Arquivo do blog

Sindusfarma lança ‘impostômetro’ para medicamentos

impostômetro sindusfarma tributos medicamentosO Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma) vai lançar um “impostômetro” nos próximos dias para medir o volume de impostos pagos pelos brasileiros na aquisição de medicamentos, por classe terapêutica e Estado. Desenvolvida em parceria com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), a ferramenta estará disponível no site da entidade e poderá ser consultada pelos consumidores. “Vamos mostrar imposto por imposto, Estado por Estado”, disse o presidente-­executivo do Sindusfarma, Nelson Mussolini.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , ,
Indústria farmacêutica, Legislação e regulamentações





Medicamentos terão novo reajuste

novo reajuste medicamentosFarmacêuticos não esperavam mais um aumento para 2015

A indústria farmacêutica diminuirá o repasse dos descontos para as farmácias e nos próximos 60 dias o consumidor pagará mais caro pelos medicamentos. A medida é resultado da alta de custos de produção impulsionado pela alta do dólar, da gasolina e dos gastos com energia. No mês de abril, a Cmed autorizou reajuste, que varia de 4% e 7%, nos preços dos produtos. Os farmacêuticos não esperavam mais um aumento para este ano.

Leia mais ›


Palavras-chave , , , ,
Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica





Vendas de medicamentos começam a mostrar sinais de desaceleração

desaceleracao nas vendas de medicamentosAinda que mais resistentes à crise que o varejo em geral, as vendas de medicamentos começam a dar os primeiros sinais de desaceleração. Em outubro, em receita, subiram 9,4% em relação ao mesmo mês de 2014, de acordo com dados do IMS Health e do Sindusfarma. Mas analistas ressaltam que, em volume, as vendas cresceram apenas 2% na mesma base de comparação.

Leia mais ›


Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica





Sindusfarma Prevê crescimento no setor farmacêutico

sindusfarma-preve-crescimento-ramo-farmaceuticoAs vendas de medicamentos no Brasil deverão continuar firmes em 2014, mas a rentabilidade dos laboratórios que atuam no país deverá cair, segundo Nelson Mussolini, presidente executivo do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos do Estado de São Paulo (Sindusfarma). A expectativa é de que o setor cresça entre 12% e 13% em receita este ano, para R$ 56 bilhões, se confirmadas as estimativas. No ano passado, a receita bruta do setor foi de R$ 49,6 bilhões. Para o próximo ano, a expansão poderá ser acima de dois dígitos, impulsionada pelos genéricos. “A indústria farmacêutica continuará crescendo. Em 2013, o setor cresceu o equivalente a cinco vezes o Produto Interno Bruto (PIB), mas o que preocupa mesmo é a rentabilidade para o próximo ano”, afirma Mussolini. Segundo ele, os custos de produção de remédios ficaram mais altos. “A mão de obra está mais cara. O dissídio da categoria ficou em 8,5% este ano. Além disso, o setor tem seus preços regulados. Leia mais ›


Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico





Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





Do NOT follow this link or you will be banned from the site!

📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: