Faturamento em 2017 das distribuidoras de medicamentos cresceu 9%

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

(Texto atualizado em 17/05/2018 às 03:55 pm)

No volume de unidades comercializado, o aumento foi de 5,2% 

Além de medicamentos, cosméticos e produtos de higiene também tiveram altas na vendas – Leandro Moraes/UOL

As distribuidoras de medicamentos tiveram alta de 9% nas vendas em 2017, na comparação com o registrado em 2016, segundo a Abradilan (associação do setor) e a consultoria Iqvia.

No volume de unidades comercializado, o aumento foi de 5,2% no mesmo período.

O levantamento considera a venda de medicamentos e de produtos de higiene e beleza.

“O crescimento ocorre tanto com remédios, que, por serem produtos essenciais, mantiveram o crescimento durante a crise, quanto com higiene e cosméticos”, diz Cristina Amorim, diretora da entidade.

Os dados não incluem o resultado de grandes varejistas, que em geral possuem logística própria de distribuição.

As distribuidoras atendem farmácias independentes e também são responsáveis por parte da logística das redes fora dos grandes centros.

Fonte: Folha

Qual sua opinião? Deixe seu comentário:



Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico

Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: