Tomar vacina na farmácia: grandes redes já estão vacinando

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

(Texto atualizado em 17/05/2018 às 04:48 pm)

As farmácias e drogarias começam a aderir à aplicação de vacinas em suas salas clínicas. No início do ano, Drogasil foi a primeira a oferecer o serviço em São Paulo, na unidade da Rua Pamplona, 1.792, mas a imunização já se tornou realidade em outras cinco redes.

A Droga Raia disponibiliza a vacinação contra a gripe desde o dia 27 de abril, na unidade da Rua São Jorge, 300, no centro de Florianópolis. Diferentemente da rede pública, a Drogasil e a Droga Raia podem vacinar todas as pessoas acima de dez anos. Outro diferencial é o valor médio 32% inferior ao de clínicas e laboratórios. A quadrivalente sai por R$ 98 e a trivalente, por R$ 88.

Caso o cliente não tenha carteirinha, esta será fornecida pelas lojas, que também aplicam vacinas contra hepatite B, herpes zoster e HPV. “A imunização representa um avanço do varejo farmacêutico na prestação de serviços à população. Estamos ampliando as possibilidades de prevenção e atingindo o propósito de cuidar da saúde e do bem-estar das pessoas em todos os momentos da vida”, afirma Marcilio Pousada, presidente da RD – Gente, Saúde e Bem-estar, proprietária das redes Droga Raia e Drogasil.

Também desde abril, a Drogaria Onofre aplica vacinas contra a gripe, HPV e a tríplice viral na unidade da Rua Emília Marengo, 537, no Tatuapé, em São Paulo. Ainda em 2018, o serviço será estendido para as filiais da Avenida Paulista, da Rua Pamplona e do Brooklin. “A Onofre Clinic é um primeiro passo para a ampliação de serviços ao nosso consumidor. Muito em breve, lançaremos programas que ajudarão nossos pacientes crônicos em seus tratamentos”, antecipa Mathias Adorno, diretor de operações e responsável pelas áreas de expansão e núcleo farmacêutico.

As Drogarias Nissei contam com um centro que oferece 13 tipos de vacinas na unidade da Av. Sete de Setembro, 6.948, no bairro do Seminário, em Curitiba. Os clientes podem prevenir-se contra os males mais comuns no inverno, como gripe, pneumonia e meningite. O valor da vacina tetravalente contra a gripe está até 25% mais barato do que o preço praticado na média do mercado curitibano.

Já a Panvel ministra doses da vacina tetravalente contra a gripe em Porto Alegre, Pelotas e Florianópolis. As cidades de São Paulo, Curitiba, Santa Maria, Uruguaiana e Caxias do Sul serão as próximas a terem o serviço. A rede também conta com a imunização para o HPV, herpes zoster, pneumonia, hepatites (A, B e AB) e meningites (B, C, ACWY).

As Farmácias Vale Verde mantêm a vacinação contra a gripe na filial de Ibiporã, na Região Metropolitana de Londrina (PR). “O objetivo é expandir para todas as cidades onde atuamos, inclusive Londrina”, comenta a presidente-executiva Ana Carolina Augusto.

Fonte: Panorama Farmaceutico

Qual sua opinião? Deixe seu comentário:



Palavras-chave , , ,
Mercado farmacêutico

Seja bem-vindo(a) ao blog da M2Farma.

Neste espaço reunimos notícias sobre assuntos regulatórios e o varejo farmacêutico.

Nosso trabalho é facilitar a burocracia técnica, saiba mais.

Siga-nos:

📫 Receba por e-mail

Receba as últimas notícias sobre varejo farmacêutico, ANVISA, Farmácia Popular e Convênios PBM direto no seu e-mail:





📬 Receba as últimas notícias sobre o varejo farmacêutico, Farmácia Popular, ANVISA, convênios PBM e mais: