Sindusfarma avalia que aumento de 193% em taxas da Anvisa impacta mercado e poderá reduzir descontos nas farmácias

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

reajuste anvisa taxas reduzir descontosO reajuste de até 193,55% nas taxas cobradas das indústrias farmacêuticas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), determinado ontem (2/9) pelo governo, pressiona ainda mais os custos das empresas e poderá reduzir os descontos nos preços dos medicamentos nas farmácias. A avaliação é do Sindusfarma – Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo, entidade que representa 206 empresas nacionais e internacionais que detêm mais de 95% do mercado de medicamentos no país.

O registro de um novo medicamento, por exemplo, que custa hoje R$ 80 mil, passará para R$ 234,8 mil a partir de 9 de setembro. O menor índice de aumento é de 153,43%. A medida também atinge fabricantes de alimentos e cosméticos.

Segundo o presidente executivo da entidade, Nelson Mussolini, o aumento das taxas é inoportuno num momento de grave crise econômica e queda de renda das famílias. “O consumidor não pode pagar pelos erros e pela falta de gestão do governo”, afirma. “É absurdo reajustar taxas em quase três vezes sob a alegação de que não se fez reajustes no passado”.

Mussolini contesta o argumento do governo, de que houve somente uma atualização monetária de valores. “O atual aumento é muito maior do que os reajustes de preço de medicamentos autorizados pelo governo no mesmo período, que foi 128%”, informa.

“Na realidade, se o governo no passado não reajustou as taxas, que remuneram uma prestação de serviços, é porque não havia necessidade e justificativa”, afirma Mussolini. “Em respeito ao princípio da transparência dos atos públicos, os Ministérios da Fazenda e da Saúde deveriam justificar, tecnicamente, esse absurdo reajuste, que certamente fere o princípio da razoabilidade’, conclui o presidente executivo do Sindusfarma.

Fonte: SnifBrasil

Qual sua opinião? Deixe seu comentário:



Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico, Legislação e regulamentações
0
Conectando
Por favor, aguarde...
Como podemos ajudar?

Envie sua mensagem, logo retornaremos:

* Nome
* E-mail
Telefone
* Mensagem
Atendimento on-line

Como podemos ajudar?

Estamos on-line, fique à vontade para iniciar uma conversa com a M2Farma.

* Nome
* Email
Telefone
* Mensagem
Atendimento on-line
Feedback

Help us help you better! Feel free to leave us any additional feedback.

How do you rate our support?

Agradecemos sua visita ao blog e convidamos a conhecer nosso trabalho. Visite www.m2farma.com

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e convênios PBMs: