Empresária paraibana denunciada no Farmácia Popular

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

(Texto atualizado em 31/01/2019 às 05:13 pm)

O Ministério Público Federal (MPF) em Guarabira, no Agreste paraibano, denunciou uma empresária paraibana, proprietária de uma farmácia no município de Cacimba de Dentro, também localizado no Agreste da Paraíba, por fraude no Programa Aqui Tem Farmácia Popular.

Segundo a denúncia, a denunciada obteve para si, indevidamente, no período de maio de 2011 a fevereiro de 2012, a importância de R$ 148.387,38 (R$ 237.657,06 em valores atualizados até agosto de 2017). Além do ressarcimento pelo dano ao erário, o MPF quer a condenação da envolvida pelo crime de estelionato majorado, que pode passar de um ano de reclusão.

Este caso seria amenizado com uma defesa administrativa eficiente. Conte com nossos especialistas!

As investigações que embasam a denúncia tiveram início a partir da remessa de um relatório do Departamento Nacional de Auditoria do SUS, o Denasus. De acordo com a denúncia, Maria Francicleide descumpriu as normas estabelecidas pelo Ministério da Saúde, ao apresentar, para fins de faturamento, registros de dispensação de medicamentos em quantidade superior ao adquirido junto ao mercado distribuidor, bem como dispensando medicamentos por meio da utilização de CPF de pessoas falecidas.

A reportagem do JORNAL DA PARAÍBA tentou localizar a empresária através do seu estabelecimento comercial, mas até as 11h30 não obteve retorno.

Fonte: Jornal da Paraiba

Qual sua opinião? Deixe seu comentário:


Mercado farmacêutico

Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: