Suvisa alerta donos de farmácias no RN para golpistas que cobram taxas

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Golpistas-se passando-por-técnicos-da-Anvisa-cobrando taxasGolpistas estão se passando por técnicos da Anvisa e cobrando taxas.

Órgão afirma que Anvisa (órgão federal) não faz inspeção nos municípios.

A Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária (Suvisa) do Rio Grande do Norte emitiu uma nota à imprensa nesta quarta-feira (17) para chamar a atenção de proprietários e responsáveis técnicos de farmácias sobre uma tentativa de golpe que vem ocorrendo no estado. “Pessoas se passando por fiscais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estão cobrando taxas indevidas e chantageando as farmácias com ameaças de fechar o estabelecimento caso não paguem uma Taxa para Autorização de Funcionamento”, alerta.

Ainda de acordo com a Suvisa, a Anvisa (órgão federal) não realiza inspeção nos estados ou nos municípios. “Esta inspeção é de competência da Vigilância Sanitária local. Quando há necessidade da presença da Anvisa, a inspeção é feita conjuntamente com os fiscais estaduais ou municipais”, acrescenta.

Em caso de alguma abordagem desta natureza, a Suvisa orienta aos donos das farmácias, ou mesmo técnicos responsáveis, “que não façam nenhum depósito bancário”. Denúncias podem ser feitas pelo telefone (84) 3232-2557.

 Fonte: G1 RN

Qual sua opinião? Deixe seu comentário:



Palavras-chave , , , ,
Mercado farmacêutico
0
Conectando
Por favor, aguarde...
Como podemos ajudar?

Envie sua mensagem, logo retornaremos:

* Nome
* E-mail
Telefone
* Mensagem
Atendimento on-line

Como podemos ajudar?

Estamos on-line, fique à vontade para iniciar uma conversa com a M2Farma.

* Nome
* Email
Telefone
* Mensagem
Atendimento on-line
Feedback

Help us help you better! Feel free to leave us any additional feedback.

How do you rate our support?

Agradecemos sua visita ao blog e convidamos a conhecer nosso trabalho. Visite www.m2farma.com

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e convênios PBMs: