Passo a passo para preencher a receita C1 branca

receita C1 branca

A receita C1 branca é usada para prescrever e dispensar medicamentos controlados. Entretanto, ao contrário dos receituários A e B, não são todos os receituários do tipo C que exige a notificação da receita.

Mas a C1 exige essa notificação, sendo necessário também ser emitida em duas vias. Esse tipo de receita precisa ser retido uma via na farmácia e outra fica com o paciente.

Criamos um passo a passo para te mostrar como preencher a receita C1 branca. Continue acompanhando o texto para entender melhor sobre esse receituário. Boa leitura!

O que é a receita C1 branca?

A receita C1 branca é um receituário de controle especial. Afinal, ela é usada para prescrever e dispensar medicamentos que são classificados pela Anvisa como “outras substâncias sujeitas a controle especial em 02 vias”.

Nessa lista de substâncias que precisam de controle estão:

  • Antidepressivos;
  • Antiparkinsonianos;
  • Anestésicos;
  • Anticonvulsivantes;
  • Antiepiléticos;
  • Neuropiléticos.

Nessas categorias, com esse tipo de receita pode servir para prescrever 165 substâncias em seus sais e isômeros. O documento do Ministério da Saúde que estabelece as regras para esse tipo de receita está na Portaria nº 344/98.

Diferença da receita C1 branca e a receita simples

Existem diferenças entres os dois tipos de receitas, mesmo elas possuindo o papel da mesma cor. Portanto, há profissionais e pacientes que ainda confundem os tipos de receituários. Por isso, é importante prestar muita atenção ao tipo de receita que é recebida no balcão da farmácia.

A receita simples é emitida somente em uma via, sendo necessária para receitar medicamentos que não necessitam de prescrição médica. Entretanto, só devem ser prescritos por um profissional.

No entanto, a receita C1 branca é usada para medicamentos que exigem a prescrição médica, pois estão sujeitos a controle especial da Vigilância Sanitária. Além disso, deve ser emitida em duas vias.

Passo a passo para emitir essa receita

Agora que você já sabe o que é a receita C1 branca e qual a sua diferença para um receituário simples, aprenda como a preencher o primeiro tipo. Fizemos um passo a passo para te ajudar, veja:

  • Identificação do eminente com nome completo, endereço do consultório ou residência do profissional, número da inscrição o Conselho Regional e, se for uma clínica, o nome e endereço da mesa;
  • Dados do paciente com nome completo, endereço, se para uso veterinário, as informações do eminente e do animal;
  • Preenchimento da especialidade farmacêutica com dosagem ou concentração, forma farmacêutica, quantidade em algarismos arábicos ou extensos e posologia;
  • Data da emissão da prescrição, que deve ser válida por 30 dias corridos;
  • Assinatura desse tipo de receituário com os dados do profissional devidamente impresso no cabeçalho do receituário;
  • Na via retida pela farmácia deve conter em seu verso a quantidade aviada e, quando sendo formulações magistrais, o número do registro da receita do livro correspondente.

Gostou do conteúdo? Dúvidas técnicas em relação ao preenchimento da receita C1 branca? Conte com os nossos especialistas para te ajudar. Envie uma mensagem clicando aqui, ligue: (48) 3733-7690 ou envie WhatsApp para (48) 3733-7690 clicando aqui.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário: