Marca famosa de shampoo é proibida pela Anvisa: entenda

(Texto atualizado em 02/04/2020 às 10:55 am)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu em todo o Brasil a fabricação, distribuição e venda do Shampoo Hidratante Morte Súbita, da marca Lola Cosmetics

Segundo a Anvisa, o cosmético é irregular já que existe uma diferença entre a fórmula usada na sua fabricação e a que foi notificada à agência reguladora.

Veja quais foram as medidas adotadas:

Shampoo Morte Súbita é proibido pela Anvisa

A resolução, publicada no Diário Oficial da União, determina, como medida de interesse sanitário e prevista para todo o território nacional, as seguintes providências ao produto Shampoo Hidratante Morte Súbita, da Lola Cosmetics:

  • Suspensão da fabricação
  • Suspensão da distribuição
  • Suspensão da divulgação
  • Suspensão da comercialização
  • Suspensão de uso

Além disso, foi determinado que a empresa recolha todo o estoque existente no mercado.

Comunicado oficial da Lola Cosmetics sobre a proibição

A Lola Cosmetics declarou em comunicado oficial que a decisão da Anvisa é “arbitrária e incoerente”, já que no próprio site da agência o shampoo segue notificado e não está cancelado. A empresa afirma que seu departamento jurídico está tomando medidas cabíveis.

A Lola ainda afirma que o questionamento da Anvisa seja referente a um lote específico de 2017, no qual a mesma alega que os ingredientes da fórmula estão em concentrações diferentes do notificado. Na ocasião, a empresa apresentou defesa, mas nunca recebeu uma resposta.

Os que adquiriram o shampoo podem fazer a devolução por PAC reverso (sem custo) e solicitar outro produto.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário: