Lote de vacina para hepatite B e Botox são suspensos

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

(Texto atualizado em 27/03/2019 às 01:29 pm)

Um lote da vacina adsorvida hepatite B (recombinante) do Instituto Butantan foi suspenso nesta terça-feira (16/1). A medida vale para o lote 160016 da vacina.

A medida foi adotada após um comunicado do próprio Instituto Butantan que detectou um resultado fora do padrão no ensaio de endotoxina presente na vacina da hepatite B.

O laboratório fará o recolhimento da vacina no mercado. Os demais lotes da vacina e outros produtos do Butantan continuam liberados.

Confira a Resolução na íntegra.

Botox Falso

A Anvisa determinou nesta terça-feira (16/1) a proibição do lote C3239C3 do medicamento Botox 100U (toxina botulínica), pó liofilizado. O produto é falso e não foi fabricado pela verdadeira produtora do Botox.

A identificação da fraude foi feita pela Allergan Produtos Farmacêuticos Ltda., que é a dona do registro do produto no Brasil. De acordo com a empresa, o produto não foi produzido por ela e, portanto, é uma falsificação.

Como se trata de uma falsificação não há qualquer garantia sobre a origem e composição do medicamento, o que pode trazer riscos à saúde dos usuários. A toxina botulínica é um medicamento injetável e só pode ser prescrito por profissionais médicos ou odontólogos.

Confira a Resolução na íntegra. Fonte: Anvisa

Qual sua opinião? Deixe seu comentário:



Palavras-chave , ,
Mercado farmacêutico

Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: