de produtos e visual agradável da farmácia são fatores que influenciam na decisão de compra do cliente.

Para se destacar no mercado, a loja precisa chamar a atenção dos consumidores para as vantagens e benefícios oferecidos. Apenas anunciar promoções com preço baixo não é suficiente para aumentar o número de clientes da drogaria. A loja precisa proporcionar uma ótima experiência de compra ao cliente.

Leia mais ›

Mercado farmacêutico





CRFs do Brasil: lista com telefones e endereços

Por meio de reivindicações em convenções e congressos pelo país, órgãos do setor farmacêutico, obtiveram o apoio de líderes do governo para a criação do Conselho Federal de Farmácia, e em 1960 através da Lei nº 3.820, foi criado o CFF e os Conselhos Regionais de Farmácia, sendo estes dotados de personalidade jurídica, de direito público, com autonomia administrativa e financeira. São destinados a zelar pelos princípios da ética e da disciplina da classe dos que exercem qualquer atividade farmacêutica no Brasil.  

As atribuições do Conselho Federal de Farmácia envolvem a expedição de resoluções que definem e modificam atribuições dos profissionais; propulsão de modificações em relação às regulamentações do exercício profissional; ampliar o limite de competência do exercício profissional entre outras questões.

O CFF

Conselho Federal de Farmácia é o principal e primeiro conselho efetivado. Todas as atividades profissionais exercida por farmacêuticos, no Brasil, está sob a jurisdição do Conselho, que regulamenta e disciplina o seu exercício, com base na Lei 3.820, assinada, no dia 11 de novembro de 1960, pelo Presidente Juscelino Kubitschek. O CFF está localizado no SHIS QI 15 Lote L – Lago Sul – Brasília-DF – CEP: 71.635-200. Telefone: (61) 3878-8700 Leia mais ›


Palavras-chave , ,
Mercado farmacêutico





Saiba como ter um diferencial no varejo farmacêutico

Ter um diferencial no varejo farmacêutico é fundamental para se destacar em meio a um mercado tão competitivo. Bom atendimento, preço e um visual atrativo são aspectos obrigatórios para qualquer negócio.

Um diferencial capaz de destacar a farmácia da concorrência só é possível se o empresário ficar atento ao seu negócio e às inovações em sua área de atuação.

A escolha do diferencial para a drogaria deve ser feita durante o planejamento do negócio e tudo precisa estar bem definido antes de inaugurar a loja.

Leia mais ›

Mercado farmacêutico





Mortos ‘compravam’ medicamentos em drogaria que fraudava Farmácia Popular

(foto: Reprodu

O dono de uma drogaria de Fernandpolis, interior de So Paulo, fornecia medicamentos at para pessoas j mortas para fraudar o Programa Farmcia Popular, do governo federal, que oferece remdios subsidiados ou de graa a pessoas carentes. Funcionrios da drogaria tambm estavam entre os principais beneficirios dos remdios gratuitos, cujo valor era ressarcido pelo programa farmcia. O proprietrio da Drogaria So Jorge, em Fernandpolis, interior de So Paulo, foi denunciado pelo Ministrio Pblico Federal por fraudes que resultaram no desvio de R$ 745 mil em dois anos.

Conforme apurao feita pelo Departamento Nacional de Auditoria do Sistema nico de Sade (Denasus), o dono da drogaria usou nomes e nmeros do CPF de pessoas j mortas como supostos beneficirios, para alimentar o sistema eletrnico do programa, que ento autorizava a liberao dos repasses indevidos. Atendentes da prpria farmcia, identificados como pessoas saudveis, recebiam remdios gratuitos ou subsidiados para tratar diabete, presso alta e asma.

O dono usou ainda prescries mdicas que no foram reconhecidas como autnticas pelos profissionais de sade, com assinaturas ilegveis, sem data e sem indicao de dosagem do medicamento. As receitas no continham o endereo dos pacientes, como exige o Ministrio da Sade.

As supostas fraudes aconteceram entre 2013 e 2015 e, na apurao, o denunciado no apresentou as notas fiscais de aquisio dos medicamentos. Assim, no conseguiu comprovar que os remdios haviam sido de fato adquiridos pela drogaria, o que levou a investigao a concluir que no havia estoque suficiente para atender as vendas relatadas. “Nesse diapaso, vendia-se at mesmo o que no se possua e recebia-se a parte correspondente do governo federal, em insidioso locupletamento”, ressalta a denncia do MPF de Jales.

Na ao cvel, alm da condenao do dono da drogaria, o MPF pede a restituio dos R$ 745 mil ao Fundo Nacional de Sade, a suspenso dos direitos polticos e a proibio de contratar com o poder pblico ou receber benefcios fiscais. Criminalmente, o empresrio foi denunciado por estelionato, com pena prevista de cinco anos de recluso, aumentada em um tero pelo crime praticado contra entidade de direito pblico.

A reportagem entrou em contato por telefone com a drogaria na tarde de quarta e nesta quinta-feira, 25. Funcionrios informaram que o proprietrio estava em viagem. Disseram ainda que desconheciam as denncias e que a farmcia no tem advogado. Ele foi procurado tambm pelo celular registrado em seu nome, mas no deu retorno aos contatos.

O Ministrio da Sade informou que, em maro deste ano, confirmou as irregularidades por auditoria do Denasus e descredenciou a Drogaria So Jorge do Programa Farmcia Popular. Conforme a pasta, esto sendo adotadas as medidas administrativas para a devoluo dos recursos aos cofres pblicos.

Mercado farmacêutico





30 dicas para melhorar a organização de produtos na farmácia

Para aumentar as chances de conquistar os clientes e obter bons resultados de vendas nos negócios é importante ter uma boa organização de produtos na farmácia, além de uma padronização para expor os itens no ponto de venda.

Uma boa exposição e organização de produtos na farmácia, com os itens expostos de forma ordenada e fácil identificação das categorias conquista os consumidores e ajuda na fidelização do cliente.

A gestão de uma loja exige atenção a muitos detalhes que podem fazer a diferença nos resultados. Além dos conhecimentos sobre varejo, é fundamental sempre consultar a legislação sobre propaganda e exposição de produtos na farmácia.

Leia mais ›

Mercado farmacêutico





Saiba como conquistar mais clientes para a farmácia

O consumidor está cada vez mais exigente e para prosperar nos negócios é preciso desenvolver estratégias para conquistar mais clientes para a farmácia. Com a profissionalização do varejo, muitos aspectos do comportamento do consumidor já foram estudados e percebeu-se que as pessoas exercem papéis diferentes na hora da compra.

Conhecer os hábitos e as preferências do público que você pretende atingir é fundamental para elaborar estratégias para conquistar mais clientes para a farmácia. É importante lembrar que, geralmente, a decisão de compra do consumidor é tomada dentro do ponto de venda.

Quando o cliente decide pela compra com alguma antecedência, ele vai optar pelo estabelecimento que ofereça maior comodidade. Por isso é importante sempre levar em conta localização, estacionamento, preço, atendimento, mas sempre pensando numa última experiência de compra do que em pesquisa de preço na hora de comprar.

Leia mais ›

Mercado farmacêutico





Hypera Pharma domina categoria de MIP em principal premiação de marketing farmacêutico

Hypera Pharma domina categoria de MIP em principal premiação de marketing farmacêutico

A Hypera Pharma, um dos maiores anunciantes do país, fez dobradinha na categoria MIP (Medicamentos Isentos de Prescrição) no 42º Prêmio Lupa de Ouro, a principal premiação de marketing na indústria farmacêutica, organizada pelo Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo). A empresa foi campeã com a família de antigripais Benegrip e Benegrip Multi e vice-campeã com a tradicional marca Gelol. Segundo dados do IQVIA, a Hypera Pharma é líder no segmento de Consumer Health no país, que respondeu por cerca de 30% do faturamento da companhia no ano passado.

Benegrip (Dipirona sódica + Clorfenamina + Cafeína) é responsável pelo combate rápido a sintomas como coriza, mal-estar e dores no corpo (MS 1.7817.0092). É um medicamento isento de prescrição médica, por isso, pode ser adquirido diretamente com o farmacêutico. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. Este medicamente é contraindicado em casos de suspeita de dengue. Outubro/2018

Benegrip Multi Princípios Ativos: Paracetamol, cloridrato de fenilefrina e maleato de carbinoxamina (MS: 1.7817.0768). Indicações: Analgésico e antitérmico. Descongestionante nasal em processos de vias aéreas superiores. Outubro/2018. Benegrip Multi é um medicamento. Durante seu uso, não dirija veículos ou opere máquinas, pois sua agilidade e atenção podem estar prejudicadas.


Palavras-chave , , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico





Entenda os benefícios de ter um controle financeiro da farmácia

(Texto atualizado em 14/10/2019 às 12:49 pm)

Ter um bom controle financeiro da farmácia é muito importante para que todos os dados estejam corretos e possibilitem uma análise assertiva sobre a realidade do negócio. Isso porque muitas decisões importantes que o gestor toma em relação à farmácia são baseadas nos números dos relatórios.

As informações obtidas por meio do controle financeiro da farmácia têm papel fundamental nas atividades do dia a dia da loja, principalmente em relação aos pagamentos, que precisam ser efetuados dentro dos prazos.

O controle financeiro da farmácia tem como base o registro de todas as entradas e saídas de valores da empresa. Por isso, o fluxo de caixa está diretamente relacionado com o controle das finanças do negócio.

Dessa forma, o registro de entrada e saída de valores precisa ser feito com agilidade e segurança das informações, para evitar erros de análise e prejuízos ao negócio.

Sistemas automatizados ou planilhas eletrônicas?

Para ter um bom controle financeiro da farmácia, o gestor precisa ter um sistema eficaz que proporcione facilidade de inserção dos dados e agilidade na formatação dos relatórios. Em geral, os sistemas automatizados são essenciais para ter sucesso no varejo farmacêutico.

Há muitas farmácias que ainda utilizam planilhas eletrônicas para efetuar o controle dos registros. Porém, a utilização de métodos manuais pode dificultar o trabalho do gestor. Isso porque a movimentação financeira de uma farmácia possui um alto grau de complexidade e sistemas que não são automatizados podem tornar a análise mais trabalhosa e com maior probabilidade de erros. Leia mais ›

Mercado farmacêutico





Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: