Arquivo do blog

EMS inova e lança sistema de propaganda médica digital

EMS inova e lança sistema de propaganda médica digital

Proposta é adotar formatos virtual e presencial ao mesmo tempo, chegando a um modelo híbrido diferenciado de abordagem no Brasil

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, processos corporativos ligados ao digital, que estavam em fase embrionária ou mesmo em planejamento, tiveram seu desenvolvimento e implementação acelerados, principalmente no setor de saúde. Na EMS não foi diferente. Uma dessas soluções era a propaganda médica virtual, que estava em estudo na empresa, mas, por conta da nova realidade de isolamento social, acabou sendo antecipada e implementada em um tempo recorde de duas semanas, tendo recebido aporte de R$500 mil em investimentos.

Em parceria com a Close-Up, auditoria mundial da área de Prescrição Médica, a nova visitação médica eletrônica permite ao propagandista apresentar ao profissional de saúde as novidades da farmacêutica sem nenhum dos dois precisar se deslocar, assim, conferindo um novo ritmo ao processo com um todo. A ferramenta foi customizada pela e para a empresa e é integrada ao sistema já utilizado pelo laboratório para gestão das visitas físicas, o que vai permitir que as ações se complementem, de modo que os formatos digital e presencial passem a coexistir, em um modelo híbrido e inovador de abordagem em propaganda médica no Brasil.

“Mantemos o nosso compromisso de apresentar ao mercado soluções diferenciadas para o setor e, mais uma vez, a EMS está na vanguarda dos processos farmacêuticos, pretendendo se consolidar também no universo digital. Apesar do tempo recorde, tudo foi feito com muita cautela e planejamento para que a nova proposta seja assertiva e garanta que os nossos quase dois mil colaboradores da área de propaganda médica acompanhem essa revolução digital de maneira segura. O colaborador entendeu que o processo digital não é uma tecnologia de substituição e sim de complementação”, afirma Joaquim Alves, diretor da unidade de negócios de Prescrição Médica da EMS.

Propaganda médica digital

O ambiente virtual pode ser acessado por meio de qualquer dispositivo com conexão de internet, e já está em uso há 6 semanas por gerentes distritais e regionais da EMS, que têm estabelecido contato com médicos, bem como formadores de opinião, das principais cidades de vários Estados brasileiros. O sistema se destaca também pela segurança. Cada “visita” gera um código individual e o médico só consegue acessar a sala de conferência com o propagandista por meio dessa “chave de entrada” única. Novas abordagens de comunicação, oferecendo conteúdos que despertem o interesse do médico e criem maior engajamento, são uma parte importante das mudanças que ocorrerão com essa nova plataforma.

 “Ampliamos o nosso olhar, fomos além do setor. Buscamos inspirações em segmentos tecnologicamente a frente do nosso, do ponto de vista de inovação digital. Aproveitamos os ensinamentos e os adaptamos para o ramo farmacêutico. Assim, pretendemos incrementar a área de propaganda médica com o aval e engajamento dos próprios profissionais de Medicina, nas mais diversas especialidades, ganhando um diferencial competitivo no mercado”, complementa Joaquim Alves.

A expectativa é aumentar o alcance do laboratório, que hoje atinge entre 30% e 40% dos 530 mil médicos do País e, desse modo, levar de maneira ágil e interativa ainda mais soluções inovadoras à classe médica, além de ampliar o acesso da população à saúde.  Com esse novo modelo de trabalho, a média de visitas médicas por mês deve aumentar em 20%.

EMS realiza live no Dia do Genérico 

Foto e fonte: EMS


Palavras-chave , , , , , ,
Mercado farmacêutico, Indústria farmacêutica, ANVISA





CFF e CRFs esclarecem informação equivocada do Jornal Nacional

(Texto atualizado em 25/11/2019 às 10:19 am)

Farmácias avançam com exames laboratoriaisO Conselho Federal de Farmácia (CFF) esclarece que, ao contrário do que tem sido equivocadamente divulgado, os farmacêuticos estão autorizados a atuar na área de estética, inclusive na aplicação da toxina botulínica. Um pedido para que seja corrigida a informação lida pelo âncora do Jornal Nacional no dia 17 de agosto, sexta-feira, foi encaminhado à Rede Globo.

O acórdão desfavorável à atuação do farmacêutico na área estética (Tribunal Regional Federal da 1ª Região) não abrange todo o âmbito profissional farmacêutico nesta área. A ação anula, APENAS A RESOLUÇÃO/CFF Nº 573/13 E TEMPORARIAMENTE, VISTO QUE O CFF JÁ RECORREU. Importante ressaltar que o referido acórdão extrapola o âmbito previsto na resolução, quando cita os “procedimentos estéticos”, tais como “bichectomias”, nunca regulamentadas por este conselho.

As demais resoluções do CFF que versam sobre a estética continuam em pleno vigor. Ação impetrada contra as mesmas por entidades médicas na justiça federal de São Paulo foi extinta, inclusive, com parecer do Ministério Público Federal favorável aos farmacêuticos atuarem na área, realizando a aplicação de botox.

Os farmacêuticos estão impedidos, TEMPORARIAMENTE, de realizar aos procedimentos cosmetoterapia, eletroterapia, iontoterapia, laserterapia, luz intensa pulsada, peelings químicos e mecânicos, radiofrequência estética e sonoforese.

O CFF salienta que, em 3 de abril, foi publicada a Lei Federal nº 13.643/18, que implantou um paradigma inédito no país ao dispor que o “exercício da profissão de esteticista é livre em todo o território nacional”. A estética é, portanto, uma área multiprofissional, não sendo de atuação restrita aos médicos ou de qualquer outro profissional da saúde.

Fonte: CFF


Palavras-chave , , , , , , , ,
Legislação e regulamentações





Drogarias também reclamam de problemas do sistema do Programa Farmácia Popular

Após a denúncia da BandNews FM sobre falhas no Programa Farmácia Popular, funcionários de drogarias também reclamam de problemas do sistema do Ministério da Saúde. A iniciativa do governo federal oferece medicamentos considerados essenciais à população de graça ou com preço mais em conta.

Na última terça-feira, trouxemos relatos de vários ouvintes da rádio que não conseguem retirar os remédios. No dia, o Ministério da Saúde afirmou que eram problemas pontuais com as redes de farmácia Drogasil e Drogaria São Paulo. Porém, o gerente de loja Rafael Barbosa denuncia que o problema é antigo, que tentou adquirir medicamento em diversas farmácias e acabou desistindo+

A BandNews FM recebeu denúncias de funcionários de drogarias que dizem que o sistema da Farmácia Popular apresenta falhas constantes. O farmacêutico Gabriel Costa afirma que o problema é antigo, mas se agravou neste ano. Em novembro do ano passado, o sistema do Programa Farmácia Popular utilizado pelas farmácias passou por uma atualização.

O Ministério da Saúde informa que houve uma instabilidade pontual em algumas unidades e que essa situação foi regularizada com a nova versão que traz melhorias na segurança de acesso ao sistema.

Os problemas se deram quando houve a migração da estrutura do “Farmácia Popular”, iniciada em dezembro do ano passado, que ficou incompatível com os sistemas operacionais das farmácias. Desde que iniciou a mudança no sistema, a Pasta acompanha e vem solucionando os problemas relatados pelas unidades junto com as associações de farmácias de todo o País.

Fonte: BandNews


Palavras-chave , , , ,
Farmácia Popular





Os melhores sistemas para farmácia ou drogaria

(Texto atualizado em 11/01/2018 às 03:50 pm)

A função principal do sistema em uma farmácia ou drogaria é registrar as vendas, controlar o que foi vendido e arrecadado o fluxo de caixa e também de estoque. Sabemos que administrar uma farmácia vai muito além disso. Para atender um público cada vez mais exigente os processos aumentaram.

Os sistemas de gestão também evoluíram, oferecendo um detalhismo maior de controle da empresa em geral, funcionando como um espelho que registra tudo que acontece. Controle traz maior assertividade na tomada de decisões. O mercado oferece muitas opções de sistemas e a escolha entre as diferentes alternativas deve ser realizada levando-se em considerações aspectos importantes: Leia mais ›


Palavras-chave , , ,
Marketing Farmacêutico





SIFAP atualizado em manutenção

(Texto atualizado em 30/09/2017 às 06:17 pm)

O Farmácia Popular é um programa de grande sucesso que possibilitou a distribuição eficiente de medicamentos à população. A iniciativa do Ministério da Saúde já atendeu mais de 43 milhões de brasileiros, o equivalente a cerca de 20% da população do país através das mais de 34 mil drogarias credenciadas ao programa. Hoje, cerca de metade das farmácias de todos Brasil disponibilizam seu espaço para distribuir medicamentos pelo SUS, através do programa Aqui Tem Farmácia Popular. Leia mais ›


Palavras-chave , , , , ,
Farmácia Popular





Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





Do NOT follow this link or you will be banned from the site!

📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: