Arquivo do blog

Acesse a lista de preços de medicamentos da CMED

(Texto atualizado em 15/01/2019 às 09:09 am)

Um dos papéis da Anvisa é monitorar os preços dos medicamentos no mercado com objetivo de auxiliar na precificação de novos medicamentos a serem lançados. Esse trabalho é feito através da CMED e sua secretaria executiva. A CMED é o órgão responsável por regular o mercado e estabelecer os critérios para definição e ajustes nos preços de medicamentos no Brasil, onde os ajustes acontecem anualmente.

Através da divulgação da sua lista de preços com valores PMC e de custo, a ANVISA compartilha a informação permitindo que todo cidadão e empresa brasileira possa conhecer a tabela da preços de medicamentos vigente no país de forma gratuita.

Reuniremos neste post a informação mais recente e atualizada de 2019 com a lista para consulta do preço máximo de venda e custo dos medicamentos, que pode vir a ser útil para pacientes, farmácias e drogarias. Os arquivos estão em ordem de princípio ativo, forma farmacêutica e concentração e são de fácil consulta e pesquisa.

Faça o download em PDF ou em XLS para abrir no Excel:

 

🖹 Lista de Preços da CMED 2019 – abrir em PDF / abrir em XLS

 

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , ,
Mercado farmacêutico





Medicamentos terão novo reajuste

novo reajuste medicamentosFarmacêuticos não esperavam mais um aumento para 2015

A indústria farmacêutica diminuirá o repasse dos descontos para as farmácias e nos próximos 60 dias o consumidor pagará mais caro pelos medicamentos. A medida é resultado da alta de custos de produção impulsionado pela alta do dólar, da gasolina e dos gastos com energia. No mês de abril, a Cmed autorizou reajuste, que varia de 4% e 7%, nos preços dos produtos. Os farmacêuticos não esperavam mais um aumento para este ano.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , ,
Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica





Reajuste no preço de medicamentos varia de 5% a 7,7%

reajuste aumento preço remédiosA decisão tem validade para mais de nove mil produtos

Foi publicado nesta terça-feira (31/03) no Diário Oficial da União resolução da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) estabelecendo reajuste de 5% a 7,7%, de acordo com o produto.
A Cmed determinou três faixas de aumento. O reajuste mais alto, de 7,7%, será para medicamentos da classe em que a participação dos genéricos no faturamento é igual ou superior a 20%. Mais da metade dos medicamentos está nessa categoria.
Leia mais ›


Palavras-chave , ,
Mercado farmacêutico, Legislação e regulamentações





Preços de remédios genéricos variam até 433% em farmácias de Piracicaba

(Texto atualizado em 01/06/2015 às 09:01 am)

precos-de-medicamentos-genéricosParacetamol em gotas pode ser encontrado por R$ 1,50 ou R$ 8 na cidade. Conselho Regional afirma que população tem de fiscalizar ‘valores abusivos’.

Os preços dos medicamentos genéricos podem apresentar variações de até 433% em farmácias de Piracicaba (SP), segundo levantamento feito pela EPTV, afiliada da TV Globo. Os remédios estão mais caros neste mês, depois que a Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) autorizou novos percentuais para reajuste nos  valores.

Entre os preços encontrados pela reportagem está o do paracetamol em gotas, que pode custar R$ 1,50 ou R$ 8, dependendo do estabelecimento farmacêutico. A variação percentual no caso deste medicamento pesquisado é de 433%.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , ,
Mercado farmacêutico, Legislação e regulamentações





Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: