Lista de medicamentos anabolizantes atualizada 2020

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Os anabolizantes são medicamentos que possuem rígido controle, sendo necessário apresentar receita médica para retirada o produto por parte do paciente, já a farmácia por sua parte precisa reter as receitas, mantendo o documento para uma possível fiscalização futura.

Reunimos neste post a lista de anabolizantes mais recente e atualizada para consulta. Esses produtos também conhecidos como “bombas” pelos adeptos da musculação e atletas, pelo uso indiscriminado para a construção de massa muscular, fazem parte da portaria 344/98 e são classificados como categoria C5.

Algumas das marcas comerciais mais conhecidas de anabolizantes podem ser conhecidas na seguinte listagem:

  • Nebido
  • Durateston
  • Deca-durabolin
  • Deposteron

Confira agora a lista completa de anabolizantes, atualizada em PDF e mais recente:

  • 1. ANDROSTANOLONA
  • 2. BOLASTERONA
  • 3. BOLDENONA
  • 4. CLOROXOMESTERONA
  • 5. CLOSTEBOL
  • 6. DEIDROCLORMETILTESTOSTERONA
  • 7. DROSTANOLONA
  • 8. ESTANOLONA
  • 9. ESTANOZOLOL
  • 10. ETILESTRENOL
  • 11. FLUOXIMESTERONA OU FLUOXIMETILTESTOSTERONA
  • 12. FORMEBOLONA
  • 13. MESTEROLONA
  • 14. METANDIENONA (METANDROSTONOLONA)
  • 15. METANDRANONA
  • 16. METANDRIOL
  • 17. METENOLONA
  • 18. METILTESTOSTERONA
  • 19. MIBOLERONA
  • 20. NANDROLONA
  • 21. NORETANDROLONA
  • 22. OXANDROLONA
  • 23. OXIMESTERONA
  • 24. OXIMETOLONA
  • 25. PRASTERONA (DEIDROEPIANDROSTERONA -DHEA)
  • 26. SOMATROPINA (HORMÔNIO DO CRESCIMENTO HUMANO)
  • 27. TESTOSTERONA
  • 28. TREMBOLONA

Sobre as receitas médicas para anabolizantes

É obrigatório a apresentação de 2 vias da receita branca, com data de validade correta, por parte do paciente que deseja adquirir a medicação. As receitas valem por 30 dias a partir da data de emissão, podendo ser utilizadas em todo o território nacional, em qualquer cidade ou estado do Brasil.

A dispensação ainda possui mais algumas regras: quando a receita mencionar ampolas, o limite para dispensação é de 5 unidades. E ainda, o receituário possui um limite de substâncias anabolizantes que podem ser receitadas de uma vez só, sendo o imite o de 3 substâncias por receita.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário:



Palavras-chave , ,
Legislação e regulamentações

Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
CUIDADO! O Ministério da Saúde, DAF e DENASUS NÃO PASSAM informações por telefone! Há muitas fraudes relacionadas ao Farmácia Popular. Certifique-se da veracidade das informações através do telefone e emails abaixo: (61) 3315-3361 - E-mails: [email protected], [email protected]aude.gov.br, [email protected]
+

📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: