Arquivo do blog

Farmácias estão entre as marcas mais valiosas do Brasil

(Texto atualizado em 12/11/2018 às 09:43 am)

Juntas, Drogasil e Droga Raia somam US$ 1.376 bilhões. Marcas de drogarias como Drogasil e Droga Raia; e Amil, OdontoPrev e Fleury, de cuidados com a saúde, estão entre as 60 marcas mais valiosas do País, conforme revela o ranking BrandZ Brasil, elaborado pela Kantar. Todas elas tiveram um crescimento no ranking, se comparado a 2017.

A Drogasil, que obteve uma alta de 21%, soma este ano o valor de US$ 757 bilhões, aparecendo em 22ª lugar no ranking das marcas mais valiosas. No mesmo segmento, a Droga Raia cresceu US$ 589 bilhões, atingindo 20% de aumento em 29º lugar. “As marcas Drogasil e Droga Raia têm tido um crescimento sustentável nos últimos anos, por conta de sua sustentável expansão geográfica, mas também no conceito de lojas, conseguindo oferecer uma gama variada de produtos em um excelente padrão de serviços”, analisa o CEO da Kantar Consulting para América Latina, Eduardo Tomiya.

Leia mais ›


Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico, Marketing Farmacêutico





Drogarias externas da Coop completam dois anos com crescimento de 20%

aumento drogarias coopPara 2015 estão previstas cinco unidades com investimentos de R$ 3,060 milhões

Criadas como parte do plano estratégico da Cooperativa de Consumo (Coop), que prevê a diversificação dos seus negócios, as primeiras drogarias externas acabaram de completar dois anos com ótimo desempenho operacional.

Atualmente são seis unidades externas e de acordo com a gerente de Negócios de Drogarias, Rosângela Prado, no segundo semestre de 2014, em comparação ao mesmo período de 2013, essas drogarias apresentaram crescimento de 20%. Para este ano, estão previstas mais cinco unidades com investimentos na ordem de R$ 3,060 milhões.

“Com essas drogarias, a Coop está ainda mais próxima da comunidade e, ao mesmo tempo, eleva a fidelização de nossos cooperados por meio de um mix variado e ótima qualidade no atendimento”, explica o diretor-presidente da Cooperativa, Marcio Francisco Blanco do Valle. Além das drogarias externas, a Coop possui outras 28 internas, todas com mix completo de medicamentos e ampla linha de perfumaria, higiene pessoal, infantil e puericultura.

Fonte: Maxpress Net


Palavras-chave , , , , ,
Mercado farmacêutico





Brasil Pharma lança plano para reconquistar mercado

Brasil Pharma lança plano para reconquistar mercadoA teleconferência com analistas para discutir o balanço da Brasil Pharma no quarto trimestre feita ontem foi marcada por simbolismos. Logo no começo da apresentação, o agora ex­ecutivo-­chefe da companhia, José Ricardo Mendes da Silva, falou da conclusão da primeira fase da reestruturação da empresa, focada na criação de controles e na disciplina operacional.

Na sequência, ele passou o bastão ao sucessor, Paulo Gualtieri, ex­ecutivo do Pão de Açúcar que comandará a Brasil Pharma no que eles classificaram como uma nova fase, voltada à melhoria das vendas nas mais de 1,2 mil farmácias das cinco redes. A mudança no comando havia sido antecipada pelo Valor PRO, serviço de informação em tempo real do Valor, semana passada.

Toda esse rito tem razão de ser. A companhia controlada pelo banco BTG precisa dar uma resposta a investidores e analistas, descontentes com o desempenho. Só nos primeiros três meses do ano, suas ações perderam mais de 70% de valor. A Raia Drogasil apresenta valorização de quase 10% no período. O Ibovespa, principal índice da bolsa, sobe mais de 1%.
A Brasil Pharma também anunciou a contratação da consultoria Enéas Pestana & Associados, do ex-presidente do Pão de Açúcar, para melhorar as vendas das farmácias.

Gualtieri é um dos 35 sócios de Pestana na empreitada e deixará o dia a dia da companhia para se dedicar à Brasil Pharma. No momento, 12 consultores estão atuando na rede. O trabalho de diagnóstico durará dois meses. A implementação das medidas sugeridas levará outros 18.

Outro ponto importante da nova fase da companhia são dois estudos que serão apresentados em um prazo de 30 dias. Um deles balizará o processo de integração da rede Big Ben, que atua no Nordeste, ao restante dos negócios do grupo. O outro formatará uma nova estrutura de capital para sustentar o crescimento do grupo.

Comprada há três anos, a Big Ben é responsável por metade da receita do grupo ­ que ficou praticamente estável no 4º trimestre, em R$ 901,8 milhões, contra R$ 893,7 milhões no mesmo período de 2013 ­ e opera numa estrutura administrativa independente, o que faz com que tenha grande peso nas despesas do grupo.

Na teleconferência, os executivos destacaram várias vezes que o enxugamento dessa estrutura e o melhor reconhecimento dos resultados da rede serão pontos fundamentais para a melhoria do desempenho em 2015.

Em 2014, a companhia ampliou em mais de 300% o prejuízo, chegando a R$ 613 milhões. Além de crescimento pouco expressivo na receita líquida ­ aproximadamente 9%, para R$ 3,8 bilhões ­ a companhia teve aumento de custos com demissões (foram 4,6 mil dispensas ao longo do ano), implementação do sistema de gestão SAP, entre outras medidas.

Em relatório a clientes publicado no fim do dia, a corretora Coinvalores avaliou as mudanças anunciadas pela Brasil Pharma como positivas, mas destacou que ainda é cedo para considerar uma recuperação consistente nos números. Em um ano complicado, a companhia terá que contar com a boa aceitação das mudanças nas lojas por parte dos consumidores para transformar os simbolismos em realidade.

Fonte: Tudo Farma


Palavras-chave , , , , ,
Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica





Varejo farmacêutico se prepara para mudanças

regulação-ampliará-mix-de-produtos-e-erviçosCom a aprovação das leis federal e estaduais, próximo passo é a regulação, que ampliará mix de produtos e serviços

Com o fim do impedimento para a venda de produtos de conveniência nas farmácias e drogarias do País, o varejo farmacêutico está se preparando para mudanças que vão do mix de produtos ao atendimento a clientes, passando pela metragem das lojas, que, segundo o presidente da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), Sérgio Mena Barreto, irá transformar os estabelecimentos brasileiros em verdadeiras drugstores.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , ,
Mercado farmacêutico





Nova lei reforça a importância do acompanhamento farmacêutico

(Texto atualizado em 03/10/2014 às 10:12 am)

optimistische ApothekerinFarmácias devem funcionar com a presença do profissional para auxiliar o usuário e ampliar a orientação sobre medicação
O farmacêutico deve estar presente durante todo o horário de funcionamento das farmácias, segundo nova lei (Nº 13.021). A regulação reconhece a importância desses estabelecimentos na orientação dos usuários sobre o uso racional dos medicamentos e o papel dos profissionais capacitados nesta área para auxiliar a população.

Leia mais ›


Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico, Legislação e regulamentações





Venda de medicamentos sobe 6,38%, diz associação

Schlecker To Shut Fewer Stores Than Previously AnnouncedA venda de medicamentos em unidades no Brasil cresceu 6,38% no mês de julho na comparação com igual período do ano passado, segundo dados do IMS Health divulgados pela Associação Brasileira de Distribuição e Logística de Produtos Farmacêuticos (Abradilan). No mês, foram comercializadas 274.898.803 unidades. Na comparação com junho deste ano, a alta foi de 9,2%.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , ,
Mercado farmacêutico





Justiça mantém venda de artigos de conveniência em farmácias do Rio, Minas e Roraima

(Texto atualizado em 23/11/2016 às 05:48 pm)

venda-artigos-conveniência-farmácias-Rio-Minas-RoraimaSTF rejeitou ações que tentavam impedir a comercialização.

O Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou ações da Procuradoria Geral da República (PGR) que tentavam impedir a comercialização de artigos de conveniência em farmácias e drogarias nos Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Roraima. Caso a venda fosse realmente proibida, a receita dos estabelecimentos poderia registrar retração de até 30%.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , ,
Mercado farmacêutico, Legislação e regulamentações





Farmácias reforçam aposta em produtos de beleza

Farmácias-reforçam-aposta-produtos-belezaExecutivos do setor dizem que decisão do STF sobre venda de conveniência deu segurança a investimentos no nicho.

A venda de outros tipos de produtos que não medicamentos já é uma realidade em farmácias do Brasil e os itens de higiene e beleza se destacam como uma aposta relevante. Depois de decisão do Supremo Tribunal Federal favorável à venda de itens de conveniência nas lojas, executivos avaliam que aumentou a segurança das empresas para investir nesse nicho, que atrai os empresários de farmácias por seu potencial de crescimento.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , ,
Mercado farmacêutico, Legislação e regulamentações





MP 653/14 não autoriza que farmácias troquem farmacêuticos por técnicos em farmácia

(Texto atualizado em 20/08/2014 às 09:27 am)

CRF-SP e CFF esclarecem possíveis dúvidas sobre a lei

A Medida Provisória (MP) 653/14, editada pela presidente Dilma Rousseff na segunda-feira, (08/8) está sendo interpretada de forma equivocada. As farmácias e drogarias brasileiras continuarão obrigadas a manter farmacêutico durante todo o expediente.

O Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo (CRF-SP), em acordo com o Conselho Federal de Farmácia (CFF), esclarece que, apesar a Medida Provisória determinar que farmácias e drogarias consideradas micro e pequenas empresas, encaixadas no novo Supersimples, poderiam dispor de técnicos em farmácia como responsáveis, as condições impostas na própria medida desautorizam a determinação.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , ,
Mercado farmacêutico, Legislação e regulamentações





Governo Federal amplia incentivo fiscal para medicamentos

Governo-Federal-amplia-incentivo-fiscal-medicamentos75,4% dos medicamentos comercializados no País ficam isentos de PIS/COFINS

O Governo Federal ampliou a lista de substâncias usadas na fabricação de medicamentos que ficam livres da cobrança dos tributos PIS/Pasep e COFINS. O decreto publicado no Diário Oficial da União em 27/06 inclui 174 substâncias na chamada “lista positiva”, que passa a contar com mais de mil itens sujeitos ao regime especial. Com a edição do novo Decreto, 75,4% dos medicamentos comercializados no País ficam isentos do PIS/COFINS.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , , ,
Legislação e regulamentações





Anvisa oficializa redução de imposto nos medicamentos

(Texto atualizado em 05/05/2017 às 06:26 am)

redução-de-impostos-medicamentosA Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou, nesta segunda-feira (21), uma atualização da lista com os preços máximos de venda dos medicamentos no país.

Segundo o Ministério da Saúde, a nova lista já inclui uma redução aproximada de 12% nos preços limites pela liberação da cobrança de dois tributos. A lista completa com o teto para todos os medicamentos vendidos no país está no site da Anvisa.

A lista completa com teto pode ser vista clicando neste link: Lista

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , ,
Mercado farmacêutico





Farmacêuticos serão obrigatórios em drogarias

farmaceuticos-obrigatorios-em-farmacias-por-leiProjeto aprovado no Senado torna obrigatória a presença de farmacêuticos em drogarias durante todo o período de funcionamento

O Senado aprovou projeto que torna obrigatória a presença de um farmacêutico em drogarias, durante todo o horário de funcionamento. O presidente do Conselho Federal de Farmácia, Walter Jorge João, explica que, após a sanção da lei, as farmácias deixarão de ser apenas estabelecimentos comerciais e passarão à condição de prestadoras de serviços de assistência à saúde.

Medir pressão, glicemia, aplicar soro e vacinas estão entre os exemplos de serviços que o Projeto de Lei do Senado 41/1993, aprovado no dia 16, permite que sejam prestados nas farmácias. Walter Jorge explica que a legislação vigente não proíbe que os farmacêuticos prestem os serviços, porém, a vigilância sanitária impede a execução.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , ,
Mercado farmacêutico, Legislação e regulamentações





RaiaDrogasil conclui integração e cresce pelo Nordeste

(Texto atualizado em 31/07/2014 às 02:38 pm)

raia-drogasil-crescimento-nordesteA maior rede de farmácias do país quer mostrar ao mercado que a fase mais difícil do processo de integração ficou para trás.

Quase três anos após a fusão que deu origem à maior rede de farmácias do País, a RaiaDrogasil começou, finalmente, a colher os resultados dessa união.

Ao divulgar na quinta-feira, 8, o balanço do primeiro trimestre, depois de um 2013 de números mais fracos, a companhia quer mostrar ao mercado que a fase mais difícil do processo de integração ficou para trás.

Internamente, 2014 está sendo tratado como o ‘ano um’ da nova empresa, que começou a ser desenhada em 2011.

A etapa mais complexa da integração das redes Droga Raia e Drogasil começou no dia 30 de setembro do ano passado e terminou em plena sexta-feira de carnaval.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , , ,
Mercado farmacêutico





Vendas nas farmácias crescem 14,74% no inicio de 2014

São Paulo – As vendas das redes de farmácia brasileiras cresceram 14,74% entre janeiro e abril de 2014 na comparação com o mesmo período do ano anterior.

No acumulado dos primeiros quatro meses do ano, o faturamento do varejo farmacêutico alcançou R$ 10 bilhões.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , ,
Mercado farmacêutico





Drogaria Iguatemi anuncia expansão seguindo o padrão de alto luxo

Plano de crescimento inclui criação da marca Discover.

drogaria-iguatemi-farmacia-com-foco-em-classe-aaa

Drogaria Iguatemi – Farmácia focada em classe AAA

Referência em produtos de beleza e bem-estar e reconhecida pelo ambiente sofisticado e atendimento personalizado, a Drogaria Iguatemi revolucionou o segmento ao se posicionar como uma drogaria de luxo. A primeira – e até hoje única – drogaria premium do Brasil que tem como foco o público AAA e mix de produtos que privilegia o equilíbrio e a qualidade de vida. Enquanto 80% do portfólio das farmácias é composto por medicamentos, na Drogaria Iguatemi a maior parte das prateleiras é preenchida por produtos de beleza e bem-estar. Com essa estratégia, a bandeira registrou crescimento médio de 15% nos últimos cinco anos. Somente em 2013, o crescimento foi de 18% e o primeiro trimestre de 2014 avança no mesmo ritmo.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , ,
Mercado farmacêutico, Marketing Farmacêutico





Raia Drogasil chega a mil lojas com a volta ao Nordeste

Em alguns meses, a Raia Drogasil, maior varejista de farmácias do país criada há três anos, abrirá as primeiras unidades nos Estados de Pernambuco, Alagoas e Sergipe. Na capital pernambucana, a Drogasil será aberta na próxima semana e, com isso, a companhia se tornará a segunda varejista de capital aberto com mais de mil pontos próprios no país. Só o Grupo Pão de Açúcar tem esse volume de lojas. Além disso, em até um ano e meio, o primeiro centro de distribuição será aberto no Nordeste, informou a rede ao Valor.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , , , ,
Mercado farmacêutico, Marketing Farmacêutico





Atraso ou demora na análise da AFE-AE – ANVISA – Farmácia e Drogaria

(Texto atualizado em 29/04/2014 às 04:47 pm)

renovacao-de-AFE-AE-ANVISA-autorizacao-de-funcionamentoAtrasos e demora excessiva na análise do peticionamento eletrônico da AFE – Autorização de Funcionamento de Empresa – e AE – Autorização Especial – por parte da ANVISA são muito comuns. Os motivos para a lentidão na decisão de deferimento ou indeferimento da licença podem ser inúmeros, entre eles a demanda excessiva de trabalho no orgão, a falta de estrutura e equipe para o trabalho e instabilidade nos servidores do Ministério da Saúde.

Apesar de procurar modernizar seus processos para agilizar as análises, a ANVISA ainda deixa muito à desejar em relação aos seus prazos, e muitas farmácias e drogarias são prejudicadas diariamente em todo o Brasil devido aos atrasos. Em muitos casos os proprietários das empresas ficam atados, sem saber como proceder para solucionar a questão da lentidão de sua AFE/AE, chegando até mesmo a ter suas compras canceladas junto às distribuidoras de medicamentos.

AFE demorandoDemora, erro ou problemas no deferimento? Nós podemos ajudar, solicite uma ligaçãoenvie uma mensagem ou ligue:
ou (48) 3733-7690

Visando desburocratizar e agilizar esses problemas com a ANVISA, A M2Farma trabalha com a regularização de AFE e AE junto à ANVISA, agilizando e resolvendo pendências e atrasos na análise dos processos.  Possuímos uma equipe de profissionais especializados e dedicados, garantindo uma rápida resposta para os peticionamentos.

Entre em contato e consulte-nos: Solicite uma ligaçãoenvie uma mensagem ou ligue para nós: (48) 3733-7690  .

Esta página fala sobre problema na AFE ANVISA, erro na AFEdemora na análise da AFEcomo resolver problemas AFEAFE demorando ANVISA, etc.

 


Palavras-chave , , , , , ,
Legislação e regulamentações





Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: