Previsão de crescimento nas compras via celular para 2013

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

as-pessoas-comprarao-mais-pelo-celular-no-brasil-em-2013Smartphones com preços mais baixos e a criação de planos de internet mais acessíveis estimulam as compras mobile.

Até o final de 2013, mais de 29 milhões de smartphones deverão estar nas mãos dos brasileiros, segundo dados da consultoria IDC, e mais de 2 bilhões de reais deverão ser movimentos por compras via celular.

Mais do que procurar por informações de produtos, o brasileiro já começa a comprar por meio de dispositivos móveis. Com este mercado aquecido as vendas via smartphones (incluindo mobile web, tablet web e mobile app) seguem em ascensão.

Com a expansão da classe média, o acesso à telefonia móvel, a variedade de aparelhos e as facilidades de crédito, as compras via mobile estão deixando de ser uma realidade apenas para as classes A e B.

Dados do IDC revelam que mais de 16 milhões de smartphones foram comercializados no Brasil no ano passado – um aumento de 78% versus o ano anterior. O lançamento de uma série de smartphones com preços mais baixos (a maioria deles Android) e a criação de novos planos de dados mais acessíveis em operadoras tem facilitado a distribuição destes aparelhos para um maior número de pessoas, facilitando o interesse pelas compras mobile.

No Peixe Urbano, por exemplo, as vendas já ultrapassam os 10% das vendas totais, comparado com 4% há apenas um ano. Durante este período, o numero de downloads do aplicativo mobile da companhia já cresceu mais de 10 vezes e se aproxima da marca de 1 milhão, colocando o seu app entre os aplicativos brasileiros mais baixados do mercado.

Para Rafael Dahis, responsável pela área de mobile do Peixe Urbano, o segredo está em investir no desenvolvimento do aplicativo. “Lançamos sempre novas funcionalidades e features com frequência. Na semana passada, lançamos uma nova versão do app para smartphones Android e iOS, que conta com novo layout e funcionalidades tanto para as tradicionais ofertas diárias como também para os recém-lançados serviços do Peixe Urbano: Peixe Urbano Delivery e Guia Peixe Urbano”, revela Dahis.

“No Peixe Urbano temos observado um crescimento acirrado no volume de vendas via dispositivos móveis, especialmente por meio de aparelhos Android, onde o volume transacionado cresceu mais de 50% nos últimos 6 meses”, acrescenta Rafael Dahis.

A procura por serviços ainda é maior. Apesar de muitos aplicativos ofertarem viagens e produtos, as ofertas mais vendidas pelo celular costumam ser ofertas de gastronomia, estética e entretenimento.

Segundo Dahis, os usuários buscam conhecer os melhores restaurantes, clínicas de estética, shows e outros serviços e atividades locais, perto de onde estão. “Além disso, temos observado que o tráfego oriundo de dispositivos móveis tende a aumentar durante os finais de semana e meses de férias, períodos quando em geral o consumidor tem mais mobilidade e da preferência à praticidade que as compras via celular oferecem”, finaliza.

Fonte: Portal NoVarejo e B2B Magazine

Qual sua opinião? Deixe seu comentário:


Mercado farmacêutico
0
Conectando
Por favor, aguarde...
Como podemos ajudar?

Envie uma mensagem com sua dúvida, logo retornaremos para você:

* Nome
* E-mail
Telefone
* Mensagem
Atendimento on-line

Como podemos ajudar?

Estamos on-line, fique à vontade para iniciar uma conversa com a M2Farma.

* Nome
* Email
Telefone
* Mensagem
Atendimento on-line
Feedback

Help us help you better! Feel free to leave us any additional feedback.

How do you rate our support?

📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: