Global negocia devolução de R$ 20 milhões ao Ministério da Saúde

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone



ministério da saúde
Créditos: Okskaz | iStock

Dentro da crise entre o Ministério da Saúde e a Anvisa, a empresa Global Gestão em Saúde S. A. negocia devolver R$ 20 milhões ao ministério após descumprimento de contrato decorrente de licitação realizado há mais de 1 ano para entrega de medicamentos de alto custo (Aldurazyme, Fabrazyme, Myozyme) que seria distribuídos a pacientes de doenças raras que obtiveram acesso ao tratamento pelo SUS na justiça.

A Anvisa se opôs à compra diante da não apresentação de documentos da Global, exigidos para a importação. O ministro da Saúde acusou-a de impedir a quebra de monopólios e a redução de custos em compras judicializadas.

A restituição será feita em 4 parcelas. A empresa também pagará mais de R$ 690 mil e atualizações monetárias. A Global disse ao JOTA que “tem cumprido todas as determinações do contrato” e que “não irá se manifestar até que as negociações para a quitação do contrato estejam concluídas”. (Com informações do Jota.Info.)





Publicado por: Juristas

Qual sua opinião? Deixe seu comentário:



Palavras-chave , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico

Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
Atualize seus Manuais de Boas Práticas e POPs para 2021 com 30% de desconto! Promoção por tempo limitado.

COMPRAR COM DESCONTO
+

📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: