Competição premiará soluções digitais que ajudem a resolver essa demanda

No mundo, estima-se que mais de 2 bilhões de pessoas não conseguem os medicamentos de que necessitam e 400 milhões não têm acesso aos serviços básicos de saúde. Nesse sentido, a Sandoz, divisão de genéricos e biossimilares do Grupo Novartis, quer inspirar empreendedores a pensar em soluções que transformem essa realidade com a segunda edição do desafio Healthcare Access Challenge (HACk).

Até o dia 30 de novembro, inovadores na área da tecnologia digital podem inscrever projetos que ajudem a resolver problemas locais de acesso a medicamentos e a cuidados de saúde. Com a iniciativa, a companhia busca fomentar ideias criativas que mudem positivamente as comunidades. “Com base na primeira edição do Sandoz HACk, estamos ampliando a competição para qualquer pessoa com uma ideia que use tecnologia digital para ajudar a resolver um desafio de acesso a assistência médica local. Esperamos criar soluções digitais ambiciosas e práticas que, em escala, podem ter um impacto significativo na vida das pessoas”, diz o CEO da Sandoz, Richard Francis.

Para participar do concurso, basta visitar o site www.sandoz.com/sandoz-hack
(em inglês) e inscrever a sugestão de aplicativo, serviço móvel ou outra tecnologia que possa ajudar quem não possui acesso a medicamentos ou a serviços de saúde.

Três participantes pré-selecionados pelo Sandoz HACk serão anunciados em janeiro de 2019 e receberão apoio dos especialistas da empresa para desenvolver suas ideias e transformar o potencial em impacto real. Os três finalistas viajarão para Austin, nos Estados Unidos, em março de 2019, para explorar, fazer contatos e descobrir as últimas tendências em inovação. Um vencedor será escolhido e receberá um financiamento inicial e apoio da Sandoz para colocar o projeto em prática.

Fonte: Sandoz

Foto/Imagem: Shutterstock

 

.