Bloqueios em massa no Aqui Tem Farmácia Popular

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Nos últimos meses nossa equipe têm observado e recebido contatos de muitas farmácias e drogarias de todos os estados do Brasil com dificuldades no programa Farmácia Popular, com bloqueios que não permitem a realização de vendas e dispensação dos medicamentos aos pacientes.

A empresa não recebe nenhum tipo de notificação ou aviso sobre a punição e suspensão das vendas e só vem a tomar ciência do fato quando tentam autorizar uma venda e não consegue. Apenas nesse momento é possível notar que o cadastro está bloqueado. A autorização da venda não é concluída, sendo impossível entregar o medicamento. Ao tentar acessar o SIFAP ou Portal de produção, também poderá surgir aviso sobre o problema.

Os motivos para essa nova onda de bloqueios em massa de farmácias participantes do convênio Farmácia Popular pode ser atribuído ao grande aumento de dispensação de produtos pelo convênio, após a alteração das regras do programa, devido à pandemia e Coronavírus, que passou a permitir dispensar medicamentos para 3 meses. 

A regra mudou e o volume de medicamentos aumentou consideravelmente. A equipe de fiscalização e auditoria do Ministério da Saúde entendeu que podem existir operações inválidas e fora do padrão dentro dessa imensa quantidade de novas vendas. Com as suspeitas de possíveis fraudes e irregularidades, o bloqueio é feito de forma preventiva, para evitar prejuízos futuros para os cofres públicos em caso de fraude comprovada.

Apesar de compreensível a preocupação do governo em prevenir prejuízos, o bloqueio pode ser considerado injusto ou abusivo para um empresário que segue as regras e simplesmente passou a dispensar mais medicamentos por estar seguindo a nova regra que permite retirar mais produtos pelo paciente. Nesses casos, a empresa está sendo prejudicada e poderá inclusive ter prejuízos financeiros por não poder vender pelo Farmácia Popular.

Não existe uma orientação clara sobre como proceder, e portanto muitas farmácias e drogarias ficam em uma espécie de limpo, sem saber como resolver o bloqueio que sofreu. 

Nossa equipe possui vasta experiência e está ajudando empresários do ramo farmacêutico a solucionar essa questão com muito sucesso, reavendo e liberando a conexão suspensa e os cadastros bloqueados para vendas. 

Se este é o seu caso, entre em contato conosco e fale com um especialista em Farmácia Popular. Com certeza podemos ajudar.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário:



Palavras-chave , ,
Farmácia Popular

Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
CUIDADO! O Ministério da Saúde, DAF e DENASUS NÃO PASSAM informações por telefone! Há muitas fraudes relacionadas ao Farmácia Popular. Certifique-se da veracidade das informações através do telefone e emails abaixo: (61) 3315-3361 - E-mails: [email protected], [email protected], [email protected]
+

📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: