Arquivo do blog

Como a experiência de compra aumenta as vendas

Como a experiência de compra aumenta as vendas

(Texto atualizado em 11/09/2020 às 06:46 pm)

Você aplica os conceitos da Gestão de Categorias (GC) na sua farmácia? Apesar dela comumente ser resumida como “a arrumação dos produtos nas prateleiras”, sua definição é bem mais ampla e depende de vários outros fatores. Hoje já não é o suficiente apenas expor os produtos e oferecer bons preços.

A exigência dos consumidores aumentou,  muito motivado pela rescente concorrência, que cada vez mais oferece opções de experiências na hora da compra, como personalização da vitrine, iluminação, cor, aromas, sons, layoutização e atendimento. Muitos gestores souberam entender esse “ecossistema” que envolve a decisão do consumidor no momento da compra, e isso fez com que a Gestão de Categorias se tornasse decisiva para a farmácia garantir bons resultados nas vendas.   Leia mais ›


Palavras-chave , , , ,
Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica, ANVISA





Aumenta em 35,5% número de consumidores de antidepressivos em MG

PFARMA

(Texto atualizado em 26/08/2020 às 04:35 pm)

transtorno mental coronavirus

O número de usuários de medicamentos para o tratamento de depressão e ansiedade cresceu 35,5% em Minas Gerais, nos últimos dois anos. É o que aponta um estudo da ePharma, health tech pioneira no gerenciamento de planos de benefícios de medicamentos (PBM).

No primeiro semestre de 2020, 2.978 mineiros consumiram remédios desse gênero, 780 usuários a mais que no mesmo período de 2018. A pesquisa leva em conta o número de beneficiários de programas empresariais de PBM no estado. Entre janeiro e junho deste ano, 13.939 caixas de medicamentos foram consumidas – o que equivale a uma média de 4,7 unidades para cada usuário.


Palavras-chave , , , , , ,
Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica, ANVISA





Aumenta a quantidade de empresas excluídas do Farmácia Popular por fraudes

(Texto atualizado em 15/05/2018 às 06:26 pm)

Cresceu número de estabelecimentos privados descredenciados do programa

Na pequena cidade de Casca, na serra gaúcha, até gente que já morreu aparece como comprador em um estabelecimento privado vinculado ao programa federal Farmácia Popular. Em julho do ano passado, um grupo de fiscais do Serviço de Auditoria do Estado do Rio Grande do Sul (Seaud-RS) esteve em uma farmácia localizada no centro da cidade. Ao analisar as vendas realizadas pelo estabelecimento entre os anos de 2013 e 2015, os auditores verificaram que um dos clientes, já registrado no Sistema de Controle de Óbitos do Ministério da Previdência Social (Sisobi), constava, mesmo após ter morrido, como comprador e, consequentemente, beneficiário do programa. O “morto” adquiriu R$ 157 em produtos. Nesta venda, o Governo Federal reembolsou a farmácia em R$ 55,20.

A irregularidade, no entanto, não foi a única cometida pela farmácia em questão. Os fiscais também selecionaram, aleatoriamente, 15 clientes que teriam efetuado, em 2013, compras de medicamentos pelo programa no estabelecimento. Ao serem entrevistadas pelos auditores, sete pessoas não reconheceram as prescrições médicas ou assinaturas que constavam nos cupons fiscais apresentados pelo estabelecimento ao Ministério da Saúde. O programa Farmácia Popular exige que o titular do CPF (ou representante do beneficiário por procuração) assine o cupom fiscal na hora de efetuar a compra dos medicamentos. Este documento fica retido pela farmácia junto com uma cópia da prescrição médica. Leia mais ›


Palavras-chave , ,
Farmácia Popular





Venda de medicamentos genéricos cresce 16% em agosto ante mesmo mês de 2016

As vendas de medicamentos genéricos aumentaram 15,99% em agosto de 2017 na comparação com o mesmo mês do ano anterior, de acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos (PróGenéricos). No total, a indústria comercializou 112,7 milhões de unidades, contra 97,2 milhões de unidades em agosto de 2016. Leia mais ›


Palavras-chave , ,
Mercado farmacêutico





Genéricos crescem 163% desde 2010

Os medicamentos genéricos movimentaram R$ 4,7 bilhões no país em 2016, número 13,7% superior ao registrado um ano antes e bem acima do R$ 1,8 bilhão de 2010. O desempenho do último ano ficou acima do aumento de 10,93% na venda geral de medicamentos no Brasil, que inclui remédios de marca e similares, segundo dados fornecidos pela Associação Brasileira de Redes de Farmácia e Drogarias, a Abrafarma. Leia mais ›


Palavras-chave , ,
Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica





Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





Do NOT follow this link or you will be banned from the site!

📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: