Arquivo do blog

Blau Farmacêutica atinge receita líquida de R$ 303 milhões

PFARMA

Blau Farmacêutica atinge receita líquida de R$ 303 milhões no 3o trimestre de 2020 e chega a R$ 1,1 bilhão nos últimos 12 meses

A Blau Farmacêutica, uma das principais indústrias farmacêuticas brasileiras do segmento hospitalar, anunciou no dia 09 de outubro seus resultados consolidados para o 3o trimestre de 2020 (3T20) e para os nove meses do ano (9M20). Os resultados demonstram a resiliência da Companhia com 14% de aumento da receita líquida quando comparado ao mesmo período do ano anterior, forte lucratividade, atingindo 25% de margem líquida; e geração de fluxo de caixa. Ainda nesse trimestre, as vendas do mercado privado representaram 77% da receita total, ultrapassando, já no mês de agosto, a venda total do ano de 2019 no mercado privado. Nos últimos 12 meses, a receita líquida totalizou R$ 1,1 bilhão no 3T20.

“Em momentos desafiadores como esse, devido à pandemia COVID-19, manter o foco em criação de valor para os clientes, na capacidade de fornecer medicamentos críticos para a saúde e no compromisso inabalável com nossos colaboradores e com nossos valores, faz toda a diferença. Os constantes investimentos aos longos dos anos em aumento de capacidade produtiva com flexibilidade operacional nos trouxeram a possiblidade de aumentar a produção de diversos produtos de acordo à necessidade dos hospitais, mantendo o abastecimento de medicamentos essenciais nas áreas de unidade de terapia intensiva, anestesiologia, imunologia, hematologia e clínica geral. O resultado está́ impactado pelo mix de produtos, que, mesmo com o aumento de diversos insumos, conseguimos ter expansão de margem. Seguimos aumentando as vendas no mercado privado e ampliando o acesso”, afirma Marcelo Hahn, CEO da Blau Farmacêutica.

Outro fator somado ao crescimento da Blau foi o ritmo de investimentos em PD&I, novos negócios e M&A, além dos investimentos na ampliação de capacidade produtiva, tanto nas unidades fabris já em operação, como nas duas novas plantas em construção. “A aquisição da Pharma Limírio, que realizamos durante a pandemia, mostrou capacidade do time da Blau de identificar oportunidades estratégicas e sermos eficientes na execução e integração. Além desta aquisição, montamos uma subsidiária nos Estados Unidos dedicada a investimentos em centros de coleta de plasma, em linha com a estratégia de verticalização de insumos estratégicos para nossa independência produtiva. E também concluímos a instalação de todos os equipamentos das plantas de insumos biotecnológicos, dentro desta mesma linha de execução da estratégia de verticalização”, destaca Hahn.

Alinhado aos investimentos em PD&I, a Companhia segue registrando novos produtos em todos os países. Do começo do ano até hoje, a Blau registrou nove novos produtos na Anvisa e 20 novos produtos na América Latina, totalizando 193 produtos registrados na Latam.

Fonte: Blau Farmacêutica


Palavras-chave , , , , , , , , , , , , , , ,
Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica, ANVISA





Blau registra receita liquida acima de R$1 Bilhão

Blau registra receita liquida acima de R$1 Bilhão

Com margens saudáveis e sólido balanço patrimonial, a Companhia atingiu pela primeira vez receita líquida em 12 meses acima de R$1 bilhão

O ano de 2020 começou com grandes perspectivas de crescimento econômico para o país. Porém o mundo foi surpreendido pela pandemia do COVID-19, e de um momento para ao outro, o cenário passou a ser desafiador para todos. A Blau Farmacêutica é uma das companhias que tem conseguido manter seu plano de crescimento e ainda contratar novos colaboradores.

“Apesar do cenário atual, seguindo as orientações da OMS e das autoridades sanitárias do País, mantivemos a execução de nosso planejamento anual, e estamos em pleno funcionamento de nossa produção, comercialização, logística, cadeia de suprimentos. Somente neste período contratamos mais de 40 colaboradores para início imediato e ainda temos mais vagas abertas. Assim, demostrando a capacidade, em um momento de crise, de manter o foco na nossa missão de disponibilizar, da forma mais ampla possível, medicamentos que propiciem melhor qualidade de vida e maior longevidade”, afirma o CEO da Blau Farmacêutica, Marcelo Hahn. Leia mais ›


Palavras-chave , , , , ,
Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica, ANVISA





Aumento da receita de farmácias perde ritmo, mas cresce 9% no 1° tri

A receita das grandes redes de farmácias cresceu 9,26% no primeiro trimestre deste ano. A taxa desacelerou em relação ao ano passado, segundo a Abrafarma, que representa empresas como Droga Raia e Drogaria São Paulo.

Os itens de higiene e beleza são os principais responsáveis pelo menor ritmo de expansão: houve uma queda de 5,7% das unidades vendidas no acumulado dos últimos dois anos, até março.

No primeiro trimestre de 2017, a receita com o segmento cresceu 3,7% -bastante abaixo das taxas de dois dígitos de um ano atrás. Leia mais ›


Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico, Marketing Farmacêutico





CAS aprova validade nacional para receitas de remédios manipulados

Projeto aprovado pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS), nesta quarta-feira (5), atribui validade nacional para receitas médicas e odontológicas de medicamentos manipulados, aqueles preparados diretamente por estabelecimentos farmacêuticos. O texto (PLS 367/2013) da senadora Ana Amélia (PP–RS) recebeu decisão terminativa e deve seguir agora para análise na Câmara dos Deputados, a menos que haja requerimento para votação também no Plenário do Senado. Leia mais ›


Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico, Legislação e regulamentações





Receitas médicas de medicamentos manipulados poderão ter validade nacional

É o que estabelece um projeto (PLS 367/2013) da senadora Ana Amélia (PP–RS) aprovado nesta quarta-feira (5) pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado (CAS). O relatório da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB–AM) esclarece que as farmácias de manipulação já contam com um rigoroso controle e exigem a receita médica e os documentos do paciente que vai utilizar o remédio. A proposta segue para análise da Câmara dos Deputados. Informações com o Repórter George Cardim da Rádio Senado.

Você também pode fazer o download.

 

Fonte: Portal Senado Federal


Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico, Legislação e regulamentações





Farmacêuticos podem prescrever medicação!

farmacêuticos-autorizados-prescerver-medicamento

Medida foi publicada no Diário Oficial da União

O Conselho Federal de Farmácia (CFF) publicou nesta quarta-feira (25), no Diário Oficial, a resolução que autoriza a prescrição farmacêutica para medicamentos sem tarja de restrição ao consumo. Em entrevista à Rádio Nacional da Amazônia, o vice-Presidente do CFF e mestre em Saúde Pública e Professor de Saúde Pública da Universidade Estadual de Ponta Grossa (PR), Valmir de Santi, falou sobre o porquê da mudança.

“A ideia é fazer maior controle sobre o uso desses medicamentos. Por serem voltados para sintomas menores, como gripe e dores de cabeça, muitas vezes atrapalham um diagnóstico maior ou mascaram uma doença. Ao fazer a prescrição na farmácia, será possível garantir uso adequado e, inclusive, avaliar a necessidade da procura médica”, explica.

A resolução também aborda outro aspecto importante, envolvendo doenças crônicas. A exemplo do que ocorre em diversos países, o órgão gostaria que, a partir de um diagnóstico médico, que detectasse a necessidade de um tratamento contínuo, que a renovação da receita e o acompanhamento do tratamento pudessem ser feitos também pelo farmacêutico.

“O envelhecimento da população provou o aumento de doenças crônicas e sobrecarregou o sistema de saúde. Precisamos passar para outros profissionais a possibilidade de, uma vez tendo o diagnóstico médico da patologia, possa se fazer acompanhamento por meio do farmacêutico”, defenda de Santi. Esta segunda fase do projeto de alterações do CFF ainda não entrou em vigor, pois depende de uma mudança de Portaria do Ministério da Saúde. Processo semelhante foi realizado em benefício da classe de enfermagem, que passou a ser autorizadas a fazer algumas deliberações sem respaldo obrigatório do médico.

 

Fonte: Guia da Farmácia


Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico





Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





Do NOT follow this link or you will be banned from the site!

📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: