Farmácia do Hospital de Sobradinho apresenta mofo e goteiras

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

(Texto atualizado em 21/11/2019 às 10:38 am)

Com a falta de manutenção, a situação piorou nas últimas semanas após a intensificação das chuvas. Temor é que os materiais sejam danificados

Goteiras e mofo no teto são preocupações grandes para os moradores de qualquer residência. Contudo, quando isso ocorre nas imediações de um hospital, a situação se complica ainda mais pois o material que ali está pode se estragar depois do contato com a água. Essa é justamente a situação em que se encontra a sala onde ficam estocados os materiais médico-hospitalares da farmácia do Hospital de Sobradinho.

Segundo um servidor da unidade, que pediu para não ser identificado, a sala está sem reforma há alguns anos. Assim, logo após o início das chuvas mais intensas, nas últimas duas semanas, as goteiras reaparecem com força e o mofo no teto se intensificou.

Em um vídeo obtido pelo Jornal de Brasília, é possível perceber a falta de reforma do local e a água empoçada em parte da sala. Os materiais que lá ficam estocados estão em cima de paletes de madeiras até para impedir que a água, que cai de parte do teto, estrague as caixas com os produtos.

“Isso é arriscado. Já tem pouco espaço e onde goteja, a gente tira as caixa. Meu receio é que, como não fica ninguém no fim de semana, a gente chegue na segunda e esteja tudo molhado”, afirma o servidor. Ele alega que já chamou os responsáveis pela manutenção da unidade de saúde, mas nada foi feito. “O pessoal só olhou, mas não resolveu nada”, reclama.

Por nota, a Secretaria de Saúde informou que está ciente do problema. Veja na íntegra:

“A superintendência da Região de Saúde Norte informa que nenhum serviço deixou de ser prestado no Hospital Regional de Sobradinho (HRS). Apesar do registro da entrada de água na laje que cobre a farmácia da unidade, o que ocasionou o surgimento de goteiras, nenhum material ou medicamento armazenado sofreu qualquer dano.

Engenheiros da Secretaria de Saúde foram até o HRS e constataram que o telhado foi danificado pela chuva. O conserto já foi providenciado e, assim que a água secar, será feito o reparo na pintura”.

Fonte: Grupojbr

Qual sua opinião? Deixe seu comentário:



Palavras-chave , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico

Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: